Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Climas do Brasil

Angelo Carvalho
Publicado por Angelo Carvalho
Última atualização: 15/10/2018

Introdução

Ao se generalizar o clima brasileiro levando-se em conta fatores de maior evidência, como as zonas climáticas, é possível observar que a maior parte do território do Brasil se encontra na faixa tropical, entre os trópicos de Câncer e Capricórnio.

Devido a isso, as condições de recepção de energia solar são boas em quase todo o país.

É possível observar essa tropicalidade brasileira principalmente nos domínios da vegetação e na sua hidrografia. Em relação à primeira, mais de 90% da vegetação original do Brasil consistia em matas e savanas tropicais. Já o regime brasileiro de bacias hidrográficas é pluvial (controlado pelas chuvas), tendo poucas exceções.

Entretanto, no Brasil, é possível encontrar fortes variações climáticas. Tais variações ocorrem por consequência de diversos fatores, como a altitude e as massas de ar.

As massas de ar que atuam no Brasil

Quase todo o clima brasileiro é controlado, na maior parte do ano, pelas massas tropicais e equatoriais. Somente ao sul do trópico de Capricórnio a influência da massa polar é mais intensa.

As massas de ar são os fatores de maior predominância no controle do clima, desconsiderando a localização latitudinal, que determina inclusive quais as massas de ar atuam em uma região.

Massa Tropical atlântica (mTa)

É formada sobre o oceano Atlântico, entre os paralelos 20° e 30°; desta forma, é uma massa quente e úmida. Apresenta fácil penetração no continente sul-americano, dominando as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Massa Polar atlântica (mPa)

A massa Polar Atlântica é fria e úmida e é formada no Atlântico Sul, próximo à região da Patagônia. Tem grande atuação sobre a região Sul do Brasil durante todo o ano e nas outras regiões durante o inverno.

Massa Equatorial continental (mEc)

A mEc é gerada sobre as terras baixas da Amazônia. Esta é uma massa quente de elevada umidade. Por ser originada em uma zona de baixas pressões, tende a permanecer o ano todo naquela área. Entretanto, no verão, acaba por se expandir em direção às regiões Centro-Oeste e Sudeste, tendo forte influência sobre estas áreas.

Massa Tropical continental (mTc)

É uma massa quente e seca, formada nas terras baixas do centro da América do Sul, na depressão do Chaco. É um centro de atração, tendo assim, uma influência secundária na dinâmica da circulação regional.

Massa Equatorial atlântica (mEa)

É formada ao norte do Equador, próximo ao arquipélago dos Açores; sendo assim, quente e úmida. Não possui grande influência no território brasileiro, limitando-se ao litoral da região Norte e ao litoral setentrional do Nordeste.

Climas dominantes

Da dinâmica entre essas massas de ar nascem os climas dominantes no Brasil. A atuação de cada uma delas varia conforme a estação do ano, já que são diferentemente potencializadas de acordo com o movimento de translação e a inclinação do eixo terrestre.

Por exemplo, no verão, como a radiação é maior no hemisfério Sul, a Massa Tropical atlântica (mTa) ganha força e domina grande parte do território brasileiro, acontecendo o mesmo com a Massa Equatorial atlântica (mEa).

Porém, durante o período de inverno, a radiação diminui e, assim, a força das massas tropicais e equatoriais também. A partir de então, sobra espaço para a atuação da Massa Polar atlântica (mPa), agora potencializada.

Devido à dinâmica entre as massas de ar, formam-se os climas brasileiros. Uma das classificações mais relevantes é a de Arthur Strahler, onde:

Climas do Brasil Climas do Brasil

Clima Equatorial Úmido (Rosa)

Este clima é dominado pelas massas equatoriais úmidas. Há presença de chuvas bem distribuídas durante o ano, com temperaturas elevadas e uniformes.

Clima Tropical semiárido (Amarelo)

Clima controlado pela massa Tropical atlântica. A atuação irregular das massas de ar, causa, parcialmente, as irregularidades das chuvas.

Clima Tropical (Amarelo Claro)

É controlado por massas tropicais, instáveis no verão e estáveis no inverno, o que ocasiona a alternância de períodos secos e úmidos.

Clima Tropical Úmido (ou Litorâneo Úmido) (Verde)

É formado pela atuação das massas tropicais marítimas, instáveis pelo relevo da região litorânea.

Clima Subtropical Úmido (Azul)

É um clima dominado pela massa Tropical atlântica, mas sujeito à penetração periódica da massa Polar atlântica durante todo o ano, o que explica a regularidade da distribuição das chuvas.


Exercícios

Exercício 1
(UFRN/2009)

O clima do Brasil é influenciado pela atuação de diferentes massas de ar. A respeito das massas de ar que interferem nas condições climáticas do país pode-se afirmar que

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...