Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue

Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Português

Numeral

Alice Martins
Publicado por Alice Martins
Última atualização: 21/8/2018

Introdução

Numerais são palavras usadas para nomear quantidades ou indicar posição de algo em uma sequência. São as palavras que traduzem o que os números dizem dos seres, objetos ou coisas.

Exemplos:

  • Compramos vinte laranjas e apenas sete estavam maduras.
  • Ele é o segundo na lista de chamada.
  • Eu como o triplo de comida quando o cardápio é macarrão.
  • Meio copo de café é o suficiente para me manter acordada.         
  • Uma dúzia de ovos custa mais barato que um saco de arroz.

Classificação

Os numerais são classificados em cardinais, ordinais, multiplicativos, fracionários e coletivos da seguinte forma:

  • Numerais cardinais: são os números em sua forma básica (um, dois, três, quatro) e servem para indicar a quantidade de alguma coisa. Exemplo:
  • Suzy tem quatorze anos.
  • Numerais ordinais: são os numerais usados para indicar a posição exata de algo em uma sequência (como primeiro, segundo, terceiro, quarto). Exemplo:
  • Eu moro no vigésimo primeiro andar do prédio.
  • Numerais multiplicativos: são os que indicam o aumento proporcional de uma quantidade por meio de multiplicações (como dobro ou duplo, triplo, quádruplo, vinte vezes). Exemplos: 
  • Minha irmã tem o dobro da minha idade.
  • Ela recebe treze vezes o valor do meu salário.
  • Eu gostaria de um quarto duplo, por favor!
  • Numerais fracionários: indicam a diminuição proporcional de uma quantidade por meio de frações. Ou seja, indicam partes de um inteiro (como meio, um terço, um centésimo). Exemplos: 
  • Sempre guardo um quarto do meu salário na poupança.
  • Dois terços da minha turma estava presente na assembleia.
  • Numerais coletivos: numerais que indicam um conjunto de coisas, determinando o número de elementos desse conjunto (como dezena, dúzia, bimestre, semestre, quinzena). Exemplo:
  • Fim de semestre é sempre um período estressante.

Como usar os numerais

  • Para indicar os diasdomês, utilizamos os numerais cardinais, exceto para indicar o primeiro dia. Exemplo:
  • Temos uma prova marcada para o dia primeiro de junho e outra para o dia vinte de junho.
  •  Para indicar leis, portarias e decretos, utilizamos os ordinais até o nono e os cardinais a partir de dez. Exemplos:
  • O artigo quinto da constituição trata sobre igualdade.
  • Na aula de hoje tratamos do artigo vinte e três.

     3.   Para indicar séculos, papas, capítulos de obras e reis. Geralmente, essas indicações aparecem em algarismos romanos, que lemos como numerais ordinais até o décimo e como numerais cardinais a partir do onze. Exemplos:

  • O Papa João Paulo II (segundo) faleceu em 2005.
  • O século XX (vinte) foi marcado por guerras.

Flexão

  • Numerais cardinais: podem variar em gênero (masculino/feminino) e em número (singular/plural) da seguinte forma:
  • Um/uma, dois/duas e as centenas a partir de duzentos/duzentas variam em gênero;
  • Unidades de milhão como milhão/milhões, bilhão/bilhões, trilhão/trilhões são cardinais que variam em número;
  • Todos os outros cardinais além desses são invariáveis.
  • Numerais ordinais: são variáveis em gênero e número. Exemplo:
  • primeiro/primeira, primeiros/primeiras.
  • Numerais multiplicativos: são invariáveis enquanto substantivos e variam em gênero e número enquanto adjetivos. Exemplo:
  •  Hoje ela se preocupa o dobro do que se preocupava antes de ter filhos. (substantivo)
  •  Hoje ela tem dupla preocupação: cuidar de si mesma e dos filhos. (adjetivo)
  • Fracionários: podem variar em gênero e número dependendo do cardinal que os antecedem. Exemplo:
  •   Guardei um terço do bolo para comer mais tarde.
  •   Comi duas terças partes da torta antes do almoço.
  • Numerais coletivos: variam somente em número. Exemplo:
  • Comi três dezenas de bombons.

Outros exemplos de numerais

Ambos/ambas também são considerados numerais e significam “os dois/as duas”.

São numerais usados para retomar um par de algo que já foi mencionado no texto, por exemplo: “Mia Couto e Pepetela são autores de literatura africana. Ambos têm obras em listas de leitura de vestibulares”.

Tabela de numerais

CardinaisOrdinaisMultiplicativosFracionários
umprimeiro

doissegundodobro/duplomeio
trêsterceirotriploterço
quatroquartoquádruploquarto
cincoquintoquíntuploquinto
dezdécimodécuplodécimo
dozedécimo segundoduodécuplocardinal + “avos”
trezedécimo terceirocardinal + “vezes”
vintevigésimo

trintatrigésimo

quarentaquadragésimo

cinquentaquinquagésimo

sessentasexagésimo

setentaseptuagésimo

oitentaoctogésimo

noventanonagésimo

cemcentésimocêntuplocentésimo
duzentosducentésimo
ducentésimo
trezentostrecentésimo
trecentésimo
milmilésimo
milésimo
milhãomilionésimo
milionésimo
bilhãobilionésimo
bilionésimo

Exercícios

Exercício 1
(PUC-SP/2007)

Textos para a próxima questão:

Em uma peça publicitária recentemente veiculada em jornais impressos, pode-se Ier o seguinte: "Se a prática leva à perfeição, então imagine o sabor de pratos elaborados bilhões e bilhões de vezes". A segunda oração que compõe a referida peça publicitária contém a expressão “pratos elaborados BILHÕES E BILHÕES de vezes”.

Em recente declaração à 'Revista Veja', a respeito de seu filho, o presidente Luís Inácio Lula da Silva fez a seguinte afirmação “Deve haver UM MILHÃO de pais reclamando: por que meu filho não é o Ronaldinho? Porque não pode todo mundo ser o Ronaldinho”. ('Revista Veja' Edição 1979 - 25 out. 2006).

A respeito das expressões destacadas nos trechos acima, é linguisticamente adequado afirmar que:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

PORTUGUÊS
Acentuação Gráfica
Acentuação Gráfica
PORTUGUÊS
Adjetivos
Adjetivos
PORTUGUÊS
Advérbios
Advérbios
PORTUGUÊS
Agente da Passiva
Agente da Passiva
PORTUGUÊS
Aposto
Aposto
PORTUGUÊS
Artigo
Artigo
PORTUGUÊS
Classes Gramaticais
Classes Gramaticais
PORTUGUÊS
Colocação Pronominal
Colocação Pronominal
PORTUGUÊS
Complemento Nominal
Complemento Nominal
PORTUGUÊS
Concordância Nominal
Concordância Nominal
PORTUGUÊS
Concordância Verbal
Concordância Verbal
PORTUGUÊS
Conjunção
Conjunção
PORTUGUÊS
Crase
Crase
PORTUGUÊS
Interjeição
Interjeição
PORTUGUÊS
Objeto Direto
Objeto Direto
PORTUGUÊS
Objeto Indireto
Objeto Indireto
PORTUGUÊS
Orações Coordenadas
Orações Coordenadas
PORTUGUÊS
Oração Subordinada Substantiva
Oração Subordinada Substantiva
PORTUGUÊS
Ortografia
Ortografia
PORTUGUÊS
Predicativo do Sujeito e do Objeto
Predicativo do Sujeito e do Objeto
PORTUGUÊS
Pretérito Imperfeito
Pretérito Imperfeito
PORTUGUÊS
Pronomes
Pronomes
PORTUGUÊS
Pronomes Pessoais
Pronomes Pessoais
PORTUGUÊS
Regência Nominal
Regência Nominal
PORTUGUÊS
Regência Verbal
Regência Verbal
PORTUGUÊS
Sinais de Pontuação
Sinais de Pontuação
PORTUGUÊS
Substantivo
Substantivo
PORTUGUÊS
Verbo Ser
Verbo Ser
PORTUGUÊS
Vocativo
Vocativo
PORTUGUÊS
Vozes Verbais
Vozes Verbais