Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
62f923a32cae57137734d4026bfe64c10b98c1e9 97811e59419cd7b6497e4b1b53ceec979df67e6c
Idiomas

7 perguntas para escolher o curso de inglês mais adequado ao seu perfil

por Redação Revista Quero em 11/03/19 650 visualizações


Metodologia, localização, preço, horários, professores, material, infraestrutura… são tantos fatores que devem ser levados em conta quando se está buscando um curso de inglês que o processo pode ser cansativo. Além do que, por mais que se reúnam referências e opiniões de outras pessoas — sempre muito importantes —, o que seu amigo acha legal pode não funcionar para você.

Pois é, não é difícil encontrar uma boa escola de idiomas, o complicado mesmo é saber quais têm a ver com seu perfil.

Essa decisão começa com uma reflexão sobre suas necessidades e prioridades ao aprender inglês: como saber qual é o curso ideal sem entender o que é ideal para você?

Por isso, listamos algumas perguntas que você deve fazer nesse processo e que podem facilitar sua busca por aquele que se encaixa melhor em sua realidade.

7 perguntas para escolher o curso de inglês mais adequado para o seu perfil

  1. O que eu valorizo?

    Antes de escolher seu curso de inglês, é preciso olhar para dentro de si e analisar suas preferências, gostos e valores. O que vai contar mais para sua decisão: tradição, professores nativos, flexibilidade?

    Liste as características da escola ideal e verifique o que é prioritário para você. Alguns deles vão servir de ponto de partida para restringir suas opções a uma lista mais curta. Talvez, preço e localização sejam critérios indispensáveis, e por isso as escolas mais caras ou com unidades mais longe tenham que ficar de fora? Ou quem sabe o mais importante é a reputação e você não se incomoda de pagar um pouco mais ou usar o tempo de trajeto para estudar ou relaxar?

    Tudo vai depender do que pesa mais para você. Depois de ter tudo isso muito claro, é possível começar a avaliar os demais critérios.
  2. Quais são meus objetivos?

    Eles estão conectados com a sua atual ou futura carreira? Você quer estudar fora? Adquirir mais fluência para realizar viagens internacionais sem muita dor de cabeça?

    Compreender seus motivos para aprender inglês pode ajudá-lo a avaliar se o curso em que você está mirando atenderá a essas exigências.

    Se você quer melhorar sua capacidade de conversação, as aulas e a quantidade de estudantes por turma vão permitir que você pratique essa habilidade com frequência? Se você pretende estudar em outro país, suas aulas irão prepará-lo para ter bons resultados nos exames IELTS ou TOEFL, que costumam ser exigidos nos processos de admissão? E se não é esse o foco delas, mas a escola de idiomas é excelente, será que vale mais priorizar esse ponto ou fazer um curso preparatório mais adiante?
  3. Presencial ou online?

    Você prefere aprender um novo idioma no conforto de sua casa ou em um ambiente próprio para isso? Essa é outra escolha que depende totalmente do seu perfil, já que ambos os métodos têm vantagens e desvantagens.

    Fazer um curso online significa menos custo, mais flexibilidade, mas também muita disciplina para estudar sozinho e, possivelmente, menos oportunidades de interagir com falantes do inglês ou receber feedback imediato sobre sua pronúncia ou gramática.

    Um curso presencial costuma ser mais caro e ter um programa engessado, mas também facilita o comprometimento com seu próprio aprendizado e dá a garantia de que um professor acompanha seu progresso a todo momento e estimula ainda a interação no idioma.

    Leia também: Curso de inglês online ou presencial? Veja as vantagens de cada modalidade.
  4. Como é a estrutura?

    Isso se aplica tanto a cursos presenciais quanto online.

    No caso do primeiro, entenda o que mais ajuda você a aprender: um espaço mais descontraído ou mais sóbrio? Salas confortáveis e com uma arrumação variada e não-cartesiana, ou um posicionamento de carteiras tradicional? Bibliotecas, recursos multimídia, equipamentos de ponta, ou nada disso importa?

    E, no caso de um curso online, como é a navegabilidade da plataforma? Que ferramentas são utilizadas para se comunicar com o professor ou com outros alunos? Você pode acessar as aulas de qualquer dispositivo?
  5. Qual é a metodologia?

    Todos os aspectos desse tópico vão depender, novamente, dos seus objetivos e do que funciona para você como aluno.

    Você quer mais o exercício da escuta ou da leitura? Mais conversa ou mais escrita? Ou quer desenvolver as quatro habilidades igualmente? Sente-se confortável em turmas com quantas pessoas, em média? E é mais interessante para você um ensino mais focado na figura do professor ou mais focado na construção e nas descobertas do grupo ou de cada indivíduo?
  6. Quanto tempo dura do curso?

    Bom, quanto tempo você tem? E que nível de proficiência pretende alcançar?

    Aprender inglês rápido é possível e muitos cursos podem ajudá-lo a chegar lá se você tem uma meta que precisa ser atingida dentro de um limite de tempo específico. Mas, tornar-se fluente em dois anos ou menos exige uma dedicação tremenda e isso talvez não se adeque ao seu perfil, à sua rotina ou ao seu bolso.

    Como você enxerga os próximos 4 a 5 anos da sua vida? Se o estudo do idioma se encaixa nos seus planos, talvez essa seja uma opção mais viável. Se não, certifique-se de que há opções de cursos intensivos ou que a instituição trabalhe com métodos que foquem na agilidade do ensino.
  7. A escola oferece aulas experimentais?

    Não há forma melhor de verificar o encaixe do curso de inglês com seu perfil do que testando todos esses fatores na prática.

    Muitas escolas tendem a oferecer uma aula grátis para que potenciais alunos tenham contato com a metodologia, a infraestrutura, o professor e o material didático — tire proveito disso antes de fazer uma escolha definitiva. Aulas experimentais podem também ser uma oportunidade de conhecer futuros colegas de classe ou perguntar a eles o que acham do curso.

    Ainda precisa de uma força para escolher o curso de inglês mais adequado ao seu perfil? Conte com o Quero Bolsa Idiomas e encontre o curso ideal com descontos nas mensalidades!

Bolsa de estudo para cursos de Inglês

62f923a32cae57137734d4026bfe64c10b98c1e9 97811e59419cd7b6497e4b1b53ceec979df67e6c

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54