Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Cordados

William Mira
Publicado por William Mira
Última atualização: 9/10/2018

Introdução

O filo Chordata é considerado o último dentro da escala evolutiva e compreende todos os vertebrados e alguns invertebrados como o anfioxo e os tunicados. A característica principal desse filo é a presença de notocorda em pelo menos uma de suas fases embrionárias. Nos vertebrados, a notocorda posteriormente dará espaço para a Coluna Vertebral.

Os cordados são considerados os animais mais adaptados para sobreviver nos mais diversos habitats, sendo encontrados em ambientes aquáticos e terrestres e alguns dotados de capacidade de vôo garantindo adaptação para adentrar em ambientes aéreos.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Características

Os cordados apresentam diversas características que são comuns em outros filos de animais e até outros Reinos. Assim como todos os filos do Reino Animal, os cordados são organismos pluricelulares, possuindo várias células, e eucariontes, com células contendo carioteca e organelas membranosas. Além dessas características, os cordados se assemelham a alguns outros animais por serem:

  • Triblásticos: Na fase embrionária, após o desenvolvimento do zigoto, três folhetos embrionários são gerados (ectoderma, mesoderma, endoderma) e a partir desses folhetos são gerados todos os demais tecidos e órgãos do organismo;
  • Celomados: Também no desenvolvimento embrionário, uma cavidade de nome celoma é formada e é nessa cavidade que órgãos posteriormente formados serão depositados. O celoma também é conhecido como local de depósito das vísceras de um organismo;
  • Metamerizados: Possuem o corpo dividido em segmentos. Assim como os Anelídeos e os Artrópodes, os cordados possuem o corpo e órgãos segmentados;
  • Deuterostômios: Assim como os Equinodermos, os Cordados possuem diversas características marcantes na fase embrionária, mas resumidamente, animais deuterostômios são aqueles em que, na fase embrionária, o ânus é formado primeiro que a boca;
  • Simetria bilateral: possuem apenas um eixo de simetria, ou seja, só possui uma forma de separar esses indivíduos em duas partes iguais.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Os cordados apresentam também características exclusivas, ou seja, características que os diferenciam dos demais filos existentes. As principais características exclusivas dos Cordados são:

Notocorda

Também chamada de corda dorsal, a notocorda é uma estrutura cartilaginosa em formato de bastão que está presente em pelo menos uma das fases do desenvolvimento embrionário dos Cordados e possui um papel fundamental compondo os primeiros estágios do esqueleto desses indivíduos. Em alguns organismos, os vertebrados, essa notocorda, após o desenvolvimento embrionário, é substituída pela coluna vertebral.

Tubo Nervoso Dorsal

Estrutura sólida localizada acima da notocorda e formada a partir da endoderme (folheto embrionário). Esse tubo nervoso dorsal dará origem ao sistema nervoso onde uma das pontas do tubo irá se desenvolver em encéfalo (parte superior do sistema nervoso central composto por tronco cerebral, cerebelo e cérebro) e o restante formará a medula espinhal.

Fendas Faringeanas

Também chamadas de fendas branquiais na faringe. Aberturas localizadas próximas da faringe que possuem a função de filtrar o líquido presente no meio e absorver alimentos e nutrientes. Nos animais aquáticos, essas fendas persistem por toda a vida, já nos animais terrestres, essas fendas se mantém apenas na fase embrionária.

Sistema Digestório Completo

Os cordados possuem o sistema digestório (antes chamado de Sistema Digestivo) composto por Boca, Faringe, Esôfago, Estômago, Intestino e Ânus. Possuindo então duas aberturas, uma para entrada de alimento (boca) e outra para saída de substâncias não digeridas (ânus).

Cauda Pós-Anal

Após a região do ânus, os cordados possuem uma cauda que confere capacidade de locomoção em meio aquático. Alguns cordados terrestres mantém a cauda por toda a vida enquanto alguns animais, como os humanos, possuem apenas vestígios dessa cauda na fase embrionária, sendo o osso do cóccix esse vestígio.

Anatomia do cephalochordate Amphioxus, um cordado.Anatomia do cephalochordate Amphioxus, um cordado.

Na figura acima tem-se em ordem: 1: Medula espinhal; 2: Corda dorsal; 3: Cordão nervoso dorsal; 4: cauda pós anal; 5: ânus; 6: aparelho digestório; 7: sistema circulatório; 8: atrióporo; 9: espaço acima da faringe; 10: fenda da faringe (Brânquia); 11: faringe; 12: vestíbulo; 13: cílio oral; 14: abertura da boca; 15: gônada (ovário/testículo); 16: sensor de luz; 17: nervo; 18: metapleura; 19: fígado.

Subfilos

Dentro do filo dos Cordados, subdivisões conhecidas como subfilos permitem classificar os organismos em até três grupos:

Cephalochordata (Cefalocordados)

Animais marinhos de poucos centímetros de comprimento. Geralmente são encontrados no interior de rochas ou em canais subterrâneos na areia. São muito similares aos peixes embora não possua crânio nem cérebro. Especula-se que foi a partir dos Cefalocordados que surgiram os vertebrados.

O principal integrante desse grupo é o Branchiostoma lanceolatum conhecido como anfioxo, nome que em muitos locais é atribuído aos Cefalocordados de modo geral. O anfioxo passa a maior parte do tempo enterrado na areia do mar apenas com a boca para fora. Assim como todos os cefalocordados, sua alimentação é através da filtração de água através da faringe capturando moléculas orgânicas e pequenos nutrientes dissolvidos.

Os cefalocordados possuem respiração fechada, com o sangue sendo bombeado pelo coração. Também possuem um sistema nervoso derivado do tubo nervoso dorsal e reprodução sexuada com indivíduos com sexo separado (dióicos).

Branchiostoma lanceolatum, Anfioxo.Branchiostoma lanceolatum, Anfioxo.

Urochordata (Urocordados)

Também chamados de Tunicados devido ao envoltório de polissacarídeo característico desse subfilo chamado de túnica, esses organismos se assemelham mais aos equinodermos que aos Cordados, sendo considerado na linha evolutiva os primeiros organismos gerados a partir do mesmo ancestral dos equinodermos.

São organismos sésseis (sem capacidade de locomoção), marinhos e que podem viver de forma isolada ou em conjunto formando grandes colônias. Sua aparência é similar a uma bolsa gelatinosa, embora existam alguns tunicados com estrutura larval que são semelhantes a girinos que nadam em busca de alimentos e não ultrapassam dos 10 cm de comprimento.

Se alimentam filtrando fitoplânctons presentes na água e apresentam reprodução sexuada com espécies monóicas (hermafroditas, possuindo cada indivíduo ambos os sexos), embora possam se reproduzir assexuadamente por brotamento.

Polycarpa aurata, um tunicado.Polycarpa aurata, um tunicado.

Craniata (Vertebrados)

Também chamados de vertebrados, esses animais possuem uma estrutura óssea que protege a maior parte do sistema nervoso central. O crânio protege principalmente o cérebro e outras estruturas próximas e a notocorda dá lugar para a coluna vertebral que protege a medula espinhal além de auxiliar na sustentação do corpo e na postura.

Os craniados ou vertebrados constituem um grupo diversificado com hábitos e até estruturas morfológicas diferentes. Atualmente, embora ainda existam divergências quanto a categorização desse subfilo, os cientistas assumem que existem duas superclasses dentro dos vertebrados:

  • Agnathas: Animais sem mandíbulas na bola como peixes-bruxas e lampreias.

Lampreia.Lampreia.

  • Gnathostomata: Animais com mandíbula. Dentro dessa subclasse estão as principais classes de vertebrados conhecidas:
  • Peixes: Divididos em peixes ósseos e cartilaginosos. Possuem respiração branquial, habitats aquáticos e com corpo coberto de escamas;

Peixe Pristella maxillaris.Peixe Pristella maxillaris.

  • Anfíbios: Seres com hábitos aquáticos e terrestres que, na fase adulta, desempenham respiração cutânea (através de poros na pele), possui respiração fechada e incompleta (com o coração NÃO possuindo câmaras separadas para a circulação de sangue rico em O2 e sangue rico em CO2).

Sapo, um anfíbio da ordem Anura.Sapo, um anfíbio da ordem Anura.

  • Répteis: Último dos animais ectotérmicos, ou seja, com a temperatura variando de acordo com as condições climáticas, não possuindo uma "temperatura constante". Possuem respiração Pulmonar e alguns répteis já apresentam uma circulação mais próxima da circulação dos mamíferos e aves, com coração com quatro cavidades (dois átrios e dois alvéolos) e o sangue rico em O2 não entrando em contato com o Sangue rico em CO2.

Tupinambis merianae, lagarto popularmente chamado de Teiú ou Tejú.Tupinambis merianae, lagarto popularmente chamado de Teiú ou Tejú.

  • Aves: Seres com corpo coberto de penugem conhecida como pena, coração dividido em quatro cavidades, respiração pulmonar, ausência de dentes e estruturas morfológicas características como a presença da moela no aparelho digestório.

Ave Lamprotornis hildebrandti, conhecida como Estorninho.Ave Lamprotornis hildebrandti, conhecida como Estorninho.

  • Mamíferos: Organismos que se alimentam de leite materno nos primeiros estágios após o desenvolvimento embrionário. Possuem coração com quatro cavidades onde o sangue rico em O2 não entra em contato com o sangue rico em CO2, respiração pulmonar e com raríssimas exceções o desenvolvimento embrionário ocorre dentro do corpo materno.

Ursus maritimus, mamíferos conhecimento popularmente como Urso Polar.Ursus maritimus, mamíferos conhecimento popularmente como Urso Polar.


Exercícios

Exercício 1
(UDESC/2017)

Uma importante classe dentro do grupo dos cordados reúne mais de 9 mil espécies, algumas com menos de 2 g de peso e outras atingindo mais de 100 kg. São algumas de suas características: homeotermos, coração com quatro cavidades, circulação fechada, respiração pulmonar, sistema digestório com estruturas denominadas de papo e moela e ausência de dentes. Assinale a alternativa que indica a classe a que se refere o enunciado:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...