Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Inglês

Second Conditional

Alanis Zambrini
Publicado por Alanis Zambrini
Última atualização: 26/3/2019

Introdução

second conditional faz parte do grupo das chamadas if clauses - frases que possuem um sentido de condição (ou seja, que são condicionais).

Essa classe é diferente das outras if clauses justamente por seu uso: é utilizada somente em situações imaginárias, pouco prováveis ou irreais, como ganhar na loteria, ser outra pessoa, poder viajar no tempo etc.

Formação

second conditional, como todas as if clauses, tem em sua frase a palavra “if”, que equivale ao nosso “se” do português, no sentido de dar uma condição para que alguma coisa aconteça.

Ela é formada por duas sentenças: a if clause (a sentença condicional) e a main clause (a sentença principal, que traz o resultado da condição).

if clause vem acompanhada do “if” e de um verbo conjugado no simple past (ou seja, no passado simples), enquanto a main clause vem quase sempre acompanhada de um verbo modal, como couldwouldmight ou should, seguido de um verbo no infinitivo.

Assim, temos a seguinte fórmula de formação:

If + verbo no simple past + verbo modal + infinitivo

Vejamos alguns exemplos para aplicarmos essa fórmula:

  • If I had a million dollars, I would buy a private island. (Se eu tivesse um milhão de dólares, iria comprar uma ilha privativa).
  • If he couldhe would drink coke everyday. (Se ele pudesse, iria beber coca-cola todo dia).
  • If she were younger, she would go to every party in town. (Se ela fosse mais jovem, iria para todas as festas da cidade).

Entendendo o significado

second conditional tem um uso muito parecido com o condicional do português. Pensemos em algumas frases da língua portuguesa:

  • Se eu pudesse, eu comeria chocolate todo dia.
  • Se eu fosse você, não beberia tanta cerveja.
  • Se eu ganhasse na loteria, compraria uma casa bem grande.

Agora, pensemos na equivalência dessas frases em inglês. O se” tem a mesma função do if” e, além disso, o simple past do inglês faz a função desses verbos do subjuntivo (pudesse, fosse, ganhasse). Os verbos modais junto com um infinitivo servem como esses verbos que terminam com “-ria”.

Vejamos como as frases ficariam em inglês:

  • If I couldI would eat chocolate everyday. 
  • If I were you, I wouldn’t drink so much beer.
  • If I won the lottery, I would buy a big house.

Fácil, não é mesmo? Sempre que ficar em dúvida na second conditional, tente lembrar da relação que ela possui com a condicional do português. Assim fica muito mais fácil de estudar e podemos ver que as duas línguas têm algumas coisas bem parecidas.

Invertendo as sentenças

Uma coisa importante para se lembrar é que, assim como na first conditional, na second conditional as sentenças podem ser invertidas.

Então, podemos ver frases que começam com o “if” ou que têm o “if” no meio da sentença. Quando isso acontece, temos que nos atentar ao uso da vírgula.

Se a frase começa com “if”, no final da if clause temos que colocar uma vírgula. Se o “if” vier no meio da frase, essa vírgula não é necessária. Vejamos alguns exemplos:

  • If I were rich, I would live in Norway. (Se eu fosse rica, moraria na Noruega).
  • I would live in Norway if I were rich. (Eu moraria na Noruega se eu fosse rica).
  • If I knew their secret, I would tell everybody. (Se eu soubesse o segredo deles, contaria para todo mundo).
  • I would tell everybody if I knew their secret. (Eu contaria para todo mundo se soubesse o segredo deles).

Verbo to be

Na second conditional, precisamos tomar bastante cuidado com o verbo to be, pois ele pode nos pregar alguma peça.

Nessa conditional, o verbo to be sempre deve vir na forma de “were” quando ele está na if clause, não importando o pronome pessoal que vem antes dele. O “was” até pode ser utilizado, mas em contextos informais e em uma linguagem coloquial.

Por isso, se você está fazendo uma prova de inglês ou uma redação, não use o “was”, pois ele é considerado uma gíria nesse contexto. Prefira o uso do “were”, que fica melhor em contextos formais.

Vejamos alguns exemplos do verbo to be na second conditional, para que fique mais claro:

  • If I were you, I would go to the party tonight. (Se eu fosse você, iria para a festa hoje à noite).
  • If she were very rich, she would buy a new car. (Se ela fosse rica, iria comprar um novo carro).
  • If they won the lottery, they would travel around the world. (Se eles ganhassem na loteria, iriam viajar por todo o mundo).

Referências

Sites consultados:

http://www.inglesonline.com.br/gramatica-basica-resumida/second-conditional/

https://www.inglesnapontadalingua.com.br/2010/12/second-conditional-em-ingles.html

https://www.englishexperts.com.br/second-conditional/


Exercícios

Exercício 1
(MACKENZIE/2002)

If she had gone to the movies, __________.

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...