Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Geografia

ONU - Organização das Nações Unidas

marcelo concli
Publicado por marcelo concli
Última atualização: 21/8/2018

Introdução

A Organização das Nações Unidas (ONU) foi criada no final da Segunda Guerra Mundial. Seu máximo objetivo é manter a ordem e garantir a paz no mundo através de bom relacionamento e cooperação entre os países.

As duas grandes guerras mundiais mostraram a necessidade de investir esforços para que a paz pudesse ser uma realidade mais próxima. Então, no dia 24 de outubro de 1945, a ONU foi fundada.

Sua criação se deu durante a Conferência de São Francisco e, de início, contava com 51 países integrantes. Atualmente, possui 193 estados membros e várias entidades autônomas.

sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova YorkSede da ONU 

Embora falhe em algumas situações, a ONU é importante para que, gradativamente, as desigualdades sociais que assolam o mundo sejam amenizadas ou freadas.

Na Carta das Nações Unidas - documento constituinte da ONU - os objetivos principais da instituição são definidos como:

  • Defesa dos direitos fundamentais do ser humano;
  • Garantir a paz mundial, colocando-se contra qualquer conflito armado;
  • Buscar mecanismos que promovam o progresso social dos estados;
  • Criação de condições que garantam a justiça e o direito internacionais.

Principais órgãos da ONU

A ONU conta com seis órgãos principais:

1. Assembleia Geral

Representa o órgão deliberativo máximo. Suas principais funções são debater, conduzir estudos e discutir sobre questões que afetem a paz ou segurança mundial - vale ressaltar que se o Conselho de Segurança estiver debatendo uma questão, a mesma não será debatida em Assembleia Geral -, eleger membros do Conselho de Segurança, do Conselho Econômico e Social e do Conselho de Tutela; e, por fim, coletar e analisar os relatórios dos demais órgãos da ONU.

2. Conselho de Segurança

Foi criado para garantir a paz e a segurança mundial, examinar situações que poderiam vir a gerar atritos entre países e fornecer soluções.

Não é o único que delibera sobre questões de segurança, mas é aquele que toma as decisões que serão impostas aos países envolvidos.

Países participantes: França, Estados Unidos, Rússia, China e Inglaterra.

3. Conselho Econômico e Social (ECOSOC)

É responsável pela coordenação, revisão de políticas, debates e recomendações para questões de cunhos econômico, ambiental e social. Além disso, implementa as metas de desenvolvimento internacionalmente acordadas.

Tem papel fundamental nas questões atuais que se relacionam a desenvolvimento sustentável.

4. Conselho de Tutela

Depois de cumprido seu propósito, foi extinto em 1994. Foi criado para auxiliar os territórios sob tutela da ONU a começaram governos próprios.

5. Corte Internacional de Justiça

É o órgão judicial máximo da ONU. Seu papel é julgar, de acordo com leis internacionais, disputas legais submetidas por estados integrantes e assessorar os demais órgãos juridicamente.

6. Secretariado

É responsável por prestar serviços a outros órgãos da ONU e administrar programas e políticas de sua responsabilidade. Basicamente, é encarregado pelo trabalho do dia-a-dia na ONU.

Outros programas da ONU

Além dos seis órgãos principais, a ONU também conta com os órgãos intergovernamentais ou programas, que são:

  • UNESCO – Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura 
  • FMI – Fundo Monetário Internacional
  • OMS – Organização Mundial de Saúde
  • OMC – Organização Mundial do Comércio
  • UNIDO – Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial 
  • OMPI – Organização Mundial de Propriedade Intelectual
  • OMM – Organização Meteorológica Mundial
  • CTBTO – Organização Preparatória para o Tratado de Proibição de Testes Nucleares
  • OIT – Organização Internacional do Trabalho
  • CIRDF – Agência Nacional para a Resolução de Disputas Financeiras
  • AIEA – Agência Internacional de Energia Atômica
  • OMT – Organização Mundial do Turismo
  • PMA – Programa Mundial de Alimentos
  • FAO – Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura
  • BIRD – Banco Internacional de Desenvolvimento
  • IDA – Associação de Desenvolvimento
  • AGMF – Agência de Garantia Multilateral de Financiamento
  • UNCTAD – Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento
  • OPAQ – Organização para Proibição de Armas Químicas
  • FIDA – Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola
  • IMO – Organização Marítima Internacional
  • ITU – União Internacional de Telecomunicações
  • CFI – Corporação Financeira Internacional
  • ICAO – Organização da Aviação Civil Internacional
  • UPU – União Postal Universal

Bem como existem os programas gerais mostrados acima, vale ressaltar que existem programas que são criados e mantidos para regiões específicas, afetadas por algum tipo de mazela social:

  • UNICEF - Fundo das Nações Unidas para a Infância
  • UN-Habitat - Programa das Nações Unidas para Assentamentos Urbanos
  • UNODC - Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime
  • UNIFEM - Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para Mulher
  • UNAIDS - Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids
  • ACNUR – Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados

Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

É importante destacar que, dentre as ações da ONU, uma de grande importância foi a definição dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, realizada em setembro de 2000.

Os objetivos foram traçados por líderes dos estados que integram a ONU com base no panorama geral do mundo na época e as expectativas para o milênio. São eles:

  • Erradicar a pobreza extrema e a fome
  • Atingir o ensino básico universal
  • Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres
  • Reduzir a mortalidade infantil
  • Melhorar a saúde materna
  • Combater o HIV, a malária e outras doenças
  • Garantir a sustentabilidade ambiental
  • Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.

  • Exercícios

    Exercício 1
    (ENEM/2017)

    Palestinos se agruparam em frente a aparelhos de televisão e telas montadas ao ar livre em Ramalah, na Cisjordânia, para acompanhar o voto da resolução que pedia o reconhecimento da chamada Palestina como um Estado observador não membro da Organização das Nações Unidas (ONU). O objetivo era esperar pelo nascimento, ao menos formal, de um Estado palestino. Depois da aprovação da resolução, centenas de pessoas foram à praça da cidade com bandeiras palestinas, soltaram fogos de artifício, fizeram buzinaços e dançaram pelas ruas. Aprovada com 138 votos dos 193 da Assembleia-Geral, a resolução eleva o status do Estado palestino perante a organização.

    Palestinos comemoram elevação de status na ONU com bandeiras e fogos.

    Disponível em: http://folha.com. Acesso em: 4 dez. 2012 (adaptado).

    Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

    Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

    Carregando...

    Veja também

    SOCIOLOGIA
    Neoliberalismo
    Neoliberalismo
    SOCIOLOGIA
    Social-Democracia
    Social-Democracia