Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Capitais do Brasil

Maria Júlia Rossetto
Publicado por Maria Júlia Rossetto
Última atualização: 24/4/2019

Introdução

O Brasil possui 27 capitais que estão espalhadas pelas cinco regiões do país, segundo o IBGE: Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A atual divisão política do Brasil foi estabelecida pela Constituição Federal de 1988.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Estados e Capitais do Brasil por Região (IBGE)

Cada Estado brasileiro e o Distrito Federal possuem uma capital. Geralmente, as capitais são consideradas as maiores cidades, as mais desenvolvidas, com mais ofertas de trabalho e que recebem mais recursos públicos.

REGIÃO NORTE
EstadoPopulaçãoCapital
Acre (AC)803,5 milRio Branco
Amapá (AP)776,6 milMacapá
Amazonas (AM)3,9 milhõesManaus
Pará (PA)8,1 milhõesBelém
Rondônia (RO)1,7 milhãoPorto Velho
Roraima (RR)505,6 milBoa Vista
Tocantins (TO)1,5 milhãoPalmas

População segundo estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para 2015.

REGIÃO NORDESTE
EstadoPopulaçãoCapital
Maranhão (MA)6,9 milhõesSão Luís
Piauí (PI)3,2 milhõesTeresina
Ceará (CE)8,4 milhõesFortaleza
Rio Grande do Norte (RN)3,4 milhõesNatal
Paraíba (PB)3,9 milhõesJoão Pessoa
Pernambuco (PE)9,3 milhõesRecife
Alagoas (AL)3,3 milhõesMaceió
Sergipe (SE)2,3 milhõesAracaju
Bahia (BA)15,2 milhõesSalvador

População segundo estimativa do IBGE, 2015.

REGIÃO SUDESTE
EstadoPopulaçãoCapital
São Paulo (SP)44,3 milhõesSão Paulo
Minas Gerais (MG)19,5 milhõesBelo Horizonte
Rio de Janeiro (RJ)16,5 milhõesRio de Janeiro
Espírito Santo (ES)3,5 milhõesVitória

População segundo estimativa do IBGE, 2015.

REGIÃO CENTRO-OESTE
EstadoPopulaçãoCapital
Distrito Federal (DF)2,9 milhõesBrasília
Goiás (GO)6,6 milhõesGoiânia
Mato Grosso (MT)3,2 milhõesCuiabá
Mato Grosso do Sul (MS)2,6 milhõesCampo Grande

População segundo estimativa do IBGE, 2015.

REGIÃO SUL
Estado PopulaçãoCapital
Rio Grande do Sul (RS)11,2 milhõesPorto Alegre
Santa Catarina (SC)6,8 milhõesFlorianópolis
Paraná (PR)11,1 milhõesCuritiba

População segundo estimativa do IBGE, 2015.

Características socioeconômicas das capitais brasileiras

CapitalÁrea (km²)População 2014PIB (2015)IDH2010Alfabetização (2016)Mortalidade infantil (2016)Expectativa de vida (2016)
Aracaju21 910,32 227 29438 554 0000,66585,3%16,2‰72,7 anos
Belém1 247 689,58 101 180130 883 0000,64690,7%16,6‰72,1 anos
Belo Horizonte586 528,320 777 672519 326 0000,73193,8%10,9‰77,2 anos
Boa Vista224 299,0500 82610 354 0000,70793,4%17,2‰71,5 anos
Brasília5 822,12 867 869215 613 0000,82497,4%10,5‰78,1 anos
Campo Grande357 125,02 630 09883 082 0000,72993,7%14,0‰75,5 anos
Cuiabá903 357,93 236 578107 418 0000,72593,5%16,9‰74,2 anos
Curitiba199 314,911 112 062376 960 0000,74995,5%9,3‰77,1 anos
Florianópolis95 346,26 734 568249 073 0000,77497,2%9,2‰79,1 anos
Fortaleza148 825,68 867 448130 621 0000,68284,8%14,4‰73,8 anos
Goiânia340 086,76 551 322173 632 0000,73593,5%14,9‰74,2 anos
João Pessoa56 439,83 950 35956 140 0000,65883,7%16,1‰73,2 anos
Macapá142 814,6756 50013 861 0000,70895%23,2‰73,9 anos
Maceió27 767,73 327 55146 364 0000,63180,6%19,5‰71,6 anos
Manaus1 570 745,73 893 76386 560 0000,67493,1%18,2‰71,9 anos
Natal52 796,83 419 55057 250 0000,68485,3%14,7‰75,7 anos
Palmas277 620,91 502 75928 930 0000,69989,6%15,8‰73,4 anos
Porto Alegre281 748,511 228 091381 985 0000,74696,8%9,6‰77,8 anos
Porto Velho237 576,21 755 01536 563 0000,69093,3%20,0‰71,3 anos
Recife98 311,69 297 861156 955 0000,67387,2%12,7‰73,9 anos
Rio Branco164 122,2795 14513 622 0000,66386,9%17,0‰73,9 anos
Rio de Janeiro43 696,116 497 395659 137 0000,76197,3%11,5‰76,2 anos
Salvador564 692,715 150 143245 025 0000,66087%17,3‰73,5 anos
São Luís331 983,36 861 92478 475 0000,63983,3%21,3‰70,6 anos
São Paulo248 209,444 169 3501 939 890 0000,78397,2%9,9‰78,1 anos
Teresina251 529,23 198 18539 148 0000,64682,8%19,1‰71,1 anos
Vitória46 077,53 894 899120 363 0000,74093,8%8,8‰78,2 anos

As capitais do Brasil

Você sabia que o Brasil já teve, ao longo de sua história, três diferentes capitais? Conheça aqui esta história.

No século XVI, quando o Brasil ainda era uma colônia de Portugal, a região Nordeste era uma das mais importantes em termos econômicos. Por conta disso, a primeira capital brasileira foi a cidade de Salvador, fundada no ano de 1549 por Tomé de Souza.

Durante mais de 200 anos, a cidade foi o centro político e também econômico do país, a sede administrativa do Brasil. Todas as decisões políticas eram tomadas na capital baiana.

Já no século XVIII, com a descoberta de ouro e metais preciosos em Minas Gerais, o açúcar da região nordeste perdeu importância na economia brasileira. Por isso, os dirigentes decidiram transferir a capital para o lugar onde estavam as novas riquezas.

A ideia era que a capital fosse em algum lugar próximo de Minas Gerais. Porém, sem as estradas e os meios de transporte que temos hoje, aqueles eram locais distantes e de difícil acesso. Então, a coroa decidiu instituir como capital o Rio de Janeiro, uma área costeira que, além de mais acessível, era estratégica para o fluxo de pessoas e mercadorias. 

Assim, no ano de 1763, a capital foi transferida de Salvador para a cidade do Rio de Janeiro. Ao Marquês de Pombal, inspirado por ideias iluministas do século XVIII, coube realizar uma série de reformas políticas em nosso país, entre elas a transferência da sede administrativa.

O presidente Juscelino Kubitschek, buscando transferir a capital do Brasil para um local distante dos grandes centros de pressão popular, além de promover uma nova rede no interior do país, transformou o Centro-Oeste no principal palco de decisões políticas.

Na década de 1960, a capital foi transferida para a cidade de Brasília. No ano de 1960, depois de cinco anos de obras, estava construída a atual capital do Brasil.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Plano Piloto de Brasília, projetado pelo urbanista Lúcio Costa. Projeto inovador que ganhou fama por planejar a cidade como se fosse um “avião”.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2017)

A configuração do espaço urbano da região do Entorno do Distrito Federal assemelha-se às demais aglomerações urbanas e regiões metropolitanas do país, onde é facilmente identificável a constituição de um centro dinâmico e desenvolvido, onde se concentram as oportunidades de trabalho e os principais serviços, e a constituição de uma região periférica concentradora de população de baixa renda, com acesso restrito às principais atividades com capacidade de acumulação e produtividade, e aos serviços sociais e infraestrutura básica. 

CAIADO, M. C. A migração intrametropolitana e o processo de estruturação do espaço da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno. In: HOGAN, D. J. et al. (Org.). Migração e ambiente nas aglomerações urbanas. Campinas: Nepo/Unicamp, 2002.

A organização interna do aglomerado urbano descrito é resultado da ocorrência do processo de 

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...