Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Nutrição

William Mira
Publicado por William Mira
Última atualização: 13/9/2018

Introdução

A nutrição é um processo biológico em que os organismos, através da ingestão de alimentos, absorvem nutrientes e substâncias necessárias para seus processos vitais.

É também ramo das ciências biológicas que estuda e se aprofunda nesse processo, além de relacioná-lo com o bem-estar ou o desenvolvimento de doenças.

Alimento é toda a substância utilizada pelos seres vivos como fonte de matéria necessária para a realização das funções vitais. Uma boa alimentação garante o contato com essas substâncias necessárias.

Os hábitos alimentares regulares e individuais que podem (ou não) garantir uma boa alimentação compõem o que se conhece como dieta. Cada pessoa, portanto, tem uma dieta específica.

Cada cultura ou grupo de pessoas que convivem e ocupam o mesmo lugar regional e social possui dieta semelhante. Atualmente o termo dieta foi associado a uma forma de conter o peso, emagrecer ou manter a saúde em boas condições.

Alimentos de composição energética, como o milho e as leguminosas, e reguladora, como as frutas e verduras.Alimentos de composição energética

Grupos alimentares

Os alimentos são consumidos porque são fontes de nutrientes para os organismos. Esses nutrientes, quando absorvidos, possuem funções específicas e são essenciais para o funcionamento adequado do metabolismo dos indivíduos.

As moléculas orgânicas são formadas predominantemente por carbono (C), hidrogênio (H) e oxigênio (O). Por isso, a demanda por alimentos que contenham grandes quantidades desses elementos é maior, porém outros compostos como nitrogênio (N), fósforo (P), enxofre (S), cálcio (Ca) e outros também são necessários em algumas funções metabólicas e estruturais.

Dessa forma, é possível dividir os alimentos de acordo com o tipo de nutrientes presentes ou de acordo com a função específica que esses nutrientes possuem.

Alimentos Energéticos

Ao serem digeridos, geram substâncias que são utilizadas no metabolismo energético para gerar ATP (Adenosina Trifosfato), a substância essencial para os processos metabólicos que dependem de energia para ocorrer. Dentro dessa categoria estão os carboidratos e lipídios:

Carboidratos

Alimentos que ao serem digeridos geram glicose e outros glicídios que são metabolizados na respiração celular para geração de ATP. São encontrados no açúcar, mel, pães, arroz, milho, massa e em tubérculos como batata, mandioca e etc.

Lipídios

Também chamados de gorduras, são importantes constituintes da membrana plasmática celular e na produção de hormônios, além de serem a principal reserva energética nos animais.

Quando necessário, são digeridos e geram subprodutos da respiração celular para serem metabolizados e gerados ATP. As gorduras podem ser de origem animal ou vegetal e podem ser encontradas em manteigas, margarinas, carnes gordurosas, sementes, como a soja, e óleos vegetais, como óleo de girassol, azeite e óleo de soja.

Alimentos Construtores

Os alimentos construtores são responsáveis pela reparação e produção de substâncias como enzimas e anticorpos. São também chamados de alimentos plásticos, possuindo as proteínas na sua composição, que ao serem digeridas, liberam aminoácidos que são utilizados para sintetizar novas proteínas para o organismo, assim como enzimas e alguns hormônios.

A necessidade da ingestão de proteínas é devido aos aminoácidos essenciais, que não são produzidos pelo organismo, mas são necessários na composição protéica.

As carnes (bovinas, suínas, de frango e de peixe), ovos e leite são alimentos construtores, plásticos ou mesmo protéicos. Também é encontrada grande concentração protéica em alimentos vegetais, como a soja ou em verduras de coloração verde escura, como espinafre, brócolis etc.

Alimentos Reguladores

Os alimentos reguladores são aqueles que quando consumidos, auxiliam o organismo a realizar suas funções. A baixa ingestão de alimentos reguladores está relacionada ao desenvolvimento de doenças.

Alimentos reguladores podem ser orgânicos, como as vitaminas, ou inorgânicos como os sais minerais (nesse caso, geralmente é necessária a ingestão em concentrações mínimas diárias).

As vitaminas podem ser encontradas principalmente nas frutas, legumes e verduras, assim como os sais minerais, que também são encontrados nos cereais.

Os sais minerais fornecem outros elementos também necessários para o funcionamento do organismo como ferro (Fe), cálcio (Ca) e zinco (Z).

Alimentação humana

A espécie humana, assim como qualquer outra espécie, precisa se alimentar para sobreviver e reproduzir. Porém, a imensa capacidade adaptativa de consumir diferentes tipos de alimentos faz da espécie humana a espécie com hábitos alimentares mais diversificados do planeta.

Estudos sugerem que as características da espécie humana que a diferem dos demais primatas só surgiram devido a essa capacidade de adaptar seus hábitos alimentares de acordo com a região, estação e ambiente localizado.

Embora a espécie humana consiga adaptar seu cardápio alimentar, ao longo das fases da vida o organismo humano necessita de uma demanda característica de alguma categoria de alimento, não deixando de consumir as demais categorias.

Durante a infância, após a fase de amamentação, o indivíduo precisa de uma dieta bem equilibrada, com preferência por verduras, legumes e frutas para absorver grande quantidade de alimentos reguladores que serão necessários para a ativação de funções metabólicas e no fortalecimento do corpo contra doenças.

Na adolescência, o consumo de sais minerais e alimentos construtores são importantes já que nessa fase ocorre crescimento corporal e alimentos ricos em cálcio (Ca), por exemplo, vão garantir um bom desenvolvimento dos ossos e cartilagens.

A fase adulta é uma fase de manutenção, sendo característica uma dieta equilibrada de todas as categorias de alimentos.

Na fase idosa, as necessidades energéticas vão diminuindo, enquanto as necessidades nutricionais vão aumentando. Alimentos ricos em vitaminas, proteínas e sais minerais são importantes na fase senil.

Independente da fase do indivíduo, alimentos de baixo valor nutricional, como alimentos processados industrialmente e doces devem ser evitados.

Uma maneira de se obter uma alimentação saudável é através da pirâmide alimentar, uma espécie de gráfico que sistematicamente mostra as categorias alimentares e a quantidade necessária em uma dieta. Geralmente os alimentos energéticos e reguladores são os mais consumidos, seguidos dos alimentos construtores e com pouco consumo os alimentos de baixo valor nutricional.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM2014)

"Na década de 1940, na Região Centro-Oeste, produtores rurais, cujos bois, porcos, aves e cabras estavam morrendo por uma peste desconhecida, fizeram uma promessa, que consistiu em não comer carne e derivados até que a peste fosse debelada. Assim, durante três meses, arroz, feijão, verduras e legumes formaram o prato principal desses produtores".

O Hoje, 15 out. 2011 (adaptado).

Para suprir o déficit nutricional a que os produtores rurais se submeteram durante o período da promessa, foi importante eles terem consumido alimentos ricos em:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

BIOLOGIA
Carboidratos
Carboidratos
BIOLOGIA
Enzimas
Enzimas
BIOLOGIA
Gorduras
Gorduras
BIOLOGIA
Lipídios
Lipídios
BIOLOGIA
Proteínas
Proteínas
BIOLOGIA
Vitaminas
Vitaminas