Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Biografias

Isaac Newton

Gabriela Costa Costa
Publicado por Gabriela Costa Costa
Última atualização: 11/4/2019

Introdução

Isaac Newton é considerado o pai da ciência moderna. Ele descobriu a “Lei da Gravitação Universal”. Ficar em baixo de árvores vendo maçãs caírem, no entanto, não foi seu feito.

Desde criança, além de observador, Newton mostrou interesse por atividades manuais e leitura. Isso o afastou das atividades familiares que ele, como homem de sua época, deveria preocupar-se.

 Isaac Newton é considerado um dos cientistas que causou mais impacto na humanidade. 

De personalidade fechada e temperamento difícil, o jovem Isaac Newton mostrou interesse por diversas áreas, inclusive alquimia. Ficou mais conhecido, porém, como matemático e físico.

Trajetória

Isaac Newton nasceu no dia 25 de Dezembro de 1642, coincidentemente no mesmo ano da morte de outro grande cientista, Galileu. Seu pai, falecido há três meses de seu nascimento, era um próspero fazendeiro de Lincolnshire, na Inglaterra.

A mãe, Hannah Ayscough Newton passou a administrar a fazenda, onde Newton permaneceu até os três anos de idade, quando ela se casou novamente. Por motivos de má convivência com seu padrasto, Newton foi mandado para casa de sua avó, Margery Ayscough, onde foi criado.

Dos doze aos dezessete anos, Newton frequentou a The King's School, em Grantham. Ele foi retirado da escola em outubro de 1659 para viver novamente com sua mãe, que viúva pela segunda vez, tentou fazer dele um agricultor, para que tomasse conta dos negócios da família.

No entanto, Newton manteve-se afastado de tais atividades até que o diretor de sua antiga escola, Henry Stokes, convenceu sua mãe a mandá-lo de volta à escola para que pudesse completar sua educação. Ali, recebeu um conhecimento profundo sobre matemática até ingressar em Cambridge.

Passou quatro anos em Cambridge onde recebeu o grau de Bacharel em Artes, em 1665. Tornou-se assistente do professor Isaac Barrow, matemático que o estimulou a desenvolver suas aptidões.

Durante 1666, o Trinity College em Cambridge seria fechado devido à peste negra que se alastrou pela Grã-Bretanha e outras regiões da Europa.

Foi nesse período que Newton, em sua casa de Lincolnshire, realizou quatro das suas principais descobertas: 

  • o teorema binomial; 
  • o cálculo diferencial e integral; 
  • lei da gravitação
  • a natureza das cores.

Produções

De volta a Cambridge, Newton começou uma extensa produção, a qual mantinha guardada consigo até que seu professor Isaac Barrow, começasse a divulgá-la. O reconhecimento de seu talento foi imediato.

Newton criou um novo telescópio, que resolveu um problema conhecido como aberração cromática (cores que se formavam em volta do objeto observado). Essa evolução foi possível graças à utilização de espelhos ao invés de lentes.

A maior contribuição de Newton foi sua obra denominada Principia. Os dois primeiros volumes contêm toda a sua teoria, incluindo a da gravitação e as leis gerais, denominadas Leis de Newton. No terceiro volume, Newton trata as aplicações da sua teoria dos movimentos de todos os corpos celestes, incluindo também os cometas.

Os contemporâneos de Newton reconheceram a magnitude das escrituras, ainda que, apenas alguns conseguissem acompanhar os raciocínios nele expostos. Rapidamente, o sistema newtoniano foi ensinado em Cambridge (1699) e Oxford (1704).

Em Janeiro de 1689, foi eleito para representar a universidade na convenção parlamentar. Durante os dois anos posteriores, Newton viveu em Londres onde fez novas amizades com pessoas influentes incluindo John Locke (1632-1704).

Faleceu a 20 de Março de 1727, já com oitenta e cinco anos.

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...