Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Fui mal no primeiro dia do Enem, vale a pena ir no segundo?

por Thales Valeriani em 25/11/21

O primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 foi no último domingo (21). Após o fim do exame, alguns candidatos ficam com a sensação de que poderiam ter uma desempenho melhor ou mesmo de que foram mal. Nesse caso, o que fazer?

Segundo o orientador profissional e professor de História do curso Oficina do Estudante (Campinas - SP), Alfredo Neto, o candidato deve comparecer para realizar as provas do segundo dia. Isso porque, de acordo com o professor, "dependendo do curso e da universidade que forem escolhidos, haverá boas chances de passar".


Leia mais
+ Enem 2021: Yago Stephano participa de live sobre gabarito do segundo dia de prova
+ Memes Enem 2021: saiba quais foram os melhores do primeiro dia de prova

Fui mal na primeira prova do Enem, o que fazer?

O sentimento de ter ido mal na prova acompanha diversos candidatos. Nesse caso, o melhor a se fazer é manter o foco e o ritmo de estudos para o segundo dia de prova. Afinal, desistir não é uma opção! 

Até porque são cobrados conteúdos de diferentes áreas do conhecimento nesses dias de exame O primeiro domingo do Enem contém as provas de Linguagens, Ciências Humanas e uma Redação. Já no segundo domingo são aplicadas as provas de Matemática e de Ciências da Natureza, composta pelas disciplinas de Física, Química e Biologia.

+ Enem: 6 tópicos de Biologia que você precisa revisar antes da prova

Como é possível perceber, os textos e enunciados longos ficam mais concentrados em um dia, enquanto os números e as fórmulas, em outro. Assim, é de se esperar que os candidatos tenham um desempenho melhor em um domingo do que no outro, afinal, quem costuma se dar bem com os números nem sempre é íntimo das letras, não é mesmo?

Além disso, o Enem possui uma metodologia específica para computar a nota final dos candidatos, a chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI), que considera  não apenas o número total de acertos e erros, mas também a coerência das respostas.

+ 12 fórmulas de Matemática que você precisa decorar antes do Enem

Há também a nota da Redação, que pode surpreender o candidato. Por fim, o professor e orientador profissional, Alfredo Neto, chama atenção para o modo como a nota do Enem pode ser aproveitada pelos candidatos.

A prova do ENEM permitirá, a partir da plataforma do SISU, que o aluno concorra a uma infinidade de vagas em diversas universidades e cursos, como uma espécie de “leilão”. Neste leilão, cada universidade adota um critério de pesos e notas mínimas para seus respectivos cursos, por isso ir mal em um dos dois dias não impede a aprovação. Assim, a melhor forma de obter um bom resultado neste leilão é ter firmeza na realização dos dois dias de prova, independentemente do resultado do primeiro dia. 

Ainda de acordo com o orientador profissional, uma das estratégias a ser utilizada pelos candidatos é o mapeamento dos erros.

Mapeamento dos erros

O mapeamento dos erros é uma estratégia que auxilia o candidato a perceber onde e como errou, para que possa corrigir e acertar nas oportunidades futuras. Por isso, ele pode ser aplicado tanto entre um vestibular e outro quanto entre diferentes provas de um mesmo processo seletivo, como é o caso do Enem.

O mapeamento foi elaborado pelo professore e orientador profissional Alfredo Neto. A estratégia consiste em uma série de perguntas que o candidato deve fazer a si mesmo com o intuito de fazer uma autocrítica construtiva.

+ Quando sai o gabarito do Enem 2021?

Por isso, é importante que as respostas sejam honestas. Afinal, elas vão guiar os novos hábitos. Confira:

1. Quais foram as matérias que eu tive maior dificuldade? 

2. Por qual motivo as matérias acima foram as piores em termos de resultado? 

3. O que eu preciso fazer para melhorar em cada uma delas? Estudar mais teoria? Fazer mais exercícios? 

4. Minha carga horária de estudos foi adequada? 

5. Quantos simulados e provas anteriores eu fiz? 

6. Eu procurei refazer as questões que errei em meus simulados e provas anteriores? 

7. Eu procurei revisar e estudar com mais afinco os assuntos das questões que errei? 

8. Eu posso dizer que fiz o máximo diante das minhas possibilidades? Se faltou algo, o que foi? 

+ Quando sai o resultado do Enem 2021?

9. Em minhas dificuldades pessoais, quem pode me ajudar? E em minhas dificuldades acadêmicas? 

10. Quais são as minhas fraquezas? Como devo combatê-las? 

11. Quais são as minhas fortalezas? Como devo potencializá-las? 

12. Se eu pudesse fazer apenas uma mudança em minha rotina de estudos, para me levar ao nível ideal de aprovação, qual mudança eu faria? 


Nota do Enem e a TRI

Como vimos, a nota do Enem é calculada por meio da metodologia de Teoria de Resposta ao Item (TRI), que analisa não apenas o número de questões acertadas, mas também a coerência das respostas dadas.

Isto é, se um candidato acerta as questões consideradas difíceis, mas erra as fáceis, ele terá a nota diminuída, pois o sistema vai entender que houve "chute" nas respostas. Assim, candidatos com um mesmo número de acertos podem ter notas diferentes.

+ Nota do Enem: entenda como funciona a TRI

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

Gabarito Comentado

No próximo domingo (28) a Revista Quero estará ao vivo, junto com os professores do Anglo Vestibulares, a partir das 18h30, para comentar a prova de Ciências da Natureza e de Matemática. A live também vai ter a participação do Yago Stephano, professor de Biologia e influencer.

Além disso, será disponibilizado, em tempo real, o gabarito extraoficial do Enem 2021. É só se inscrever e ativar as notificações para não perder nada.

Consulte o Gabarito do Enem

Simulador de notas de corte do Enem 

Está ansioso para saber onde vai conseguir usar sua nota do Enem? O Simulador de Notas da Quero Bolsa pode te ajudar nessa tarefa. Basta inserir a sua nota, a graduação desejada, a cidade e pronto! Em poucos segundos dá pra saber em quais faculdades e cursos você consegue entrar pelos programas do governo: Sisu, ProUni e Fies. 

+ Confira 4 dicas de como conseguir uma bolsa de estudo

Essa ferramenta está disponível de forma gratuita para você. Basta apertar o botão abaixo e acessar. 

Simulador de notas de corte

Fui mal no Enem, e agora?

Se o seu desempenho no Enem não foi tão bom como você gostaria, não se desespere! Ainda dá para entrar na universidade no próximo ano com a Quero Bolsa, a maior plataforma de bolsas de estudo para o ensino superior da América Latina.

Na Quero Bolsa você encontra bolsas de estudo de até 80% em mais de mil universidades do país. Você não precisa usar sua nota do Enem e não precisa comprovar renda. Demais, né!? 

Conheça algumas universidades que oferecem bolsas de estudo na Quero Bolsa:

Encontre bolsas de estudo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54