Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Atualidades Enem: Queimadas no Brasil

por Giovana Murça em 17/09/20

O Brasil está em chamas. A grande quantidade de focos de incêndio marca o inverno deste ano, sobretudo na Amazônia e no Pantanal. As queimadas já consumiram milhares de hectares de vegetação e centenas de espécies de animais.

Reprodução/Chico Ribeiro/Governo Mato Grosso
queimadas no brasil
Fogo se alastra no Pantanal

Só em 2020, o Pantanal já teve mais de 10% de seu território consumido pelo fogo, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O número de focos de incêndio registrados no bioma de janeiro a agosto deste ano equivalem a todos os incêndios dos seis anos anteriores.

A Amazônia também sofre com o aumento nos focos de incêndio. Em julho deste ano, o bioma registrou crescimento de 28% nos focos de incêndio em comparação com o mesmo período de 2019.

No ano passado, os dados também não foram nada animadores. Em 2019, o Brasil teve 318 mil km² de área florestal queimada. O número é quase o dobro (86%) do registrado em 2018 (170 mil km²).

Quais as causas das queimadas no Brasil?

As queimadas podem ser causadas por diferentes fatores. Na maioria das vezes, elas ocorrem por ação antrópica, ou seja, por ação do homem na natureza, que pode ocorrer de maneira controlada ou criminosa.

A causa mais comum é o uso das queimadas como prática agrícola. No meio rural, a queimada é uma prática antiga e de baixo custo para a colheita de cana-de-açúcar, fertilização do solo, limpeza de terrenos após a retirada de madeira, renovação de pastagens e ampliação de áreas agrícolas ou de criação de gado.

Reprodução/Mayke Toscano/SECOM-MT
queimadas no brasil
Bombeiros tentam conter fogo no Pantanal

Apesar das queimadas como prática agrícola serem feitas de forma controlada e assistida, a técnica é muito criticada por ambientalistas, pois, muitas vezes, o fogo perde o controle e provoca incêndios de grandes proporções.

As queimadas também podem ser provocadas de forma criminosa, seja por ações de vandalismo ou por disputa de terras, sobretudo para extração ilegal de madeira e criação de gado em áreas protegidas, o que provocam inúmeros conflitos e até mortes de povos indígenas e ribeirinhos

Reprodução/Vinícius Mendonça/Ibama
queimadas no brasil
Operação do Ibama combate desmatamento e garimpo na Terra Indígena Tenharim do Igarapé Preto, Amazonas

Como agravante, o professor de geografia do Anglo Vestibulares, Sebastian Fuentes, aponta as relações políticas da atual presidência do Brasil. 

Ele afirma que a atual gestão tem causado um esvaziamento de recursos e interferido na gestão de instituições de prevenção e combate ao desmatamento e às queimadas, como o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

“Além disso, existe o discurso político que muitas vezes sugere a anistia a crimes ambientais ou, então, leva a crença de que há uma certa impunidade a crimes ambientais. Os criminosos se sentem mais livres para cometer crimes ambientais, pois não serão presos ou multados, já que as instituições que seriam responsáveis pela fiscalização e multas foram esvaziadas. Assim, esse discurso político acaba sendo um discurso de promoção ao desmatamento e as queimadas”, avalia Sebastian.

Reprodução/Mayke Toscano/SECOM-MT
queimadas no brasil
Fogo no Pantanal avança próximo à cidade, no Mato Grosso

Os incêndios ambientais podem ainda iniciar por razões naturais, como ausência de chuva e baixa umidade do ar. Entretanto, a combustão espontânea raramente é a causa de queimadas de grandes proporções

Um estudo do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) não encontrou relação entre a falta de chuva e os focos de queimada. Pelo contrário, os locais onde mais aconteceram queimadas também foram aqueles onde mais se desmatou.

Quais os impactos das queimadas?

As consequências das queimadas são gravíssimas, nas esferas ambiental, social, política e econômica. A principal e mais direta é a perda da biodiversidade, que afeta não só a fauna e flora local, mas a sobrevivência de povos tradicionais, como indígenas e ribeirinhos. 

Reprodução/Chico Ribeiro/Governo Mato Grosso
queimadas no brasil
Centenas de animais são encontrados carbonizados pelo fogo no Pantanal

Entre os diversos impactos ambientais causados pelas queimadas a nível mundial, estão:

  • Desequilíbrio dos ecossistemas;

  • Mudanças climáticas;

  • Aumento do aquecimento global e do efeito estufa;

  • Aumento da poluição do ar;

  • Diminuição da fertilidade do solo;

  • Diminuição da circulação de águas superficiais e subterrâneas;

  • Aumento da degradação dos solos.

As queimadas ainda causam um ciclo vicioso, pois o desmatamento decorrente das queimadas em regiões como a Amazônia e o Pantanal deixam o clima mais seco, criando o ambiente propício para que ocorram incêndios com mais frequência.

Os danos ambientais alcançam até as áreas urbanas, principalmente das regiões centro-oeste e sudeste do Brasil, onde cidades inteiras ficam cinza e encobertas por fumaça, agravando problemas respiratórios, um problema ainda maior durante a pandemia de Covid-19.

Reprodução/Twitter
queimadas no brasil
Cidade de Curitiba, no Paraná, encoberta de fumaça vinda do Pantanal

Existem também as perdas econômicas, não só de patrimônios públicos e privados consumidos pelo fogo, mas de áreas da agricultura e pecuária, o que afeta a produção e o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Além dos gastos para o combate das queimadas em curso.

O professor Sebastian aponta ainda a perda do capital natural: “Existe valor financeiro em manter árvores de pé, pois com menor quantidade de vegetação, o clima fica mais seco, fazendo com que o próprio agronegócio gaste mais com irrigação”.

Reprodução/Mayke Toscano/SECOM-MT
queimadas no brasil
Este ano, fogo já destruiu 10% do Pantanal

Além da questão política interna, a atual gestão ainda ameaça deixar acordos internacionais que visam a preservação do meio ambiente, como o Acordo de Paris de 2015, no qual o país se comprometeu em diminuir a poluição e recuperar 12 milhões florestas para conter aquecimento global.

Os aumentos nos índices de desmatamento no Brasil e o descompromisso com os acordos e legislações ambientais geram reprovação da comunidade internacional

Um exemplo recente é a carta aberta de países europeus enviada à presidência do Brasil, neste mês. No documento, os países demonstram preocupação com o ritmo alarmante de crescimento do desmatamento no país e criticam a política ambiental brasileira.

Veja: Conheça as principais conferências ambientais do mundo

Sebastian explica que ocorre uma retaliação diplomática junto com uma retaliação econômica: “Na carta, os países impõem que diversas empresas da Europa clamam por produtos sustentáveis, que não estejam envolvidos com desmatamento e queimadas. Eles avisam que caso o Brasil não respeite o meio ambiente, certas negociações financeiras deixaram de ocorrer”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Ações para evitar as queimadas

Para evitar mais queimadas e frear o desmatamento no Brasil, é fundamental que o governo coloque em prática as legislações ambientais, implemente políticas públicas ambientais eficazes, fomente os órgãos de fiscalização e incentive a preservação ambiental, tanto na sociedade quanto no setor privado.

A população também tem um papel importante na cobrança de órgãos públicos e de empresas privadas por medidas de preservação do meio ambiente. Outras ações possíveis são o apoio a instituições ambientais e a mudança nos hábitos de consumo, optando pelo uso de marcas sustentáveis e por uma alimentação mais natural, por exemplo.

Reprodução/Polícia Militar Ambiental de MS
queimadas no brasil
Fogo no Pantanal brasileiro

O tema pode cair no Enem?

Para o professor Sebastian, o tema queimadas tem alta probabilidade de cair no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e em outros vestibulares, como Unicamp, Fuvest e Unesp. “Queimadas no Brasil é um tema riquíssimo, no qual se pode trabalhar tanto a interpretação de gráficos, imagens e do próprio texto”, afirma. 

Por ser um tema amplo e que envolve não só a questão ambiental, mas também social, política e econômica, Sebastian aconselha que os vestibulandos lhe deem um foco um pouco maior.

A primeira dica do professor é que os estudantes entendam as características gerais dos biomas, principalmente os que estão sob grande devastação. Também é importante perceber a relação entre o desmatamento da Amazônia e a redução da umidade em praticamente todo o território brasileiro, diminuindo o fluxo dos rios voadores e facilitando a ocorrência de mais queimadas.

Teste: O que você sabe sobre os biomas brasileiros?

Outras relações que o vestibulando deve fazer é associar as queimadas às mudanças climáticas, às atuais políticas e acordos ambientais, à economia, ao agronegócio e às relações diplomáticas brasileiras.

Leia também:
Desmatamento da Amazônia: Tudo o que você precisa saber para o Enem
Redação Enem: 5 propostas com o tema meio ambiente

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54