Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
História do Brasil

Economia Brasileira

Maria Clara Cavalcanti
Publicado por Maria Clara Cavalcanti
Última atualização: 7/2/2020

Introdução

A Economia Brasileira foi considerada a nona maior economia do mundo, segundo o ranking lançado pelo Fundo Monetário Internacional em 2018. Devido a sua grande extensão territorial, as atividades econômicas desenvolvidas no país possuem diversas naturezas e já estiveram voltadas para diferentes setores no decorrer da história. 

Atualmente, o Brasil é uma grande potência exportadora, principalmente se tratando de produtos como minérios de aço, ferro, carne de boi e de frango, laranja, cana-de-açúcar, soja e derivados. Hoje a economia brasileira abrange os três setores, primário, secundário e terciário. 

Características 

O principal motor da economia brasileira é a exportação de produtos, principalmente aqueles ligados ao setor de agricultura, pecuária e mineração. O Brasil é o terceiro maior produtor de carne bovina, é líder na exportação de açúcar e etanol e é um produtor mundial café, açúcar e laranja.

A região norte tem sua economia baseada na extração de látex, açaí, madeira e castanha, além de ser uma potência na mineração. No nordeste, a principal produção é de cana de açúcar. Já no sudeste, são as indústrias que despontam como principal atividade econômica e no sul, é o setor de serviços que desponta com maior força. 

Histórico

A primeira atividade econômica desenvolvida no país foi, ainda no Brasil colônia, a extração e comercialização de paú-brasil, árvore utilizada para fabricação de móveis, extração de tinta, etc. Com o tempo, as atividade econômicas ampliaram e se complexificaram no país. 

Ciclo da Cana-de-Açúcar

Ciclo da cana-de-açúcar teve início no Brasil no ano de 1530, durou até 1700 e foi a atividade econômica mais densa e consistente do Brasil Colônia. Sem dúvida, definiu os rumos da economia e da política brasileira e portuguesa entre os séculos XVI e XVIII, principalmente por ter acompanhado o processo de colonização efetiva da América portuguesa.

Junto com as capitanias hereditárias e seus donatários começa o plantio de cana-de-açúcar no Brasil. Os portugueses esperavam que ao introduzir o cultivo da cana, conseguissem firmar a colonizaçãogarantir a presença portuguesa e com isso, impedir as invasões externas e ameaças estrangeiras

Ciclo do ouro

O Ciclo do Ouro foi um período na história do Brasil Colônia em que a principal atividade econômica era a extração e exportação do ouro. As primeiras grandes reservas de ouro no Brasil foram encontradas na região de Minas Gerais e tornaram-se a principal fonte de renda da economia brasileira a partir do final do Século XVII, quando o Ciclo da Cana-de-Açúcar foi chegando ao fim. 

Os primeiros grandes reservatórios de ouro foram encontrados em Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso. Dessa forma, após o declínio da exploração da cana-de-açúcar, a descoberta do ouro impulsionou a extração e exportação dos minérios, tornando essa atividade a principal desta fase colonial no país. 

Referências

FURTADO, Celso. Formação econômica do Brasil, Rio de Janeiro: Forense, 1959. 

NEUHAUS, Paulo. Economia brasileira: uma visão histórica. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1980.


Exercícios

Exercício 1
(Unirio)

O desenvolvimento da economia mineradora no século XVII teve diferentes repercussões sobre a vida colonial, conforme se apresenta caracterizado numa das opções a seguir. Assinale-a:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...