logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

Ensino Básico

Como desenvolver a autonomia infantil nas crianças?

por Yuri Marques em 08/04/22


A autonomia infantil deve ser estimulada desde os primeiros anos de vida para que a criança se desenvolva adequadamente. Para isso, é importante que tanto a família quanto a escola incentivem a independência dos pequenos em diferentes tarefas, incluindo: brincadeiras, deveres de casa e higiene pessoal.

+ Encontre bolsas de estudos para a educação infantil 

O que é autonomia?

De forma resumida, a autonomia está relacionada à capacidade de o indivíduo tomar suas próprias decisões e executar determinadas tarefas pelos próprios meios. Quando a autonomia da criança é bem trabalhada, os resultados são percebidos no rendimento escolar e na capacidade de aprendizado. 

Os benefícios também contribuem para o relacionamento familiar e para a vida em sociedade. Geralmente, quando a criança aprende a explorar o mundo desde cedo, ela tem mais habilidade para se expressar e se comunicar. Além disso, é natural que a pessoa tenha mais facilidade para solucionar desafios. 

Nesse contexto, os responsáveis precisam evitar o excesso de superproteção e controle sobre os filhos no dia a dia. Esse é, sem dúvidas, o primeiro passo para estimular autonomia infantil.

Autonomia da criança: qual é a importância?

Segundo Vanessa Guilhermon Rodrigues, psicopedagoga da Clia Pisicologia, Saúde & Educação, a autonomia faz parte do processo de formação da personalidade da criança. O papel do adulto é oferecer segurança e supervisionar as ações dos pequenos, permitindo que eles aprendam com seus erros ou acertos. 

 "Podemos dizer que a independência está relacionada às habilidades da criança em realizar tarefas e seguir regras. Já a autonomia está relacionada ao desenvolvimento emocional da criança. Uma criança é autônoma quando ela se envolve em atividades a partir da sua vontade e interesse, e não apenas porque está obedecendo a alguma regra. A autonomia é desenvolvida por meio do respeito aos interesses da criança e da relação de confiança que ela estabelece com os pais ou responsáveis do dia a dia", explica.

Dentre os benefícios gerados pela autonomia infantil, os principais são:

  • Melhora da autoconfiança nas crianças;

  • Aumento da autoestima;

  • Incentivo ao protagonismo em sala de aula;

  • Melhora a timidez nas crianças;

  • Desenvolvimento do senso de liderança e de responsabilidade;

  • Mais habilidade para resolver problemas sozinhos;

  • Melhora do desenvolvimento cognitivo;

  • Mais autoconhecimento entre as crianças.

Como estimular a autonomia infantil?

Como foi dito anteriormente, é fundamental que os pais encorajem os pequenos a realizar algumas atividades sozinhos, de acordo com a idade. O mais importante é saber identificar as dificuldades da criança e oferecer apoio para que ela se desenvolva sem medo.

Algumas atitudes simples são capazes de deixar a criança menos dependente e pronta fazer escolhas de maneira consciente. 

Se você quer contribuir para o crescimento do seu filho, listamos abaixo 8 dicas essenciais para estimular a autonomia infantil:

  1. Envolva a criança nas tarefas domésticas, como lavar louça, arrumar os brinquedos e organizar o quarto.

  2. Deixe que seu filho cuide da higiene pessoal sozinho, apenas coma sua supervisão.

  3. Incentive seu filho a preparar o próprio lanche e colocar as refeições no prato.

  4. Permita que a criança faça escolhas no dia a dia.

  5. Deixe o seu filho aprender com os erros, sempre que necessário.

  6. Incentive a criança a manifestar opiniões e dialogar de forma respeitosa.

  7. Ofereça ajuda para tirar dúvidas sobre o dever de casa, mas deixe seu filho fazer as questões sozinho.

  8. Incentive o autocuidado na criança desde cedo.

  9. Crie uma rotina para a criança exercitar a responsabilidade e a organização no dia a dia. 

No ambiente escolar, as atividades de autonomia na educação infantil também precisam ser exploradas pelos professores. Para isso, é possível usar momentos lúdicos, brincadeiras, jogos e dinâmicas de grupo entre os estudantes. 

Essas tarefas pedagógicas geralmente exploram a imaginação das crianças e incentivam o raciocínio.  Outro ponto importante da autonomia da educação é que os alunos começam a entender a importância das regras e do respeito ao próximo. 

Com isso, eles crescem com mais empatia para viver de forma saudável em sociedade. Se você gostou deste artigo, compartilhe as dicas com outros pais e converse com a escola do seu filho sobre a metodologia utilizada para estimular os alunos a serem mais independentes.

Sobre o autor
author
Yuri Marques

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54