Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Profissões

Qual é a diferença entre Arquitetura e Engenharia Civil?

por Natália Plascak Jorge em 25/07/19 3,5 mil visualizações


A diferença entre Arquitetura e Engenharia Civil pode ser entendida por uma atuação em conjunto no trabalho da construção de casas, prédios e obras públicas. O engenheiro acaba lidando com o aspecto mais técnico disso tudo, como o conhecimento sobre a resistência dos materiais e cálculos de estrutura. Já o arquiteto está mais voltado para a parte estética desses lugares e em tornar os espaços mais funcionais.

Enquanto o engenheiro civil é responsável por implantar o projeto, pensando na parte elétrica, hidráulica e estrutural, analisando as condições do solo, definindo o tipo de fundação e fazendo o cálculo de como devem ser vigas, colunas e lajes, o arquiteto planeja a utilização do espaço, projetando o tamanho de cada ambiente, o lugar mais indicado para as portas e janelas e a posição da iluminação.

As disciplinas aprendidas na faculdade também são distintas. No curso de Arquitetura, o aluno tem mais contato com as Artes e Humanidades, com algumas noções de Engenharia Civil e seus cálculos e projetos de estrutura. No curso de Engenharia Civil, o estudante tem uma grade curricular que explora bastante a Matemática e a Física.

"Além das diferentes áreas de atuação definidas por seus Conselhos profissionais (CAU e CREA), o curso e a atuação na área de Arquitetura e Urbanismo abrangem diferentes disciplinas e capacidades, desde as mais teóricas, abstratas e ligadas ao mundo das artes e da história, do que é o ser humano e suas necessidades e como moldá-las, até aquelas mais tecnológicas, ligadas às exatas. Já o curso e a atuação na área de Engenharia Civil apresentam um perfil predominantemente técnico, ligado à área de exatas, com perfil mais pragmático, menos problematizador." Mariana Rodrigues Ribeiro dos Santos, coordenadora associada do curso de Arquitetura, da Unicamp

Confira a seguir mais detalhes sobre esses cursos para identificar as diferenças entre eles.

Arquitetura e Urbanismo



O curso de Arquitetura e Urbanismo forma profissionais aptos a projetar e coordenar a construção de casas, prédios e espaços internos e externos, de acordo com a parte estética, funcional e de conforto. A formação permite que o arquiteto faça projetos e escolha os materiais que vão ser usados em uma obra, sempre levando em consideração aspectos como iluminação, acústica, ventilação e disposição dos objetos. A atuação acaba sendo em conjunto com o engenheiro, para acompanhar os trabalhos e gerenciar custos.

Principais áreas em que o arquiteto pode atuar

  • Arquitetura de interiores: planejamento de reformas, determinação da disposição dos móveis e definição de cores.
  • Paisagismo: desenvolvimento de espaços como jardins, praças e parques.
  • Urbanismo: planejamento e organização do crescimento de cidades e bairros com a proposta do uso racional dos espaços públicos.
  • Restauração de edifícios: recuperação de casas e prédios antigos, com a manutenção das características originais dos espaços.
  • Edificação e construção: projeto e coordenação de obras, escolhendo materiais e analisando prazos e custos.

Como está o mercado de trabalho para os arquitetos

De acordo com o Anuário de Arquitetura e Urbanismo 2019, divulgado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, a profissão é hoje dominada por mulheres jovens, com menos de 40 anos. Outro aspecto interessante é que a maioria dos arquitetos, no Brasil, ainda está concentrada na região Sudeste, com um terço deles somente em São Paulo.

De uma forma geral, o mercado de trabalho na área de construção acompanha bastante a situação econômica do país. Por isso, se o momento for bom, o setor também vai estar aquecido. Já em tempos de crise, a quantidade de pessoas prontas para investir diminui, assim como as vagas.

Fonte: CAU - Anuário de Arquitetura e Urbanismo 2019

Projetos arquitetônicos e execuções de obras são as atividades mais realizadas por arquitetos e urbanistas no país. Os projetos representam mais da metade do total de trabalhos e serviços feitos, enquanto execuções chegam a um terço.

“Independentemente da dimensão de um projeto, o arquiteto se faz necessário para alcançar a maior satisfação, conforto e aproveitamento da iluminação e ventilação. Tudo isso, pensando-se antes de se construir. Quanto menor o projeto, maior é o quebra-cabeça para aproveitamento do espaço.” Ana Paula Calderaro, arquiteta

Outros dois campos de trabalho de destaque por causa de uma grande expansão nos últimos tempos são os de Engenharia de Segurança do Trabalho (22% de alta em 2018) e Meio Ambiente (14% de alta).

O salário médio de um arquiteto é de R$5.433,38 no Brasil, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados 2018 (Caged).

Como é o curso de Arquitetura

O currículo do curso de Arquitetura reúne disciplinas das Ciências Humanas e de Exatas. O primeiro semestre é voltado para aulas mais teóricas. A partir do segundo semestre, as aulas práticas começam, e isso envolve também o aprendizado do desenho arquitetônico também em softwares. Para concluir o curso, é necessária a apresentação de um trabalho final. O estágio é obrigatório. A duração média dessa formação é de cinco anos.

Engenharia Civil


As atividades de um engenheiro civil envolvem projeto, gerenciamento e execução de obras como casas, prédios, estradas, pontes e viadutos. O profissional é responsável por acompanhar construções ou reformas e analisar as condições do solo, de luminosidade e ventilação desses espaços. A parte de instalações elétricas, hidráulicas e de saneamento do edifício também ficam por conta dele, assim como a definição dos materiais que serão utilizados, o acompanhamento dos prazos e custos. É importante lembrar que ele também precisa garantir a segurança em todos esses trabalhos.

Principais áreas de atuação de um engenheiro civil

  • Construção urbana: projetos, construções e reformas de prédios, shoppings, estádios e aeroportos.
  • Hidráulica e recursos hídricos: projetos e obras de barragens, reservatórios e canais.
  • Estruturas e fundações: projetos de fundações e estruturas que dão suporte às construções. Além disso, ele também calcula o material necessário para  a obra.
  • Gerenciamento de recursos prediais: organização da infraestrutura de prédios e fixação de padrões de qualidade no uso do espaço.
  • Saneamento: projetos e obras como redes de captação e distribuição de água e estações de tratamento de água e esgotos.
  • Infraestrutura e transporte: construção de rodovias, viadutos, ferrovias, portos, metrôs.

Como se encontra o mercado de trabalho para o engenheiro civil?

Assim como a Arquitetura, a área de Engenharia Civil também acompanha a situação do mercado. A crise econômica vivida pelo Brasil nos últimos anos gerou uma desaceleração do setor. 

Como a economia já mostra sinais de recuperação, a tendência é de que aumente a empregabilidade de quem está concluindo a faculdade.

O abastecimento de água e a área de energia prometem movimentar o mercado trazendo mais empregos também. 

Atualmente, de acordo com o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), os homens dominam a carreira de engenheiro civil.

O salário médio do profissional da área é de R$6.605,22 no Brasil, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados 2018 (Caged).

Como é o curso de Engenharia Civil?

De uma forma geral, o curso conta com disciplinas na área de Exatas, como AdministraçãoEconomia, e desenho técnico. Depois do segundo ano, começam as disciplinas mais específicas de acordo com a especialização que se deseja seguir. O diploma é conseguido depois da entrega de um trabalho de conclusão de curso e do estágio obrigatório. A duração média da formação de um engenheiro civil é de cinco anos.

Um dos pontos importantes quando o assunto é o curso de Engenharia se refere ao fato de ele oferecer diferentes ênfases, dependendo da instituição. Por isso, fique de olho e pesquise bastante para fazer a sua escolha. 

E você? Já pensou em fazer Arquitetura ou Engenharia Civil? Sabia dessas diferenças entre as áreas?

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54