Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Português

Função referencial

Bianca Ferraz
Publicado por Bianca Ferraz
Última atualização: 10/5/2019

Introdução

As funções da linguagem foram elaboradas pelo linguista Roman Jackobson, que as dividiu em seis componentes: 

  • Emissor;
  • Receptor;
  • Mensagem;
  • Contexto;
  • Canal;
  • Código.

Cada um desses componentes se refere a uma determinada função da linguagem.

É válido ressaltar que, em um texto, diferentes funções da linguagem podem estar presentes, mas, de acordo com o objetivo da produção, é possível identificar qual das funções é predominante.

Características da função referencial

Na função referencial da linguagem, a ênfase é dada ao assunto tratado, ao referente da própria mensagem. Esse tipo de texto é caracterizado por apresentar informações objetivas sobre determinado tema.

Assim, a principal meta atribuída para a função referencial da linguagem se relaciona ao compromisso com a informatividade, ou seja, com a transmissão de informações.

Dentre as funções da linguagem, a função referencial é a que mais se faz presente no nosso dia a dia, isso porque precisamos utilizá-la o tempo todo, em conversas com amigos, na sala de aula, no trabalho etc.

Para conseguir levar as informações com clareza ao receptor, é necessário utilizar uma linguagem objetiva, sem que haja elementos emocionais ou subjetivos, ou seja, que envolvam as preferências e a interferência das emoções do emissor da mensagem.

Um recurso para alcançar esse objetivo é utilizar a linguagem denotativa, ou seja, utilizar os vocábulos em seu sentido literal, sem se valer de figurações, por exemplo.

Além disso, de forma geral, para alcançar essa objetividade, a função referencial da linguagem está relacionada ao uso da terceira pessoa, seja ela no singular ou no plural.

Alguns exemplos do uso da função referencial que podem ser encontrados em nosso cotidiano são as notícias de jornal, os materiais didáticos e os textos científicos, já que todos eles prezam pela informação a ser transmitida e procuram realizar essa transmissão de modo objetivo.

As notícias são exemplos de textos em que predomina a função referencial da linguagem.

Exemplos de uso da função referencial

Como primeiro exemplo de uso da função referencial, há a notícia, um gênero jornalístico, que tem como principal função informar o receptor sobre um acontecimento. Para isso, o texto deve apresentar informações objetivas sobre o ocorrido: o que aconteceu? Quando aconteceu? Quem esteve envolvido?

Veja um trecho de uma notícia:

O Rio de Janeiro, sede dos jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016, vem se preparando para receber milhões de turistas no maior evento esportivo do planeta. Os Jogos Olímpicos ocorrerão entre os dias 05 e 21 de agosto e os Jogos Paraolímpicos, que contempla os atletas com necessidades especiais, acontecerão de 7 a 18 de setembro.

Perceba que a preocupação central do trecho destacado é em relação ao próprio acontecimento, ao tema tratado pelo texto. Este elemento caracteriza a função referencial da linguagem.

Outro exemplo bastante comum que ilustra o uso da função referencial da linguagem diz respeito aos materiais didáticos.

Veja, a seguir, um exemplo de enunciado:

Uma torneira com problemas continua pingando mesmo depois de fechada, desperdiçando em uma hora 125 mL de água. Quantos litros de água desperdiçará em 24 horas?

No caso do enunciado acima, é importante ressaltar que o trabalho com os elementos que o compõem é feito de modo objetivo, sem levar em consideração o subjetivismo ou as emoções. O foco do enunciado é transmitir informações, como ao indicar a quantidade de água que continua a pingar mesmo quando a torneira está fechada.

A função referencial também pode ser encontrada nas redações escolares, sobretudo nas do gênero dissertativo, em que se pede que o estudante analise, de forma objetiva, um tema determinado com base em fatos, dados estatísticos ou mesmo escritores e pesquisadores que sirvam de referência em relação ao tema.

Assim, há a predominância da função referencial da linguagem, visto que esse tipo de texto está centrado no próprio referente da mensagem.

Referências

JAKOBSON, Roman. 1960. Lingüística e poética. In: _____ . Lingüística e comunicação. São Paulo: Cultrix, 1991


Exercícios

Exercício 1
(FUNRIO/2010)

A biosfera, que reúne todos os ambientes onde se desenvolvem os seres vivos, se divide em unidades menores chamadas ecossistemas, que podem ser uma floresta, um deserto e até um lago. Um ecossistema tem múltiplos mecanismos que regulam o número de organismos dentro dele, controlando sua reprodução, crescimento e migrações.

DUARTE, M. O guia dos curiosos. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

Predomina no texto a função da linguagem

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...