Biomedicina na UNICBE

  • Graduação
  • 8 semestres
  • Bolsas a partir de R$ 348,97
4,8

Muito boa

(2)

Ofertas para começar a estudar, aproveita!

Como é o curso de Biomedicina na UNICBE?

Biomedicina integra medicina e biologia, focando em microrganismos para prevenir, diagnosticar e tratar doenças. Também contribui para desenvolver tratamentos e vacinas, promovendo avanços na saúde humana.

Resumo do curso

  • Área de conhecimento: Ciências Biológicas

  • Duração: em média, 4 anos

O que você vai aprender?

  • Ética Na Saúde

  • Biologia Molecular

  • Microbiologia Aplicada

  • Química Biológica

Como é a faculdade UNICBE

Avaliação dos Alunos

4,8

Muito boa

2 avaliações

  • Empregabilidade
    5
  • Estrutura
    4,5
  • Professores
    4,5
  • localização
    5

Resumo da faculdade

  • mais de 1.530 alunos matriculados
  • mais de 80 docentes
  • 20 cursos de graduação e 44 de pós-graduação
  • 5 unidades no estado de Rio de Janeiro

Dúvidas mais frequentes

A CBM-UNICBE trabalha com uma metodologia própria de ensino, desenvolvida por seu reitor, e tem tradição de décadas com cursos no campo da Música.

A maior parte do currículo do curso de Biomedicina é voltada às Ciências Biológicas, o que inclui aulas de bioquímica, fisiologia, e microbiologia. Mas há também disciplinas de outras áreas, como estatística, comunicação, administração laboratorial e metodologia científica.

A duração média da graduação em Biomedicina é de quatro anos, com estágio e monografia obrigatórios.

Você poderá conferir mais detalhes sobre o número de estudantes que ingressaram no curso de Biomedicina no site da Revista Quero.

Quanto tempo dura o curso de Biomedicina?

O curso de Biomedicina tem duração média de 4 anos. Ele prepara profissionais para a prevenção, diagnóstico, recuperação da saúde, pesquisa, identificação de enfermidades e desenvolvimento de medicamentos e vacinas.

Qual é a diferença entre Biomedicina e Medicina?

Embora correlatas, a Biomedicina e Medicina possuem enfoques e objetivos distintos. Enquanto a Biomedicina se concentra na pesquisa das causas e mecanismos das doenças humanas, com o objetivo de desenvolver novos métodos diagnósticos e terapêuticos, a Medicina lida diretamente com o diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças, com foco no cuidado integral ao paciente.

Os médicos podem realizar diagnósticos clínicos, prescrever tratamentos, realizar cirurgias e acompanhar a evolução do paciente, oferecendo um cuidado mais direto e pessoal.

Confira as ultimas notícias sobre Biomedicina

Anvisa proíbe a venda e o uso de produtos à base de fenol em procedimentos de saúde e estéticos

A Anvisa publicou no Diário Oficial da União, do (dia 25 de junho), uma resolução que proíbe a importação, fabricação, manipulação, comercialização, propaganda e uso de produtos à base de fenol em procedimentos de saúde e estéticos.

As informações foram inicialmente divulgadas pelo Conselho Federal de Biomedicina.

Permanecem autorizados os produtos devidamente regularizados junto à Anvisa nas condições exatas de registro, bem como os produtos de uso em laboratórios analíticos ou de análises clínicas. Não há nenhum produto à base de fenol registrado na Anvisa com indicação para procedimentos de peeling.

A medida cautelar adotada pela Agência tem como objetivo zelar pela saúde e integridade física da população brasileira, uma vez que, até o momento, não foram apresentados à Anvisa estudos que comprovem a eficácia e segurança do fenol para uso nesses procedimentos.

A determinação permanecerá vigente enquanto são conduzidas investigações sobre os potenciais danos associados ao uso dessa substância química, que vem sendo utilizada em diversos procedimentos invasivos.

Semana Acadêmica de Biomedicina da UEM tem inscrições abertas; confira programação

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) realiza, no começo de julho, a 10ª Semana Acadêmica de Biomedicina. As inscrições estão abertas e devem ser feitas até o dia 22 de junho, por meio do site oficial do evento.

As informações foram veiculadas primeiramente pelo site da UEM.

Podem participar estudantes de graduação e pós-graduação da área da saúde de qualquer Instituição de Ensino Superior (IES), bem como profissionais do ramo. A taxa de inscrição é de R$ 50.

A abertura das atividades está marcada para o dia 3 de julho, a partir das 19h, no Auditório do Bloco B-33, no câmpus sede da UEM. Também há palestras, minicursos e apresentações programadas para os dias 4 e 5 de julho.

Atuam na organização o Departamento de Análises Clínicas e Biomedicina (DAB/UEM), o Centro Acadêmico de Biomedicina Leal Prado de Carvalho (CABM/UEM), o Laboratório de Ensino e Pesquisa em Análises Clínicas (Lepac/UEM) e o Conselho Regional de Biomedicina da 6ª Região (CRBM 6).

Conforme os organizadores, o tema do evento é "Caminhos para Futuros Biomédicos". O objetivo da ação é promover atualização e divulgação de conhecimentos, bem como oportunizar trocas de experiências entre estudantes e profissionais da área. Serão abordados tópicos como docência, pesquisa, saúde pública, estética, imunogenética, primeiros socorros, código de ética, startups e inovação.

A participação na 10ª Semana Acadêmica de Biomedicina oferece certificado de até 20 horas de atividades.

Nova IA promete revolucionar a biomedicina ao prever comportamento de moléculas:

Nesta quarta-feira (8/5), o Google DeepMind e a Isomorphic Labs revelaram o AlphaFold3, uma inovação em inteligência artificial destinada a revolucionar a pesquisa biomédica. Essa avançada tecnologia vai além das capacidades anteriores, proporcionando previsões precisas não apenas sobre a estrutura tridimensional das proteínas, mas também sobre o comportamento de outras moléculas cruciais para o organismo.

Em 2020, o Google DeepMind, laboratório central de IA do Google, em colaboração com a Isomorphic Labs, desenvolveu o AlphaFold, uma IA que resolveu um desafio de décadas na biologia: prever o dobramento de proteínas em questão de minutos. Essas informações foram divulgadas primeiramente pelo site ItFórum.

Essa conquista é de extrema importância, uma vez que as proteínas têm formas complexas que determinam suas funções no corpo. Anteriormente, os cientistas dedicavam anos a esse processo.

Diferentemente de qualquer tecnologia anterior, o AlphaFold3 é capaz de prever não apenas como as proteínas se dobram, mas também o comportamento de outras estruturas biológicas cruciais, como o DNA e o RNA.

Essa descoberta acelera significativamente a pesquisa biomédica, possibilitando uma compreensão mais profunda do funcionamento das proteínas e facilitando o desenvolvimento de novos tratamentos médicos.

O AlphaFold3 também está sendo aplicado em pesquisas médicas essenciais, desde o estudo do coronavírus até a busca por tratamentos para doenças como malária e Parkinson.

Governo aposta na formação de educadores e profissionais de saúde para promover educação midiática:

O Secretário de Políticas Digitais da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, João Brant, anunciou que o Plano Plurianual (PPA 2024-2027) agora inclui a meta de formar 300 mil educadores e 400 mil profissionais da saúde para enfrentar a desinformação, como parte da estratégia governamental para promover a alfabetização midiática da população.

Essa informação foi inicialmente divulgada pela Agência Câmara de Notícias.

Durante uma audiência pública do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional sobre educação midiática na segunda-feira (8), Brant explicou que o assunto tem sido abordado pela secretaria em colaboração com o Ministério da Educação, visando criar um ambiente digital seguro, especialmente para crianças e adolescentes.

"Estabelecemos uma meta sem precedentes no PPA [Plano Plurianual] de formar 300 mil educadores e 400 mil profissionais de saúde, o que nos dá uma diretriz de trabalho, e essa diretriz nos guiará nos próximos anos na execução deste conjunto de medidas", afirmou.

Ele destacou que o tema transcende as divisões partidárias, sendo de interesse para toda a sociedade, e tem sido discutido por organizações como a ONU (Organização das Nações Unidas) e a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Dica importante: Confira o Guia Completo sobre a Redação do Enem. Veja dicas incríveis para você arrasar e conseguir uma boa nota nesta parte importante da prova. Tenha acesso aos critérios de avaliação, dicas de especialistas e exemplos nota 1000! Tudo gratuito para você!

Biomedicina integra medicina e biologia, focando em microrganismos para prevenir, diagnosticar e tratar doenças. Também contribui para desenvolver tratamentos e vacinas, promovendo avanços na saúde humana.

A faculdade de Biomedicina é uma escolha muito interessante para aqueles que se interessam pelo estudo dos processos biológicos e sua relação com a saúde humana. Durante o curso, os estudantes têm a oportunidade de mergulhar em diversas áreas da biomedicina, adquirindo conhecimentos que abrangem desde a anatomia e fisiologia humana até a microbiologia, genética e bioquímica.

Uma das grandes vantagens da faculdade de Biomedicina é a sua abordagem multidisciplinar. Os alunos têm contato com disciplinas das ciências exatas, como a física e a matemática, que são fundamentais para compreender as técnicas laboratoriais e estatísticas utilizadas na área.

Além disso, também são estudadas disciplinas das ciências biológicas, como a biologia celular e molecular, que fornecem a base para entender os processos que ocorrem dentro das células e como eles podem estar relacionados a doenças.

Ao longo do curso, os estudantes têm a oportunidade de se aprofundar em diferentes áreas de interesse dentro da biomedicina. Podem escolher disciplinas optativas que os levem a se especializar em patologia clínica, análises clínicas, biologia molecular, imagem médica, entre outras. Essa diversidade de opções permite que cada aluno desenvolva suas habilidades e interesses particulares, preparando-se para atuar em diferentes setores do mercado de trabalho.

Uma das características marcantes da faculdade de Biomedicina é a ênfase na prática laboratorial. Os estudantes têm acesso a laboratórios equipados com tecnologia de ponta, onde aprendem a realizar análises clínicas, interpretar resultados de exames laboratoriais, utilizar técnicas de biologia molecular, entre outras atividades práticas. Essa experiência é fundamental para desenvolver habilidades técnicas e para se familiarizar com o ambiente de trabalho que encontrarão após a formatura.

Após concluir a graduação em Biomedicina, os profissionais têm um amplo leque de possibilidades de atuação. Podem trabalhar em laboratórios de análises clínicas, hospitais, centros de pesquisa, indústrias farmacêuticas, empresas de diagnóstico por imagem, entre outros. Também é possível seguir a carreira acadêmica, ingressando em programas de pós-graduação e se dedicando à pesquisa científica.

No contexto atual, em que a saúde e a pesquisa científica têm sido tão valorizadas, a faculdade de Biomedicina se torna ainda mais relevante. Os profissionais formados nessa área têm um papel fundamental na identificação e diagnóstico de doenças, no desenvolvimento de novos medicamentos e tratamentos, e na contribuição para o avanço da ciência.

Em relação à área, está em debate a liberação de cursos de Biomedicina à distância. A oferta nesse modelo de ensino encontra resistência por parte dos conselhos regionais e federal. Para analisar o assunto, o Ministério da Educação promoveu uma consulta pública sobre o tema, além de suspender, no dia 29 de novembro, novas autorizações para o curso de Biomedicina EaD. A medida vigora por meio da Portaria Nº 2.041, que também descontinua a liberação de outros cursos para a modalidade.

Se você tem interesse em cursar Biomedicina, pode encontrar bolsas de estudos que deixam as mensalidades mais bah3ratas. Uma das boas opções de graduação nessa área com bolsas de estudo é o curso disponibilizado pela UFBRA.

Quantos anos dura a faculdade de Biomedicina?

A faculdade de Biomedicina, ofertada em nível de bacharelado, tem uma duração média de 4 anos. Durante esse período, os alunos são treinados para atuar com prevenção, diagnóstico, pesquisa de enfermidades, e desenvolvimento de medicamentos e vacinas.

Quais são as áreas da Biomedicina?

Atualmente, o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) reconhece 38 habilitações da área de Biomedicina. São elas:

  • Acupuntura: Utiliza técnicas para fortalecer o sistema imunológico, por meio da inserção de agulhas em pontos específicos do corpo.
  • Análise Ambiental: Avalia aspectos físico-químicos e microbiológicos para melhorar a qualidade ambiental e promover o saneamento.
  • Análises Bromatológicas: Envolve a análise de alimentos, incluindo testes físico-químicos, para garantir sua segurança e qualidade.
  • Auditoria: Verifica a aderência aos procedimentos legais e regulatórios no setor de saúde, garantindo conformidade.
  • Banco de Sangue: Gerencia o processamento e teste de sangue para transfusões, incluindo a realização de exames sorológicos.
  • Biofotônica: Aplica luz, como laser e LEDs, para tratar e melhorar a estética e funcionalidade dos tecidos.
  • Bioinformática: Desenvolve softwares para otimizar operações em instalações de saúde e pesquisa.
  • Biologia Molecular: Engaja-se na análise e interpretação de DNA para diagnósticos e pesquisas genéticas.
  • Biomedicina Estética: Foca em melhorar o bem-estar físico e estético, prevenindo o envelhecimento.
  • Bioquímica: Investiga processos químicos vitais para a vida, contribuindo para o desenvolvimento científico.
  • Citologia Oncótica: Avalia células para detectar câncer e outras doenças por meio de exames citológicos.
  • Docência e Pesquisa: Ensina e pesquisa em diversas áreas biomédicas, contribuindo para o avanço acadêmico e científico.
  • Farmacologia: Estuda a interação de substâncias químicas com organismos, visando a descoberta de novos medicamentos.
  • Fisiologia do Esporte: Explora como o exercício afeta o corpo humano, otimizando o desempenho atlético.
  • Genética: Realiza testes genéticos, oferece aconselhamento genético e assina laudos técnicos.
  • Gestão das Tecnologias de Saúde: Responsável pela implementação e gerenciamento de tecnologias na saúde.
  • Gerontologia Biomédica: Foca no estudo e tratamento de idosos, promovendo a saúde e bem-estar.
  • Hematologia: Especializa-se no estudo das doenças do sangue, incluindo sua análise e diagnóstico.
  • Histotecnologia Clínica: Prepara e analisa amostras de tecido para diagnóstico de doenças.
  • Imagenologia: Opera equipamentos de diagnóstico por imagem sob supervisão médica.
  • Imunologia: Pesquisa o sistema imunológico para desenvolver novas terapias e diagnósticos.
  • Microbiologia: Estuda microorganismos e sua relação com doenças e o ambiente.
  • Microbiologia dos Alimentos: Analisa a segurança e qualidade dos alimentos em relação aos microrganismos.
  • Monitoramento Neurofisiológico Transoperatório: Supervisiona a função neural durante cirurgias para minimizar riscos.
  • Parasitologia: Investiga parasitas que afetam a saúde humana, buscando soluções para controle e tratamento.
  • Patologia Clínica (Análises Clínicas): Realiza análises laboratoriais para diagnóstico de doenças.
  • Perfusão Extracorpórea: Opera equipamentos de circulação extracorpórea durante procedimentos cardíacos.
  • Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS): Aplica e supervisiona práticas alternativas de saúde.
  • Radiologia: Lida com a operação de equipamentos de radiologia para diagnósticos médicos.
  • Reprodução Humana: Trata da manipulação de gametas e pré-embriões para auxiliar na fertilidade.
  • Sanitarista: Trabalha em políticas de saúde pública, planejamento e avaliação de programas de saúde.
  • Saúde Pública: Realiza pesquisas voltadas para o diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças.
  • Toxicologia: Estuda a detecção de substâncias tóxicas e sua aplicação em contextos clínicos e legais.
  • Cosmetologia: Regula a atividade biomédica na produção e comercialização de produtos de saúde.
  • Biotecnologia: Autoriza o biomédico a atuar na área de biotecnologia, incluindo responsabilidades técnicas.
  • Suplementos Alimentares: Engloba a fabricação, comercialização e prescrição de suplementos, sob responsabilidade técnica.
  • Tricologia Estética: Foca em tratamentos para o couro cabeludo e cabelo, visando a saúde e estética capilar.
  • Visagismo: Aplica técnicas para criar uma imagem personalizada e harmoniosa do rosto, realçando a beleza individual.

Caso você tenha dúvidas se o curso de Biomedicina é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional para Biomedicina da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

Com o Quero Bolsa, entrar na faculdade é muito mais fácilCadastre-se e receba alertas por e-mail e WhatsApp assim que chegarem novas vagas do seu interesse.
Busque sua vaga
Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso
Garanta sua vaga
Pague a taxa de serviço, chamada de pré-matrícula
Estude pagando menos
Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade

As melhores vagas da UNICBE perto de você

Fisioterapia
A partir de
R$ 348,97/mês
Pedagogia
A partir de
R$ 198,96/mês
Educação Física
A partir de
R$ 348,97/mês
Biomedicina
A partir de
R$ 348,97/mês
Nutrição
A partir de
R$ 348,97/mês
Enfermagem
A partir de
R$ 398,93/mês