Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
História Geral

Guerra do Vietnã

Giulia Giacomini Kiefer
Publicado por Giulia Giacomini Kiefer
Última atualização: 30/10/2019

Introdução

A Guerra do Vietnã, também conhecida como Segunda Guerra da Indochina, foi uma guerra não declarada, mas marcada por diversos conflitos, que ocorreu entre o final da década de 1950 até 1975.

Essa guerra envolveu diversos países tanto nos conflitos geopolíticos e diplomáticos - como Estados Unidos, União Soviética, China, entre outros -, quanto nos territórios em que ocorreu - como Vietnã, Laos e Camboja. Foi um dos conflitos que fez parte da Guerra Fria.

Combatentes vietnamitas, em 1967. 

Antecedentes

É difícil estimar o exato começo da Guerra do Vietnã, visto que não houve uma declaração oficial marcando seu início. É certo que a região sofria com conflitos armados desde a segunda metade do século XIX, com a constante invasão da França, que visava conquistar e colonizar o território vietnamita.

A resistência existia, mas não obteve sucesso até meados da década de 1940, com destaque para o grupo revolucionário Viet Minh, liderado por Ho Chi Minh.

Contudo, as tensões se agravaram com o início da 2ª Guerra Mundial. Além da ocupação francesa, em 1940 o Vietnã foi invadido também pelo Japão, e se mantinha submisso aos interesses desses países.

Com o final da 2ª Guerra Mundial, as forças japonesas e francesas ainda continuaram a ocupar o país - a França contou com o apoio dos britânicos para ocupar o sul do território, enquanto os chineses, desmantelando as forças japonesas, ocuparam o norte. 

Enquanto isso, as empreitadas do Viet Minh, apoiadas pela União Soviética, continuaram bem sucedidas. O grupo conseguiu negociar com a França o reconhecimento do Vietnã como uma república livre dentro da União Francesa, mas, posteriormente, o país iniciou ações contra o grupo revolucionário, que retaliou.

Na década de 1950, iniciou-se uma campanha contra a ocupação francesa, apoiada pela República Popular da China. Em 1954, a França se rendeu. Acordos de paz e de estabelecimento de eleições no Vietnã foram firmados mas não vingaram, levando o país a mais uma crise.

Em 1955, o líder Ngo Dinh Diem fraudou as eleições e chegou ao poder com uma política de tolerância zero a comunistas, perseguindo e executando líderes associados a tal. Com apoio dos Estados Unidos, o sul buscava independência do norte, gerando cada vez mais conflitos entre as duas porções. Os membros dos partidos do norte eram chamados de vietcongues.

A guerra

Oficialmente, a guerra foi travada entre o Vietnã do Norte e o Vietnã do Sul. A porção norte do país foi apoiada por países alinhados ao comunismo, principalmente União Soviética e China; a porção sul do país foi apoiada por países capitalistas, como Estados Unidos e Coreia do Sul.

Os Estados Unidos começaram a enviar tropas a partir de 1965, entrando oficialmente na guerra. A intervenção tinha o objetivo de retaliar ataques feitos pela porção norte do território, que já contava com apoio bélico da União Soviética.

As tropas americanas sofriam, continuamente, grandes derrotas, pois ficaram à mercê de um território completamente desconhecido: a floresta densa favorecia os ataques surpresas e emboscadas dos vietcongues.

A convocação em massa, principalmente de jovens, para o campo de batalha, levava um exército cada vez mais despreparado para lutar no Vietnã. O número de soldados americanos mortos aumentava significativamente. Enquanto isso, não havia avanços nos objetivos do país. A população civil americana era fortemente contra a participação do país na guerra, e cada vez mais protestava contra.

Cartaz em protesto na capital dos Estados Unidos, pedindo para a saída do país da Guerra do Vietnã. 

Em 1972, em uma tentativa desesperada de avanço e conquista, os Estados Unidos começam a usar armas químicas em suas empreitadas. Dentre elas, as substâncias mais utilizadas foram o napalm e o Agente Laranja, este segundo com o maior potencial de destruição. Estas armas foram usadas indiscriminadamente em várias áreas, inclusive atingindo vilarejos de civis. O dano ambiental causado por estes ataques perduram até hoje.

O completo fracasso das tropas americanas no Vietnã, aliado com as diversas violações de direitos humanos, causaram revolta na população civil norte-americana, que implorava a seus governantes pelo fim da guerra. Os Estados Unidos saíram oficialmente da guerra em 1973.

A Guerra do Vietnã se estendeu até 1975, com a captura do sul pelo norte. Em 1976, o país se unificou, alinhando-se à China e União Soviética.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2010)

A foto revela um momento da Guerra do Vietnã (1965-1975), conflito militar cuja cobertura jornalística utilizou, em grande escala, a fotografia e a televisão.  Um dos papéis exercidos pelos meios de comunicação na cobertura dessa guerra, evidenciado pela foto, foi:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...