logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Tudo o que você precisa saber sobre a redação da Unesp

por Isabela Giordan em 17/09/20

Com campi em 24 municípios, a Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (Unesp) é considerada uma das maiores universidades do Estado de São Paulo. Mesmo com a grande oferta de cursos, o seu vestibular é um dos mais concorridos do Brasil. 

Em 2021, serão oferecidas 7.630 vagas no seu vestibular tradicional. Entretanto, por conta da pandemia de Covid-19, o formato da prova precisou ser alterado emergencialmente para permitir o distanciamento social, conforme a indicação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e diminuir o tempo de exame. 

Por isso, a segunda fase, conhecida pelos dois dias de aplicação, será realizada em apenas um dia, com 60 questões e uma redação

Com a mudança no formato do vestibular, a produção textual ganha um peso ainda maior. "No caso do vestibular de 2021, como serão aplicadas apenas questões objetivas na segunda fase, é possível que os critérios de desempate – dos quais redação é o primeiro – sejam usados com muito mais frequência. Com isso, uma nota alta é mais um diferencial positivo para o candidato", explica Maria Catarina Bózio, coordenadora da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Poliedro.

Vai prestar o vestibular da Unesp? Veja abaixo dicas para ir bem na redação

redação da unesp

Qual é a estrutura da redação da Unesp?

Assim como no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o formato requerido é o dissertativo-argumentativo. Entretanto, uma diferença é que a banca corretora desse vestibular não exige uma proposta de intervenção no parágrafo de conclusão. 

Porém, os temas exigidos são comumente polêmicos ou dicotômicos, algo que "obriga" o estudante a se posicionar sobre um lado ou outro. Com isso, é possível terminar a redação reforçando o posicionamento do candidato.

"É muito comum que estejam presentes temas em que o aluno precisa responder afirmativa ou negativamente ou que precise assumir um posicionamento explícito sobre uma questão que possui dois lados bem definidos. Para encerrar, o estudante pode fazer um um parágrafo que reforce seu posicionamento fazendo uma retomada sucinta dos argumentos", explica a coordenadora de redação e pedagógica do Poliedro.

Veja também: Como fazer um texto dissertativo-argumentativo?

A redação da Unesp é mais difícil do que a do Enem?

Apesar da redação da Unesp não exigir um solução para o tema proposto, isso não significa necessariamente que esse tipo de texto é mais fácil do que do Enem. Para Maria Catarina, isso dependerá do quão preparado estará o candidato sobre o formato e também sobre a temática proposta. 

"Assumir um posicionamento frente a uma questão como essa (em um espaço previamente definido e com tempo reduzido) nem sempre é fácil para alunos que estão mais habituados ao estilo de texto do Enem, que trabalha mais com 'problemas' que demandam uma solução. Isto é, pode ser uma redação fácil desde que o aluno se habitue a esse estilo de prova", reforça.


Como estudar para a redação da Unesp?

Assim como em outros vestibular, uma boa forma de estudar para a redação, além da estrutura, é aprimorar o repertório de conhecimento criando uma conexão entre diversas áreas de estudo. 

Outra indicação da coordenadora é desenvolver o hábito de ler notícias e ouvir podcasts. "Uma dica é buscar relacionar aspectos e assuntos atuais no momento em que estiver assistindo um filme, uma série ou ouvindo músicas de sua preferência."

Além disso, considerando o formato da prova para 2021, é preciso também treinar a distribuição de tempo entre as 60 questões objetivas e a produção da redação.

"Também é interessante que o estudante faça simulados da prova já considerando o novo formato de questões objetivas e incluindo o tempo delimitado para a escrita da redação", sugere Maria Catarina. 

Como ir bem na redação da Unesp?

Para a coordenadora pedagógica, para garantir um bom resultado é preciso que o estudante encontre o equilíbro entre três fatores, são eles:

  • Produzir um texto com boa estrutura, seguindo padrão exigido pelo formato dissertativo-argumentativo;
  • Ter um bom desenvolvimento de ideias e, se possível, com referências próprias do candidato;
  • Realizar a administração adequada do tempo de prova.

Guia de Redação do Enem

Se você ainda não está na faculdade, mas precisa de ajuda para melhorar a sua escrita, o  Guia de Redação do Enem ensina tudo o que é necessário para ir bem redação. 

Além de aprender a escrever um texto dissertativo-argumentativo, você ainda confere quais são os critérios de correção, exemplos de redação nota 1.000 e dicas de quem é especialista no assunto!

Guia de Redação do Enem

Saiba mais: Listão de matérias do Enem


banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54