logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Profissões

Quais as competências comportamentais serão mais valorizadas pelas empresas no pós-pandemia?

Você sabia que as competências comportamentais são tão importantes para um profissional quanto às técnicas? Um colaborador, para ser indispensável em uma empresa, precisa ter um conjunto de habilidades e competências que gerarão uma posição de destaque dentro dela.

Para conhecer um pouco mais sobre as competências comportamentais mais valorizadas pelas empresas, é só continuar lendo este post!



O impacto da pandemia no mercado de trabalho

Estar preparado para lidar com uma pandemia é algo que a maioria das empresas, empresários e trabalhadores ao redor do mundo não estavam aptos a fazer.

No dia 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde deu à Covid-19 o status de pandemia, causando  mudanças repentinas e intensas nas rotinas de trabalho, sendo o home office a maior delas. 

Os setores de Recrutamento e Seleção e Recursos Humanos se viram obrigados a inovar, trazendo os processos que antes eram offline para o mundo online.

Até então, poucos colaboradores estavam familiarizados com uma rotina remota, algo que causou medo e insegurança em líderes e diretores de empresa. Como seria o envolvimento das equipes? Como seria a produtividade dos funcionários se eles estivessem trabalhando de casa? Será que equipes que não interagem afetam a produtividade? 

Leia mais: Saiba como responder quais são suas qualidades e defeitos na entrevista de emprego 

Por um tempo, até que fosse possível se acostumar com o home office, houveram algumas resistências a esse regime de trabalho. De acordo com uma pesquisa feita pela FIA (Fundação Instituto de Administração), 67% das empresas que se depararam com esse cenário, encontraram dificuldades de adaptação. Entretanto, 34% disseram estar dispostas a implementar um regime remoto pós-pandemia.

Além disso, no cenário de desemprego, de acordo com informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), realizada pelo IBGE, o desemprego durante a pandemia chegou a atingir 14% dos brasileiros no mês de setembro, totalizando mais de 13 milhões de trabalhadores.

Com mais de nove meses de pandemia, já é possível perceber que mudanças permanentes serão instauradas em nossa maneira de trabalho e em nossa rotina diária. Em um mercado cada vez mais competitivo, destacar-se é algo cada vez mais essencial.

Mas as competências técnicas não serão apenas as únicas maneiras de avaliação de capacidade e compatibilidade de um candidato com uma certa vaga. As competências comportamentais serão igualmente importantes e, até mesmo, fatores decisivos para uma posição.

O que são competências comportamentais

No mundo corporativo, contamos com dois tipos de competências de mercado: as comportamentais e as técnicas  ou as chamadas soft e hard skills.

Leia mais: O que são soft skills e quais serão importantes para conseguir um emprego? 

Nesse contexto, as competências técnicas são aquelas que você adquire por meio de estudos ou cursos. Trata-se de toda gama de conhecimento que um profissional tem e que pode ser comprovada por um certificado, um diploma ou algum outro tipo de documento.

As hard skills são competências que normalmente constam em um currículo, como formação e cursos complementares. Quando trabalhadas de maneira correta com as soft skills, ambas tornam-se propulsoras de um profissional ímpar.

Já as chamadas competências comportamentais são aquelas que contemplam sentimentos, emoções e maneiras com as quais o colaborador lida com certos acontecimentos. Habilidades intangíveis que são desenvolvidas com o amadurecimento profissional e pessoal do profissional.

Junto com os conhecimentos técnicos, formam um pacote de habilidades e competências do profissional para se destacar no mercado. As soft skills são essenciais para um profissional poder ganhar um cargo de prestígio.  

Quais as competências valorizadas em um mercado pós-pandemia

Quando a pandemia acabar, nos depararemos com um mundo profissional um pouco diferente do que conhecíamos antes de tudo acontecer, com uso da tecnologia e de ferramentas para auxiliar no crescimento da empresa.

O setor de RH será repaginado, ganhando, até mesmo, novas funções. Assim, ao selecionar novos colaboradores, as competências comportamentais serão ainda mais importantes.

Gerenciamento de tempo

O mundo está cada vez mais conectado e as demandas mais urgentes. Por conta disso, será primordial que o profissional saiba administrar o seu tempo, priorizando certas demandas acima de outras. Quando bem realizada, essa competência pode aumentar a produtividade do profissional e a qualidade de suas entregas. 

Inteligência cultural

Ainda na questão de estarmos cada vez mais conectados, a possibilidade de trabalharmos e termos contato com pessoas ao redor do mundo inteiro é muito maior. Dessa maneira, é primordial manter a inteligência cultural em dia. Seja de outras culturas, países, costumes ou até mesmo de outra cidade ou estado dentro do nosso próprio país. 

A inteligência cultural abrange desde a linguagem até os costumes do dia a dia de um povo. Ao lidar com diferentes culturas, é necessário saber lidar com a pluralidade que encontraremos. Portanto, questões econômicas, morais e sociais devem ser estudadas. 

Inteligência emocional

Uma das competências comportamentais mais necessárias nas empresas. É primordial saber lidar com questões pessoais e profissionais, conseguindo equilibrar os dois mundos de maneira correta, onde um não afeta o outro.

Mas apesar de necessárias, é uma competência difícil de exercer e requer muito autoconhecimento. Com uma boa inteligência emocional, o profissional consegue lidar com situações inesperadas de modo mais ágil e certeiro. 

Leia mais: 5 dicas para se dar bem em uma entrevista de emprego de última hora 

Empatia

Hoje, saber se colocar no lugar do outro é necessário em um mercado que está em constantes mudanças, inovações e adaptações. Seja no lugar de um cliente, de alguém da sua equipe, do seu líder ou, até mesmo, da diretoria da empresa. A empatia nos permite ver a situação com novos olhos e dá uma sensação mais humana para os acontecimentos.

Criatividade

A criatividade para lidar com mudanças repentinas, poder inovar e até mesmo levar uma solução inesperada para um problema é algo muito valorizado no mercado de trabalho, que ganhará ainda mais visibilidade pós-pandemia.

Adaptação ao mundo digital

Como já mencionamos, o mundo de trabalho remoto e pós-pandemia contará bastante com o auxílio de ferramentas e plataformas do mundo digital. Por isso, torna-se necessário saber lidar com essas novidades.

Sendo assim, é essencial estar aberto às novas ferramentas e se disponibilizar a aprender como elas podem auxiliar na rotina de trabalho, otimizando a produtividade e os resultados entregues.

A gestão por competências

Quando se trata de gestão de equipes e de colaboradores, existem inúmeras maneiras e técnicas de se fazer, sendo a gestão por competências uma das mais eficazes no mercado atual.

Por meio dela, os pontos fortes e habilidades de cada colaborador são analisados, o que faz com que suas melhores competências comportamentais ganhem destaque e ajudem a alcançar os objetivos e metas definidas. Trata-se de um método que objetiva o crescimento do profissional dentro da empresa. Entenda quais os benefícios da gestão por competências.   

Colaboração: Solides

 

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54