logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Como é o vestibular da USP?

por Isabela Giordan em 25/10/19 240 visualizações

Considerada a melhor universidade brasileira pelo Ranking Universitário Folha (RUF) e pela Times Higher Education (THE), a Universidade de São Paulo (USP) seleciona anualmente milhares de novos estudantes para ingressar na instituição. Em 2019, 11.147 alunos serão selecionados para cursos nos campi de São Paulo, Ribeirão Preto, São Carlos, Piracicaba, Pirassununga, Bauru, Lorena e Santos.

Para realizar essa seleção, a USP conta com duas formas de ingresso, são elas: 

  • Vestibular tradicional organizado pela Fundação Universitário para o Vestibular (Fuvest);
  • Sistema Único de Seleção (Sisu), organizado pelo Ministério da Educação (MEC). 

É o seu sonho entrar na USP? Então, veja como é cada etapa da Fuvest e com ingressar por meio do Sisu!

Fuvest: como funciona o vestibular da USP?

Formado por duas etapas, esse é o processo seletivo que mais seleciona alunos para a Universidade.

1º fase da Fuvest

Com 90 questões de múltipla escolha, os estudantes têm cinco horas para completar o exame. As disciplinas cobradas na prova são: matemática, português, biologia, física, química, geografia, história e inglês. Além disso, algumas das questões podem ser interdisciplinares, ou seja, elas envolvem mais de uma matéria. 

Dica: o conteúdo programático da prova está disponível no Manual do Candidato, a partir da página 43.

A primeira fase é utilizada para selecionar os candidatos da segunda etapa, além de também ser utilizada para a composição na nota final do vestibular. 

2 º fase da Fuvest

Para realizar a segunda fase da prova, o candidato precisa ter sido aprovado da primeira. São selecionados os inscritos que com as melhores notas, em um número que corresponde a quatro vezes o número de vagas na carreira escolhida na hora da inscrição. 

As provas da segunda fase são realizadas em dois dias, sendo que os candidatos são avaliados com questões dissertativas. Veja como é a divisão da prova:

  • 1º dia: são cobradas 10 questões de português e uma redação dissertativa-argumentativa. 
Veja também: Tudo o que você saber sobre a redação da Fuvest
  • 2º dia: são cobradas 12 questões sobre duas a quatro disciplinas, que serão divididas igualmente, dependendo da escolha de carreira do candidato na inscrição. 

A questões de português equivalem a 50 pontos, assim como a redação. Já as 12 questões específicas valem 100 pontos. 

Vale lembrar que os cursos de artes cênicas, música e artes visuais também possuem provas de habilidades específicas e que valem 100 pontos. Para ser aprovado, o candidato precisa alcançar, no mínimo, 50.

A classificação é calculada com uma média aritmética simples, somando a nota da primeira fase e das duas provas da segunda. 

Leituras obrigatórias para a primeira e segunda fase

Vai prestar o vestibular da USP? Enrão, fique de olho nas obras literárias, que são cobradas nas questões de literatura. Veja a lista atual:

  • Iracema ‐ José de Alencar;
  • Memórias póstumas de Brás Cubas ‐ Machado de Assis;
  • A Relíquia, de Eça Queirós
  • O cortiço ‐ Aluísio Azevedo;
  • Vidas secas ‐ Graciliano Ramos;
  • Minha vida de menina ‐ Helena Morley;
  • Claro enigma ‐ Carlos Drummond de Andrade;
  • Sagarana ‐ João Guimarães Rosa;
  • Mayombe ‐ Pepetela.

Como entrar na USP pelo Sisu?

Para concorrer às vagas do Sisu, o candidato precisa prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano vigente. Após isso, com o resultado em mãos, é só se inscrever na plataforma do Sisu e escolher o curso desejado. Veja o passo a passo completo:

  1. Entre no site de inscrição do Sisu: http://sisualuno.mec.gov.br/
  2. Informe o seu número de inscrição e a sua senha do Enem vigente;
  3. Confirme os seus dados na plataforma;
  4. Escolha duas opções diferentes de curso, sendo que a primeira deve ser a de maior preferência;
  5. Indique a sua modalidade de concorrência:  vagas de ampla concorrência, vagas referentes à Lei de Cotas ou vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições;
  6. Caso você mude de ideia, é possível alterar a opção de curso. Para isso, acompanhe as notas de corte dos cursos para verificar quais são as suas chances na disputa.
  7. Para ter uma ideia se você teria chances de entrar na faculdade pelo Sisu com a sua nota no Enem, o Quero Bolsa disponibiliza gratuitamente o Simulador de Notas de Corte do Enem.
  8. Pronto! Agora é só acompanhar a sua inscrição e ficar de olho no resultado.

Em 2019, serão oferecidas 2.830 vagas para ingresso por meio do Sisu. 

Saiba mais: Calendário USP 2020
                   Como funciona o sistema de cotas da USP?    

Tags relacionadas:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54