Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Universidades

Alunos do UniCEUB conferem boas práticas de sustentabilidade

por Maxwell Pimentel em 14/11/18

Acompanhados da professora Mafalda Pantoja, da disciplina Construção Sustentável e Edificação Eficiente, alunos do curso de Projeto, Execução e Manutenção de Edificações, do Centro Universitário de Brasília – UniCEUB, fizeram uma visita técnica às instalações da Chácara do Professor.

Ela foi realizada no dia 29 de setembro de 2018, como uma atividade extraclasse para que os alunos identificassem no local boas práticas de sustentabilidade.

Na ocasião, a professora Alda Ilza, que trabalha no local, relatou dados relevantes sobre o histórico, projeto, execução e materiais utilizados na construção do espaço, assim como informações socioambientais que envolvem a comunidade do entorno.

Sobre o local

A Chácara do Professor é um local multiuso e está situada no Núcleo Rural Alexandre Gusmão, na Área de Proteção Ambiental (APA) do Planalto Central. Possui 63 hectares e é administrada pelo Sindicato dos Professores (Sinpro).

São aproximadamente 3.600 m² de área de intervenção e 1.400 m² de área construída com técnicas ecologicamente mais adequadas.

Trata-se de um espaço dedicado à ecopedagogia, que recebe principalmente professores e alunos da rede pública para o desenvolvimento de atividades sociais e de educação ambiental, promovendo a troca de conhecimentos e experiências por meio do contato aberto com a natureza, inclusive por trilhas ecológicas.

Em 1983, a proposta era dar espaço a um Centro de Formação, e o pontapé inicial da construção foi dado em 2010, difundindo o princípio: faça a sua parte!

O espaço foi nomeado como Educador Chico Mendes, para homenagear o líder do movimento de resistência pacífica que tinha como foco defender a floresta e os direitos dos seringueiros.

Os projetos e a execução das áreas construídas foram realizados objetivando utilizar materiais alternativos, com a finalidade de causar menores impactos ambientais, principalmente se comparadas as construções convencionais.

A primeira ação realizada foi o direcionamento das águas pluviais no terreno, por meio de valas, uma vez que a topografia possuía declives acentuados.

O que eu achei muito interessante foi que todo o material escavado foi aproveitado, inclusive na elevação das paredes, já que após as análises feitas ficou constatado que era apropriado para construção.


Diferente das paredes convencionais de tijolos cerâmicos e argamassa, foram utilizadas várias técnicas como a de taipa de pilão, onde o barro era compactado em camadas e a pau a pique, que consiste no entrelaçamento de madeiras fixadas no terreno, com vigas, resultando em grandes painéis perfurados que em seguida são preenchidos com barro.

Houve também o aproveitamento de muitas garrafas de Polietileno Tereftalato – PET na execução das paredes, principalmente quando ficou nítido que o material escavado estava fincando mais escasso.

Além disso, paredes foram erguidas com sacos de rafia, preenchidos com super adobe e socados As paredes foram pintadas com a técnica de pintura com tinta de solo, que desperta a consciência ecológica dos visitantes, além de reduzir o consumo de produtos industrializados que no processo de fabricação demandam mais energia e recursos naturais.

Para os banheiros, foi adotada a técnica de sanitário compostável, procedimento mais sustentável que transforma os dejetos humanos em composto orgânico seguro, sem trazer problemas referente a forte odor e sem causar contaminação do solo e da água dos lençóis freáticos.

O que eu pude aprender com essa experiência de sustentabilidade

Ficou evidente que na elaboração dos projetos, o projetista se preocupou em levar em conta a responsabilidade ambiental e fazer a integração da população do entorno para aproveitar de forma consciente o espaço.

O aproveitamento dos recursos locais trouxe várias vantagens, além da economia, como é o caso do barro para a elevação das paredes.

Tags relacionadas:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54