Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Ensino Básico

Conheça alimentos e sucos naturais para aumentar a imunidade infantil

por Thales Valeriani em 18/02/21

Menina loira comendo um pedaço de melancia, alimento natural que ajuda a aumentar a imunidade infantil.

Imunidade é o termo usado para descrever a capacidade do corpo de reagir a doenças e outros problemas imunológicos. Então, quanto maior a imunidade, mais saudável é o corpo. No caso das crianças, a alimentação é um fator importante. Para aumentar a imunidade infantil, é importante conhecer sucos e alimentos naturais que deixam a criança saudável.

Isso porque uma alimentação saudável e equilibrada fornece nutrientes que serão necessários para que o corpo se defenda de fungos, bactérias e vírus, por exemplo. 

+ Tudo o que você precisa saber sobre vacinação infantil

Pensando nisso, fizemos uma lista de quais alimentos devem fazer parte da dieta da criança, além de dicas de vitaminas e sucos naturais e saborosos para levar para escola ou comer em casa. Veja abaixo!

Imunidade infantil: a vantagem de sucos e alimentos naturais que deixam a criança saudável

A alimentação saudável e equilibrada é um modo simples e barato de melhorar a imunidade infantil. Ao contrário do que afirma o senso comum, crianças podem gostar de comer frutas, legumes, verduras e vitaminas. O segredo é fornecer a ela uma educação alimentar, na qual a criança vai ter a oportunidade de experimentar e conhecer diversos sabores e texturas. 

Confira 8 alimentos que devem fazer parte da dieta da criança

  1. Frutas cítricas
    As frutas cítricas contêm antioxidantes, o que melhora a resistência do organismo. São exemplos de frutas cítricas o kiwi, a laranja, a acerola e o tomate. Há outros alimentos que também são antioxidantes, como o brócolis, a couve e o pimentão.

  2. Vegetais verdes escuros
    Os vegetais verdes escuros auxiliam o organismo na produção de glóbulos brancos, o que melhora a defesa do organismo. O brócolis, a couve e o espinafre são alguns exemplos entre os vegetais.

  3. Iogurte
    O iogurte ajuda na recomposição da flora intestinal, ajudando o organismo a expulsar algumas bactérias do sistema digestivo. Isso é importante porque um intestino saudável é capaz de absorver melhor os nutrientes e as vitaminas dos alimentos.

  4. Alho
    O alho é um tempero bastante usado na culinária brasileira. Além do sabor, ele é um alimento rico em vitaminas A, C e E, e ajuda a diminuir o muco nos pulmões, auxiliando contra a tosse persistente.

  5. Cebola
    A cebola é outro alimento frequente no dia a dia de muitas famílias. Se ela não faz parte da sua dieta, talvez esteja na hora de considerar usá-la, já que a cebola é rica em substâncias anti-inflamatórias, antivirais, antifúngicas e antibacterianas, além de fortalecer o sistema imunológico em geral.

  6. Alimentos que são fontes de zinco
    O zinco é um nutriente que combate o resfriado, a gripe e outras doenças que atacam o nosso corpo. Então, alimentos ricos em zinco devem fazer parte da dieta de uma criança. São exemplos: carne, feijão, ervilha, grão de bico, castanhas e cereais integrais.

  7. Castanhas, nozes, amêndoas e óleos vegetais
    As nozes, castanhas, amêndoas e óleos vegetais (de girassol, milho, canola, e gérmen de trigo) são fontes de zinco e vitaminas E, além de melhorar o sistema imunológico.

  8. Tomate
    O tomate é um alimento que ajuda na remoção de radicais livres do corpo, sendo também indicado para combater doenças cardiovasculares.

Veja 4 sucos saborosos e saudáveis para aumentar a imunidade do seu filho

Uma educação alimentar ensina a criança a conhecer e a apreciar diversos sabores e texturas dos alimentos. Só que essa realidade demanda tempo e esforço, ainda mais quando há uma oferta grande de açúcar e gordura saturada, que costumam agradar o paladar infantil.

Por isso, até que a criança desenvolva novos hábitos alimentares, é comum ela apresentar resistência, deixando restos de comida no prato ou comendo porções muito pequenas.

+ Os benefícios da horta na escola para educação e saúde das crianças
+ Confira 14 dicas para escolher uma boa creche para o seu filho


Nesse caso, uma estratégia é fazer sucos e vitaminas, já que além de saborosos, eles funcionam como um remédio natural para melhorar a imunidade infantil. Confira algumas receitas:

  1. Abacaxi, couve e limão

    Bata no liquidificador: 1 xícara de abacaxi em pedaços; 1 limão espremido (suco); 1 folha de couve e 1 copo de água gelada. Além dos nutrientes, o suco será refrescante, sendo indicado principalmente nos dias quentes.
  2. Morango, melancia e tomate
    Bata no liquidificador: 6 morangos; 1 xícara de melancia; 1 tomate em pedaços e 200ml de água gelada. Este suco é saboroso e leve, além de ser rico em vitaminas e antioxidantes. 
  3. Beterraba, maçã e gengibre
    Bata no liquidificador:  ½ beterraba ralada; 1 maçã picada; 1 pedaço pequeno de gengibre e 1 copo de água. A beterraba é um alimento antioxidante, já o gengibre possui propriedades anti-inflamatórias e expectorante.

  4. Limonada, inhame e gengibre

    Bata no liquidificador: 2 limões (suco), ½ xícara de inhame cru; hortelã a gosto, e 200ml de água. Por ser rica em vitamina C, esta receita ajuda a aumentar a imunidade do corpo.

Como ensinar a criança a gostar de novos sabores

Não raramente, vemos cenas de crianças recusando legumes ou verduras no próprio prato. Quem é responsável pelo pequeno sabe que essa situação é frustrante e, em alguns casos, preocupante.

Existem, porém, algumas dicas para quebrar essa resistência de algumas crianças em relação a alimentos novos. Uma delas é saber, primeiro, como foi a introdução alimentar de certas comidas. Por exemplo, quando bebê ela já comia de tudo? Ou já rejeitava alguns sabores?

Além de saber sobre isso, é importante os responsáveis terem em mente que quanto mais variadas forem as papinhas no primeiro ano de vida, mais fácil será da criança aceitar novos sabores ao longo da infância e da vida adulta.

Outro ponto importante na educação alimentar são as refeições em família. Ao menos uma das principais refeições do dia – café da manhã, almoço e jantar –, deve ser realizada em família. Lembre-se de educar pelo exemplo, então, se quer que a criança coma salada, coma você também.

Por fim, varie o preparo dos alimentos. A couve, por exemplo, pode ser servida crua, cozida, cozida na manteiga, entre outros modos. No caso das crianças, uma estratégia é apostar em um visual bonito e cheio de cores, já que elas tendem a ter curiosidade para experimentar.

Nessa época de volta às aulas, é normal que as crianças fiquem mais doentes, principalmente os pequenos. Esse processo faz parte do desenvolvimento da criança a medida que ela começa a conviver com outras pessoas fora de seu ambiente familiar.

Sendo assim, os alimentos naturais podem ser grandes aliados para melhorar a imunidade infantil e impedir que o seu filho fique doente com tanta frequência.

Leia também:
+ Veja dicas saudáveis e saborosas de lanche para o seu filho levar à escola


O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54