Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Comunidade dos Estados Independentes (CEI)

Maria Clara Cavalcanti
Publicado por Maria Clara Cavalcanti
Última atualização: 7/2/2020

Introdução

A Comunidade dos Estados Independentes (CEI) é uma organização intergovernamental de cooperação formada após o fim da Guerra Fria e da dissolução da antiga União Soviética (URSS). Os países que se tornaram independentes decidiram, em 1991, estabelecer institucionalmente acordos econômicos, políticos e de defesa de cooperação mútua. Atualmente, fazem parte da Comunidade dos Estados Independentes os seguintes países: ArmêniaAzerbaijãoBielorrússia, Cazaquistão, MoldáviaQuirguistãoRússia, Tajiquistão, Turcomenistão e Uzbequistão.

Legenda: Bandeira da Comunidade dos Estados Independentes

Contexto Histórico

Para entender o contexto da criação da Comunidade dos Estados Independentes, é preciso refletir sobre a situação geopolítica no mundo durante a chamada Guerra Fria.

Com o fim dos conflitos da Segunda Guerra Mundial, Estados Unidos e União Soviética ganharam importância e força política e econômica. Entretanto, defendiam sistemas políticos extremamente distintos: enquanto os EUA despontavam como potência e líder do bloco de países capitalistas, a União Soviética, desde a Revolução Russa em 1917, adotava o sistema socialista. Cada um dos lados dessa disputa buscava hegemonia global, o que implicava derrotar seu oponente. Esse período, que duraria algumas décadas, ficou conhecido como Guerra Fria, em razão do não enfrentamento direto entre as duas potências no campo militar.

Já no final da Guerra Fria, a vitória do bloco capitalista e o começo do processo de globalização emergiram. A partir de 1980, sob a liderança de Mikhail Gorbachev, foram implementadas medidas políticas e econômicas que tinham por objetivo modernizar o mercado soviético e proporcionar a abertura política. Esse processo acelerou a dissolução da URSS. 

Em 1991, as repúblicas soviéticas declararam sua independência da então União Soviética e estabeleceram importantes transformações político-econômicas no período. Foi neste contexto que surgiram diversos blocos econômicos e, como é o caso da Comunidade dos Estados Independentes, organizações intergovernamentais.  

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

A CEI

A interdependência das nações soviéticas, principalmente no âmbito econômico, tornou fundamental a criação da CEI após a dissolução da União Soviética. A profunda desigualdade entre os países, sendo a Rússia o país que mais concentrava a produção industrial, fez com que as outras nações precisassem de apoio para crescer. Foi nesse contexto que a CEI foi fundada, no dia 8 de dezembro de 1991. Sua sede atual está localizada em Minsk, na Bielorrússia. 

Além de laços e relações de cooperação entre os países, a Comunidade dos Estados Independentes possui um sistema de defesa único. Apesar disso, cada país mantém sua soberania e decide individualmente na maioria das questões políticas e sociais. Além disso, esta organização não é um bloco econômico, pois não há integração econômica ou legislação comercial comum.  

A administração desta organização é feita por dois conselhos: o primeiro, composto pelos de Estado, e o segundo, pelos chefes de governos. Todos os países também utilizam a mesma moeda, o rublo russo. 

A grande diversidade étnica e religiosa entre os países ocasionam, frequentemente, diversos movimentos e conflitos separatistas, além de disputas por territórios. 

Objetivos principais da CEI

  • Criação de uma política externa e de sistema de defesa em comum entre os países participantes;
  • estabelecimento de acordos de cooperação entre os países, em áreas relacionadas à política, economia, defesa militar, etc. 
  • diálogos em torno das questões dos Direitos Humanos nestes países.  

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Referências

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. A Comunidade dos Estados Independentes (CEI). In: ROSS, Jurandy. Geografia do Brasil. São Paulo: EDUSP, 2013. p.270-272.

SIMÃO, Licínia. “Da democracia na Ásia Central, Relações Internacionais, nº 26, Junho, p. 62, 2010.


Exercícios

Exercício 1
(PUC-PR)

Sob a liderança de Mikhail Gorbachev, a "perestroika" buscou criar nova economia na URSS e a "Glasnost" buscou abertura política. Desapareceu a URSS e foi criada a CEI (Comunidade de Estados Independentes). Na política externa, o resultado mais importante das reformas no Leste Europeu foi:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...