Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Ce6907ff4444502d429178e7e11b14697c4ff433 Aac0a18d48352ac319fcba9178e2d5336ac34d08
Profissões

1,4% dos jogadores de futebol contratados nos últimos meses cursaram faculdade

por Mathias Sallit em 26/04/19 280 visualizações

Pouco mais de 1% dos jogadores de futebol contratados recentemente por clubes brasileiros tiveram acesso ao Ensino Superior. O levantamento foi feito pela Revista QB com base nos dados de dezembro de 2018 a março de 2019 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Os dados mostram que 3.329 atletas com 18 anos ou mais tiveram contratos assinados no intervalo de quatro meses, entre dezembro e março (últimos dados disponibilizados pelo Ministério do Trabalho). Desse total, apenas 1,4% dos jogadores declararam* terem cursado uma faculdade, porcentagem que representa 47 atletas. Destes, somente 20 estão registrados com Ensino Superior completo.

Leia mais: 18 jogadores de futebol que fizeram faculdade
E também: Curso forma profissionais especializados em futebol

Na contramão do baixo número no Ensino Superior, a quantidade de atletas que possuem o Ensino Médio completo é bem maior que a média brasileira. Dos últimos contratados, 83,3% (2.774 jogadores) declararam terem concluído a Educação Básica (até o Ensino Médio).

De acordo com números de 2017 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad C), a taxa de escolarização é de 31,7%, enquanto 46,1% dos brasileiros com 25 anos ou mais concluíram o Ensino Médio.

Fonte: Caged

O estado de São Paulo concentra o maior número de contratações (768) e de jogadores que acessaram o Nível Superior: sete se declararam formados e cinco possuem superior incompleto.

O Rio Grande do Sul vem em seguida. Das 452 contratações, 10 jogadores chegaram à faculdade. Minas Gerais (285 novos contratos) e Espírito Santo, com 285 e 123 novos contratos, possuem seis jogadores que alcançaram o Ensino Superior. No Rio de Janeiro, dos 135 jogadores com novos vínculos, apenas dois foram à faculdade - um completou o curso.

Veja também: Faculdades para quem quer seguir carreira no futebol, mas é ruim de bola

Mulheres possuem porcentagem maior no Ensino Superior

O número de mulheres que movimentaram o mercado do futebol entre dezembro de 2018 e março de 2019 é menor que o de homens. 157 jogadoras receberam novos contratos nesse intervalo de tempo. Dez delas alcançaram uma faculdade, sendo que cinco declararam ter o diploma de Ensino Superior.

A maioria possui o Ensino Médio completo: 115 jogadoras (73,2%).

Fonte: Caged

Chamados de "professores", treinadores com Ensino Superior são maioria

429 treinadores receberam novos contratos entre dezembro do ano passado e março de 2019. Com os dados do Caged, é possível perceber a diferença de formação dos técnicos para os jogadores. 54% do total ingressaram no Ensino Superior, ou seja, 232 treinadores entraram numa faculdade. E a grande maioria destes concluiu curso: 208 profissionais possuem diploma superior.

A maior parte do restante completou o Ensino Médio mas não ingressou na faculdade: 185 treinadores (43,1%).


E os árbitros?

A amostra de dados é menos para essa categoria. Apenas 12 árbitros de futebol criaram novos vínculos empregatícios entre dezembro do último ano e março de 2019: três possuem o Ensino Superior completo, cinco concluíram e dois não terminaram o Ensino Médio, um concluiu e outro não encerrou a os estudos do Ensino Fundamental.

Elaboração dos dados: Rodrigo Simões/Mathias Sallit

*Os dados de escolaridade são autodeclarados, podendo haver alguma divergência com a realidade.

Ce6907ff4444502d429178e7e11b14697c4ff433 Aac0a18d48352ac319fcba9178e2d5336ac34d08

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54