Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue

Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Ecologia Social, Econômica e Ambiental

Natália Cruz
Publicado por Natália Cruz
Última atualização: 6/7/2019

Introdução

A Ecologia é um ramo da Biologia que dedica-se a estudar e entender as relações estabelecidas entre os seres vivos e os ambientes nos quais eles vivem. Os resultados das pesquisas e estudos biológicos apontam se as condições estabelecidas entre eles é harmônica.

É através dos dados e pesquisas feitas pelos ecologistas que é possível planejar ações que evitem a destruição da natureza, o desmatamento e a extinção de animais. Fazem parte também dos estudos ecológicos a análise genética: a maneira pela qual seres e ambiente tem evoluído e as formas de adaptação desenvolvidas que garantem a sobrevivência, principalmente dos animais. 

Conceitos

A ecologia utiliza de vários conceitos fundamentais que são importantes para facilitar o entendimento e compreensão das relações entre os seres e os ambientes. Os conceitos utilizados com maior frequência são:

  • Habitat: trata-se do ambiente em que vivem as espécies. O conceito de habitat abrange, também, as condições dos ambientes e a maneira como afetam a vida dos animais. Exemplo: as florestas são o habitat das araras-azuis.
  • Nicho Ecológico: diz respeito aos modos de vida e hábitos dos animais. Exemplo: entre os leões, as leoas são as responsáveis pela caça.
  • Relações Ecológicas: são aquelas que acontecem entre vários seres vivos em um determinado ecossistema.
  • Cadeia Alimentar: são as relações alimentares estabelecidas entre os seres vivos.
  • Fatores abióticos e bióticos: são os fatores ligados aos seres vivos e não vivos que se estabelecem entre si de forma interdependente.
  • Ciclos Biogeoquímicos: são os processos estabelecidos entre matéria e energia, e que atuam nos ciclos dos nutrientes. Exemplo: Ciclo do Carbono, Ciclo do Nitrogênio.

Legenda: Bezerros se alimentando: cadeia alimentar.

Níveis de Organização

A ecologia divide-se em níveis de organização que facilitam o entendimento de algumas estruturas e relações. Os principais níveis de organização são:

  • População: é o conjunto de animais de uma mesma espécie que vivem juntos. A organização das espécies em populações facilita a sua reprodução e proteção.
  • Comunidade: é o conjunto de populações que vivem em uma determinada região e que interagem entre si.
  • Ecossistemas: são o conjunto de comunidades que interagem entre si e com o meio ambiente.
  • Bioma: reunião de diferentes ecossistemas com características particulares de relações ecológicas, condições ambientais e diversidade. Exemplo: Cerrado, Mata Atlântica, Amazônia.

Legenda: População de zebras

Ecologia Ambiental

De acordo com a definição dada pelo filósofo Leonardo Boff, a ecologia ambiental atenta-se para o fato de que plantas, animais e todos os seres vivem no planeta Terra existem de maneira integrada. Nesse conceito, a Terra é encarada como um organismo vivo, a Gaia.

A ecologia ambiental preocupa-se em discutir questões que afetam a integração entre os seres e a Terra, ocasionadas principalmente pelo desmatamento, emissão de dióxido de carbono, aquecimento global e as ações predatórias do homem.

O principal desafio ligado à ecologia ambiental relaciona-se com a promoção de ideias, ações e comportamentos que irão ajudar na superação dos problemas de devastação ambiental.

Legenda: Emissão de poluição industrial

Ecologia Econômica

ecologia econômica estabelece a relação entre a atividade industrial e o uso de energia e recursos naturais, utilizados no sistema de produção. Nos últimos 50 anos, especialmente, ecologistas e economistas têm se atentado à quantidade de dióxido de carbono e outros componentes poluentes produzidos, bem como ao descarte de poluentes em rios e no solo, afetando a relação entre os seres e o ambiente, destruindo os ecossistemas.

O filósofo francês Patrick Viveret aponta que entre as principais tarefas da ecologia econômica estão:

  • avaliar as possibilidades econômicas e os limites dos ecossistemas;
  • questionar os modelos de produção e desenvolvimento que colocam o ecossistema em risco;
  • conciliar o comportamento humano e a manutenção dos processos ecológicos essenciais;
  • apoiar a economia solidária a partir da inclusão de conceitos da economia na ecologia.

Ecologia Social

O conceito de ecologia social foi criado pelo geógrafo Elisée Reclus no final do século XIX e retomado pelo filósofo Murray Bookchin na década de 1960.

Na ecologia social, os problemas sociais estão ligados aos problemas e questões ambientais. A elitização e hierarquização do consumo estão ligadas diretamente ao desgaste ambiental.

Reclus e Bookchin defendem que a resolução dos conflitos socioecológicos deve ser feita a partir de ideais democráticos e libertários, pois o consumo consciente individual não surtiria efeitos profundos.

Referências

A Ecologia Econômica. Disponível em: https://domtotal.com/diario-bordo.php?diaId=495. Acesso em: 27 abril de 2019.

BOFF, Leonardo. As quatro Ecologias: ambiental, política e social, mental e integral. Rio Janeiro: Mar de Ideias: Animus Anima, 2012.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2011)

O controle biológico, técnica empregada no combate a espécies que causam danos e prejuízos aos seres humanos, é utilizado no combate à lagarta que se alimenta de folhas de algodoeiro. Algumas espécies de borboleta depositam seus ovos nessa cultura. A microvespa Trichogramma sp. introduz seus ovos nos ovos de outros insetos, incluindo os das borboletas em questão. Os embriões da vespa se alimentam do conteúdo desses ovos e impedem que as larvas de borboleta se desenvolvam. Assim, é possível reduzir a densidade populacional das borboletas até níveis que não prejudiquem a cultura.

A técnica de controle biológico realizado pela microvespa Trichogramma sp. consiste na:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...