Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Geografia

Paisagem

Giulia Giacomini Kiefer
Publicado por Giulia Giacomini Kiefer
Última atualização: 20/3/2020

Introdução

O que é paisagem?

A Geografia trabalha com diversas categorias de análise, que servem como ponto de partida para suas análises. A paisagem é uma delas. 

“Paisagem Brasileira”, de Lasar Segall. Como você aprenderá nesse texto, a paisagem é composta por diversos elementos que a compõem, sejam eles naturais ou humanizados. Na obra acima, podemos citar alguns: montanhas, casas e gado.

Conceito de paisagem

Segundo o geógrafo Milton Santos, a paisagem é definida como “tudo aquilo que nós vemos, o que nossa visão alcança” (SANTOS, 1998). Ou seja, tudo aquilo que vemos ao olhar para o horizonte é paisagem. A paisagem pode ser natural ou modificada.

É importante ressaltar também que Santos (1998) afirma que a paisagem “não apenas é formada de volumes, mas também de cores, movimentos, odores, sons, etc.” Ou seja, a nossa percepção da paisagem vai além do olhar, envolvendo também os outros sentidos humanos.

Tipos de paisagem

Veremos a seguir alguns tipos de paisagens que, alteradas ou não pelo homem, compõem o espaço geográfico. São elas: paisagem natural, paisagem geográfica, paisagem cultural e paisagem urbana

Paisagem Natural

A paisagem natural é composta de elementos naturais, ou seja, há pouca ou nenhuma interferência humana nesse tipo de paisagem. Alguns dos elementos naturais presentes são: relevos, fauna, flora, corpos d’água, entre outros. 

Parque Nacional Natural Puracé, na Colômbia.

Paisagens exclusivamente naturais - ou seja, sem nenhuma interferência humana - são raras de se encontrar hoje em dia, pois na busca por lugares inexplorados, o ser humano domesticou a natureza e ocupou a maioria do globo terrestre. Um exemplo de lugar com pouca interferência humana é a Antártida. 

Monte Herschel, Antártida.

Paisagem Cultural

A paisagem cultural, que também pode ser chamada de paisagem humanizada, apresenta elementos oriundos da interferência humana no espaço. Alguns elementos são óbvios, como casas e ruas.

Porém, há elementos naturais que, introduzidos pelo homem em um espaço, se tornam elementos culturais. Por exemplo, uma criação de gado, um jardim cuidado e manejado por uma pessoa, ou uma plantação em larga escala, por exemplo, de soja. 

Área de pastagem de ovelhas. Compõem a paisagem cultural pois não são ovelhas selvagens - são domesticadas pelo pastor, que também se encontra na imagem.

Plantação de arroz. A princípio, parece que não há interferência humana nesta paisagem, porém esta plantação foi feita pelo ser humano.

Paisagem Urbana

A paisagem urbana possui um nome um tanto autoexplicativo. Esse tipo de paisagem está relacionada com o fenômeno da urbanização, que, em conjunto com o avanço da tecnologia, resultou num tipo de paisagem bastante característico.

Alguns dos elementos característicos da paisagem urbana são os prédios, asfaltos, carros, postes, entre outros. 

Vista aérea da cidade de São Paulo. Nesta imagem predominam elementos culturais, caracteristicamente urbanos. Créditos a Aurélio Scetta pela imagem.

Paisagem Geográfica

A paisagem geográfica, um dos objetos de estudo da Geografia, é um dos pontos de partida para um geógrafo realizar uma análise do espaço geográfico. O recorte do espaço de análise é o que define a paisagem geográfica.

Trata-se de uma definição complexa, pois cada paisagem se difere tanto pelos elementos que a compõem, quanto pelos diferentes processos de modificação da paisagem pelos quais ela passou.

Basicamente, todos os tipos de paisagem mencionados acima são paisagens geográficas. A depender da especificidade do espaço, outras categorias de paisagens podem ser definidas. 


Exercícios

Exercício 1
(UFOP)

Leia o texto a seguir:

[...] Fechado ao sul pelo morro, descendo escancelado de gargantas até o rio, fechavam-no, a oeste, uma muralha e um vale. De fato, infletindo naquele rumo, o Vaza-Barris, comprimido entre as últimas casas e as escarpas a pique dos morros sobranceiros, torcia para o norte feito um cañon fundo. A sua curva forte rodeava, circunvalando-a, depressão em que se erigia o povoado, que se trancava a leste pelas colinas, a oeste e norte pelas ladeiras das terras mais altas, que dali se intumescem até aos contrafortes extremos do Cambaio e do Caipá; e ao sul pela montanha. [...] 

CUNHA, Euclides da. Os Sertões. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bv000091.pdf. Acesso em: 4 abr. 2007.

O texto acima descreve um(a):

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...