Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Filosofia

Demócrito de Abdera

Natália Cruz
Publicado por Natália Cruz
Última atualização: 15/10/2018

Introdução

O filósofo, historiador, cientista e atomista grego Demócrito nasceu em meados de 460 a.C. na cidade de Abdera, costa do Mediterrâneo e faleceu por volta de 370 a.C. Filho de família nobre, ele dedicou a vida aos estudos e a ciência para aprofundar seus conhecimentos e desenvolver suas teorias. Para isso, percorreu uma série de cidades do Egito, Pérsia, Babilônia, Etiópia e Índia.

O modelo científico filosófico atomista desenvolvido pelo grego no século XIX, fez com que Demócrito fosse considerado um dos maiores autores científicos e o pai de práticas científicas usadas até o século XXI. Os escritos e fragmentos sobre o desenvolvimento da filosofia de Demócrito foram analisados por Aristóteles.

Principais Ideias e Questionamentos

As teorias de Demócrito vão além da filosofia. O autor escreveu também sobre linguística, elementos da natureza, música, astronomia, ética, física e matemática. No entanto, teve destaque ao desenvolver a teoria atomista de Leucipo de Mileto, de quem era discípulo.

Em grande parte de seus escritos, o filósofo mostra-se atento a origem e mudanças das coisas, elementos e acontecimentos que faziam parte do cotidiano. Cícero afirma que as obras e teorias de Demócritos são escritas de forma bastante literária, como se fossem poemas filosóficos e científicos.

Em relação às ordens e convívios sociais, Demócrito pregava a busca do homem pela tranquilidade de espírito. Tal busca deveria ser livre de emoções e temores e garantidas por leis justas de convivência.

Na matemática desenvolveu estudos sobre figuras geométricas, volume de corpos, ângulos e tangentes e números irracionais. As ideias e questionamentos de Demócrito fazem com que ele seja classificado como pré-Socrático, embora tenham sido contemporâneos.

Filosofia Atomista

Embora tenha desenvolvido uma série de teorias e escritos, foi no campo da ciência, descrição e definição de átomos que as obras de Demócrito ficaram mais conhecidas e tiveram maior reconhecimento nos séculos posteriores a sua morte. Ainda no século XXI, alguns modelos científicos propostos pelo grego são frequentemente utilizados.

De acordo com Demócrito, os átomos que compõem o universo são iguais em sua qualidade, mas apresentam formas e volumes distintos entre si. Todos os átomos estão em constante movimento no universo e se agrupam de diferentes e variadas formas, formando assim diferentes corpos.

A doutrina atomista de Demócrito afirma ainda que os átomos são geometricamente divisíveis, mas fisicamente indivisíveis e quando se unem para formar matéria surgem entre eles alguns pequenos espaços. A explicação de Demócrito sobre a formação de matéria é chamada de Atomismo Geométrico.

O átomo é portanto, o elemento primordial e necessário para a formação de todos os elementos existentes no mundo. Todo universo para Demócrito é composto de dois elementos básicos: o vazio e os átomos. O corpo humano, é portanto, na visão de Demócrito um composto de átomos unidos de maneira compactada.

Materialismo

As visões e obras de Demócrito o classificam como um filósofo materialista. Para os materialistas, as condições materiais são o suficiente para explicar todos os fenômenos naturais. Demócrito faz uso da materialidade do átomo para explicar os elementos naturais.

Os questionamentos do filósofo se voltavam para entender quais foram as circunstâncias que levaram ao acontecimento de determinados fatos, sem levar em consideração a finalidade do acontecimento.

Demócrito reduzia, portanto, todas as explicações a elementos materiais e mecânicos. Tudo seria explicado a partir da interação entre elementos físicos regidos por leis naturais, assim como define no encontro de átomos e formação de elementos.

Principais Influências

Para a criação da teoria atomista, Demócrito entrou em contato com as obras de alguns filósofos que influenciaram sua maneira de pensar e construir conhecimento. Os principais influenciadores de Demócrito são:

  • Melisso de Samos;
  • Anaximandro;
  • Leucipo.

As obras de Demócrito serviram também de inspiração para criação das teorias de outros filósofos, os principais influenciados são:

  • Epicuro
  • Lucrécio.

Tanto Epicuro quanto Lucrécio desenvolvem a teoria atomista e criam um novo modelo de movimentação atômica que explicaria o choque entre os átomos e a formação de matéria.

Mesmo com a ideia original do átomo sendo renovada a partir do século XVIII, Demócrito ainda foi fonte de pesquisa para os pensadores renascentistas Giordano Bruno, Galileu e Espinoza.

Moléculas e Átomos.Moléculas e Átomos.


Exercícios

Exercício 1
(Uncisal/2012)

 O período pré-socrático é o ponto inicial das reflexões filosóficas. Suas discussões se prendem a Cosmologia, sendo a determinação da physis (princípio eterno e imutável que se encontra na origem da natureza e de suas transformações) ponto crucial de toda formulação filosófica. Em tal contexto, Demócrito afirma ser a realidade percebida pelos sentidos ilusória. Ele defende que os sentidos apenas capturam uma realidade superficial, mutável e transitória que acreditamos ser verdadeira. Mesmo que os sentidos apreendam “as mutações das coisas, no fundo, os elementos primordiais que constituem essa realidade jamais se alteram.” Assim, a realidade é uma coisa e o real outra.

Para Demócrito a physis é composta:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...