Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Energia Nuclear

Angelo Carvalho
Publicado por Angelo Carvalho
Última atualização: 20/12/2018

Introdução

A Energia Nuclear, também conhecida como energia atômica, é a energia obtida através do processo de fissão de um átomo de grande massa, como o urânio e o plutônio, a partir do choque destes átomos com nêutrons.

O processo de fissão nuclear consiste na quebra de um núcleo atômico por meio do bombardeamento desse núcleo com nêutrons, originando dois núcleos atômicos médios mais 2 ou 3 nêutrons e uma enorme quantidade de energia. 

Inicialmente, a Energia Nuclear foi utilizada para fins militares, gerando experiências catastróficas como em Hiroshima e Nagasaki.

Entretanto, atualmente, esse tipo de energia vem sendo utilizada, principalmente, para fins pacíficos. No dia-a-dia, a Energia Nuclear tem sido empregada, de forma segura, em diversas atividades na sociedade.

Na medicina, a tecnologia nuclear é utilizada na cura ou prevenção de câncer. Na agricultura, a Energia Nuclear é utilizada na irradiação de alimentos, visando a esterilização e aumento da vida útil de inúmeros alimentos.

Apesar das diversas aplicações, a geração de energia elétrica é considerada por muitos o principal benefício do uso da Energia Nuclear. O emprego desse tipo de energia para produção de energia elétrica já representa quase 20% da produção no mundo.

Usina Nuclear

Também conhecida com central nuclear, a usina nuclear é uma instalação que produz energia elétrica por meio de reações nucleares de elementos radioativos.

Essas usinas funcionam a partir da fissão nuclear, controlada dentro dos reatores. O processo de fissão nuclear libera calor, que aquece a água e a transforma em vapor. Esse vapor por sua vez, gira a turbina, que aciona o gerador, produzindo assim a energia elétrica.

As usinas nucleares possuem alta produtividade, pois um pequeno volume de matéria-prima é capaz de gerar muita energia. A energia elétrica gerada por 1 quilograma de urânio é a mesma produzida por 150 toneladas de carvão mineral em uma usina termoelétrica. 

Vantagens e riscos

A maior vantagem da Energia Nuclear, na geração de energia elétrica, é a não utilização de combustíveis fósseis, o que evita o lançamento de gases responsáveis pelo aquecimento global na atmosfera. 

Além disso, as usinas nucleares ocupam áreas relativamente pequenas, podendo ser instaladas próximas aos centros consumidores e sem depender de condições ambientais - como chuva, sol, vento - para seu funcionamento.

Apesar de todos os benefícios, as usinas termonucleares possuem alguns problemas. O primeiro deles é o risco de vazamento do material radioativo utilizado na operação da usina

O risco para que vazamentos ocorram é muito baixo (estatisticamente, calcula-se que a incidência de acidentes é a cada um milhão de anos). Entretanto, se o vazamento ocorrer, os resultados podem ser desastrosos para o meio ambiente e para a vida humana.

Outro problema envolvendo o funcionamento das usinas termonucleares é a produção de lixo atômico

Após ser utilizado, o urânio, se transforma em um material extremamente radioativo. Devido a isso, esse lixo precisa ser armazenado por centenas de anos, em tambores de chumbo, até se estabilizar.

Energia Nuclear no Brasil no mundo

Os Estados Unidos é o país que possui maior parque nuclear do planeta, com 104 usinas em operação. Em seguida tem-se a França, com 59 reatores, Japão, com 53, Rússia, com 31 e Coréia do Sul, com 20 usinas nucleares em operação. 

No Brasil, os projetos para utilização da Energia Nuclear ganharam força nos governos militares, que tinham a intenção de trazer esta tecnologia para o país. A primeira usina termonuclear inaugurada no país foi a Angra 1. Fundada em 1985, essa usina é equipada com um reator norte-americano.

Devido aos inúmeros defeitos no reator, o governo brasileiro fez uma nova parceria. Em 2000, a Angra 2 foi inaugurada, dessa vez, equipada com um reator alemão.

Angra 1, primeira usina nuclear inaugurada no Brasil.Angra 1, primeira usina nuclear inaugurada no Brasil.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2004)

O debate em torno do uso da energia nuclear para produção de eletricidade permanece atual. Em um encontro internacional para a discussão desse tema, foram colocados os seguintes argumentos: 

I - Uma grande vantagem das usinas nucleares é o fato de não contribuírem para o aumento do efeito estufa, uma vez que o urânio, utilizado como “combustível”, não é queimado mas sofre fissão. 

II - Ainda que sejam raros os acidentes com usinas nucleares, seus efeitos podem ser tão graves que essa alternativa de geração de eletricidade não nos permite ficar tranquilos. 

A respeito desses argumentos, pode-se afirmar que:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...