Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Química

Condensação

Leonardo Rafael Pires
Publicado por Leonardo Rafael Pires
Última atualização: 10/5/2019

Introdução

É comum passar de baixo de uma árvore e ser atingindo por um fluído mesmo não havendo nenhuma nuvem de chuva acima, logo imaginamos ter sido atingido por um pássaro, mas esse fenômeno nada mais é do que a condensação.

Condensação é a mudança de estado físico do vapor de água para a água líquida. Essa transformação é denominada exotérmica uma vez que para um gás se tornar líquido é necessário liberar energia ao meio. Quando vapor d’água perde energia suas partículas diminuem sua agitação e se aproximam cada vez mais umas das outras até o ponto de se unirem e se tornar líquido, como é visualizado no orvalho na folha de uma árvore.

Liquefação

Outro termo sinônimo de condensação é a liquefação. Falamos de liquefação quando nos referirmos a transformação física de um gás para o estado líquido, e quando estamos falando de vapor d’água utilizamos o termo condensação.

Essa mudança de estado físico pode ser atingida quando o gás tem sua temperatura diminuída ou quando o gás é submetido a pressões extremas, de modo geral, o estado de um gás segue seu diagrama de fases e quando avança a linha de saturação de gás para líquido, temos o fenômeno da liquefação.

Quando a pressão de um gás aumenta, as partículas se aproximam e cresce o número de colisões entre as moléculas e com as paredes do sistema, perdendo energia cinética até atingir a saturação, ponto exato do estado termodinâmico que a divide em líquido e vapor. Nesse momento qualquer perturbação como a diminuição da temperatura ou aumento da pressão do sistema faz com que o gás se transforme em líquido.

A condensação do vapor está associada a diversos fenômenos da natureza e alguns de extrema importância para a manutenção da vida no planeta terra, compondo o chamado ciclo da águaque é responsável pelas características climáticas do planeta, pelas condições de crescimento das plantas e do funcionamento dos corpos d’águas como rios, lagos e oceanos.

As nuvens são principalmente formadas por gotículas muito pequenas de água e cristais de gelo. Essas gotículas ocorrem devido a condensação do vapor em altas altitudes, quando se unem e se tornam uma massa pesada de água, precipitam em forma de chuva.

Mesmo em um dia sem nuvens a água está presente como gotículas muito pequenas no ar, compondo a umidade do ar visível na ‘’fumaça’’ quando respiramos nos dias frios, ou quando embaçamos a superfície de um espelho. O que nos permite visualizar a água presente no ar nessas situações descritas é a condensação. Quando uma superfície fria é colocada em contato com o ar atmosférico, o vapor condensa nesta superfície formando gotículas de água de diversos tamanhos.

Esse fenômeno está presente nos óculos embaçados quando saímos de um lugar frio e entramos em um ambiente quente, na superfície de espelhos quando tomamos banho ou no exterior de garrafas de refrigerantes e até nos rastros que são deixados pelos aviões denominada trilhas de condensação.

A condensação é utilizada para fornecer água a regiões áridas que sofrem com a falta de disponibilidade de água, são projetadas estruturas coletoras capazes de condensar o vapor presente no ar e disponibilizar para o consumo humano.

A principal aplicação tecnológica que a condensação proporciona é a destilação. A água destilada é utilizada na indústria e em laboratórios de ciência. A destilação consiste na vaporização da água seguida de sua condensação. A vaporização separa a água dos outros componentes como sais ou óxidos, e sua condensação fornece a purificação da água.

A destilação também é utilizada para concentrar soluções, como as bebidas alcoólicas chamadas de bebidas destiladas, pois atinge-se uma alta concentração de álcool a partir do processo de destilação. A água destilada pode ser utilizada também para preparação de medicamentos, como reagentes ou solventes.


Exercícios

Exercício 1
(IFSC)

Pedrinho estava com muita sede e encheu um copo com água bem gelada. Antes de beber observou que o copo ficou todo “suado” por fora, ou seja, cheio de pequenas gotículas de água na superfície externa do copo. É CORRETO afirmar que tal fenômeno é explicado:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...