Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Dicas e Curiosidades

Coronavírus: 7 dúvidas sobre o álcool em gel

por Giovana Murça em 25/03/20

Durante a pandemia de Covid-19, o álcool em gel 70% tem sido um dos heróis no combate ao coronavírus. O álcool substitui a água e o sabão na lavagem das mãos, principalmente sua versão em gel, que facilita a higienização quando se está fora de casa e longe de uma torneira.

álcool em gel

Com a busca desenfreada pelo produto, em poucos dias, o álcool em gel sumiu das prateleiras de lojas em todo o país. Em meio ao desespero, muitas pessoas começaram a procurar e compartilhar receitas de álcool em gel na internet.

Entretanto, o Conselho Federal de Química (CFQ) emitiu uma nota explicando que o álcool caseiro não tem sua efetividade comprovada e ainda pode causar uma série de danos à saúde.

Veja: Quem Inventou o Álcool em Gel? Conheça Lupe Hernandez!

7 dúvidas sobre o álcool em gel

O álcool é um produto químico perigoso e requer inúmeros cuidados. Em casa, principalmente no período de quarentena com crianças, o uso indevido do álcool pode causar incêndios e queimaduras, um dos principais tipos de acidente doméstico.

Para entender o que é o álcool 70%, como ele funciona contra o coronavírus e o porquê não se deve tentar produzi-lo em casa, é preciso relembrar algumas aulas de Química.

Para ajudar nessas questões, a Revista Quero entrevistou Marcelo Bria, mais conhecido como Marcelão da Química, que resolve 7 dúvidas sobre o álcool em gel. Ele é professor de Química do Ciência em Ação e dono do canal do Youtube Marcelão da Química Vest, Enem, Militar. Confira!

Qual é a composição do álcool? E do álcool em gel?

O álcool é uma classe de compostos orgânicos que apresentam em sua cadeia carbônica o grupo hidroxila (–OH) ligado a um carbono saturado. Eles são nomeados de acordo com o número de carbonos e o tipo de ligação que têm; todos terminam em -ol. 

Alguns exemplos são: etanol (álcool etílico), metanol (álcool metílico), isopropanol (álcool isopropílico), butanol e, até, colesterol. Veja na imagem:

álcool em gel
Estrutura do colesterol, álcool isopropílico e álcool etílico, respectivamente

“O reconhecimento de um composto que é classificado como álcool, bem como as suas características e propriedades, é um dos conhecimentos abordados durante o Ensino Médio, especificamente quando é trabalhado o conteúdo de Química Orgânica”, pontua o professor Marcelo.

Já o álcool em gel, é composto por álcool etílico, carbopol, trietanolamina e água.

Como o álcool mata o vírus?

O professor explica que, em contato com o vírus ainda na pele, o álcool na concentração 70%, em gel ou líquido, age como um envelope que circunda o agente infeccioso propiciando a desnaturação de proteínas e estruturas lipídicas nesta região. Assim, ocorre a chamada lise celular, o processo de rompimento da membrana plasmática e, consequentemente, a morte do vírus.

Leia: Coronavírus: veja quais são as etapas de combate à pandemia

Qual a diferença entre os álcoois 46%, 70% e 96%?

A diferença entre esses tipos de álcoois é a concentração de álcool etílico. Logo, para cada 100 mL de álcool 46%, por exemplo, há 46 mililitros de álcool etílico e 54 mililitros de água. No álcool 70%, há 70 mililitros de álcool etílico e 30 mililitros de água, e no 96%, há 96 mililitros de álcool etílico e 4 mililitros de água. “Quanto maior a porcentagem, maior a quantidade de álcool no produto”, esclarece Marcelo.

Por que o álcool em gel recomendado é o de concentração 70%?

O álcool na concentração 70% é o mais eficaz para desnaturar as proteínas e estruturas lipídicas, provocando a lise celular, e causar a morte do vírus. O professor alerta que, nas concentrações abaixo de 70%, a quantidade de álcool não é suficiente para levar o organismo à morte.

Já nas concentrações acima de 70%, o álcool evapora rápido demais e não causa a morte do vírus, além de representar risco maior de incêndios. Em nota, o Conselho Federal de Química explica que a água é necessária para conduzir o álcool ao interior do vírus, mas em água em baixas proporções, o álcool somente desidrata o vírus sem matá-lo.

Como o álcool em gel é fabricado?

Antes da produção do álcool etílico em gel, acontece a fabricação do álcool etílico líquido, o comum. No Brasil, o álcool é obtido por meio da fermentação do açúcar de cana-de-açúcar. Depois, acontece a destilação fracionada, processo que separa misturas homogêneas cujos componentes estão no estado líquido ou gasoso, quando se obtém o álcool 96%.

Para baixar a concentração para 70% e transformar em gel, o álcool 96% é misturado com água, carbopol (um polímero que atua como espessante) e trietanolamina (usado para ajustar o pH).

alcool em gel

Por que não é recomendado fabricar álcool em gel em casa?

Apesar dos técnicos da indústria utilizarem alguns conhecimentos químicos estudados no Ensino Médio, como fermentação, destilação e diluição, o álcool em gel não deve ser produzido em casa.

As autoridades da saúde já alertaram que nenhuma receita de álcool em gel caseiro deve ser feita em casa nem compartilhada pela internet. O professor Marcelo alerta que a produção do álcool em gel é um procedimento que requer muita precisão, equipamentos e local adequados, treinamento e equipe especializados.

“Se a concentração obtida não for a recomendada pela Organização Mundial da Saúde, o produto não apresentará eficácia contra o Covid-19. Só isso já deveria ser o suficiente para as pessoas não se aventurarem nessas receitas. Além disso, as formulações caseiras podem causar desde irritação a pele, até incêndios, em casos mais graves”, conclui Marcelo.

Leia também:
Lista de sites com cursos gratuitos durante a pandemia de coronavírus
Cursinho suspenso pelo coronavírus? Veja como estudar para o vestibular em casa
banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
ALERTA DE VAGAS i-close
O que é o Quero Bolsa?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

O Quero Bolsa é o site que te ajuda a entrar na faculdade! Reunimos todas as informações para você fazer a melhor escolha e garantir uma vaga na faculdade.

Tá esperando o que pra conseguir a sua?

ALERTA DE VAGAS i-close
Veja como é simples! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Preencha os campos abaixo com suas preferências e receba avisos de vagas disponíveis no Quero Bolsa.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54