Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Dicas e Curiosidades

3 métodos inovadores para organizar melhor seus estudos

Para conseguir a tão sonhada vaga na faculdade, é necessário fazer com que sua hora de estudo renda a máxima absorção de conteúdo possível, fazendo com que você aprenda mais em menos tempo. Estudar por estudar, sem desenvolver uma boa dinâmica e alcançar progressos notáveis, não te garantirá sucesso no Enem e em outros vestibulares. 

Para ter um estudo eficiente, é preciso encontrar um método que se adeque às suas qualidades e fraquezas. Nas últimas décadas, tendo em vista os índices cada vez maiores de dispersão entre os jovens, várias estratégias de estudo foram desenvolvidas para adequar vários perfis de estudantes às rotinas de preparação e potencializar o aprendizado a médio/longo prazo.

E mais: Conheça 3 técnicas diferentes de problem solving dado por consultorias estratégicas

Para poder te ajudar nessa etapa de estudo, selecionamos 3 métodos de estudo inovadores, que fogem das táticas padrão (resumo, explicação para amigos, fichas de estudo, etc). Independentemente da disciplina que você pretende estudar, estas metodologias podem te ajudar a se concentrar, memorizar e exercitar melhor os conhecimentos necessários para atingir seu grande objetivo. 

métodos inovadores de estudo

1. Mapas mentais

Os mapas mentais, ou “mapas da mente”, são diagramas criados pelo inglês Tony Buzan e são voltados para a gestão de informações e de conhecimentos. São representações livres de pensamentos que se dividem a partir de um conceito central, para compreensões e soluções de problemas, melhorando a memorização e o aprendizado.

Eles variam de simples a elaborados, podendo ser desenhados à mão ou no computador, incluindo fotos, desenhos, linhas curvas de espessuras variáveis e conterem diversas cores.

Leia mais: 5 principais metodologias de ensino no brasil

Compreendemos que os mapas mentais são essenciais na hora do estudo, pois reduzem, simplificam e selecionam as informações que serão mais relevantes referente ao que está sendo estudado, ajudando nosso cérebro a fazer novas associações velozmente. Melhorando as conexões entre os conceitos-chave, tornando a criatividade mais fluente.

Ao fazermos os mapas mentais, estamos trabalhando com os dois lados de nosso cérebro, o racional e o criativo. É um método eficaz, que melhora a memória e compreensão através da representação visual de informações.

Os mapas mentais podem ser usados na hora de expressar suas ideias, de uma maneira mais simples, rápida e direta. Com eles você faz conexões, tendo uma visão mais ampla do assunto e uma rápida compreensão do tema que vem sendo estudado.

Melhorando a produtividade em seus processos de conhecimentos e organização na produção de conteúdo, desenvolvendo uma melhora na concentração, na absorção e lidando melhor com o excesso de informações, tornando um filtro eficaz para os estudos.

Como criar um mapa mental?

1. Escolha o tema central: Todo mapa mental se inicia com uma ideia central, essa ideia é o “tema” do mapa mental. Dê início ao mapa mental sempre no centro da folha, preferencialmente no formato horizontal, dessa maneira você terá mais espaço livre para desenvolvimento do seu mapa. 

2. Faça as ramificações: Assim que definida a ideia central, comece a criar as ramificações. Serão as conexões entre a ideia central e as ideias secundárias, assim por diante. Para um melhor entendimento, imagine como uma árvore e todos os seus galhos interligados ao tronco.

3. Escolha palavras e imagens-chaves: As palavras-chaves e imagens-chaves serão responsáveis pela ativação da nossa memória, fazendo com que nosso cérebro se assimile e memorize as informações, sintetizando o conteúdo. Evite colocar frases longas nos mapas mentais, pois o objetivo das palavras-chaves e imagens-chaves são ativar nossa memória e não passar informação completa.

4. Adicione cores: Para uma melhor compreensão utilize cores nos mapas mentais, isso permitirá que nosso cérebro tenha mais atenção ao mapa mental. É recomendado que defina uma cor para cada ramo principal, o cérebro terá uma melhor associação. 

5. Faça edições: Faça quantas edições forem necessárias para ter mapas mentais completos e que possa ajudar você ao máximo para alcançar seus objetivos.

2. Flashcards

Ferramenta de estudo amplamente utilizada na Europa e nos Estados Unidos, a técnica de flashcards ainda é pouco difundida no Brasil. Eles são pequenos pedaços de papel (fichas ou cartões) com uma pergunta na frente e uma resposta no verso. É um método que foca na memorização e seu uso é simples: basta tentar acertar a resposta atrás do papel.

A técnica é muito recorrente no estudo de idiomas ou fórmulas.Na área de concursos, é muito útil para nas disciplinas de Matemática, Estatística, Contabilidade e outros conceitos difíceis de memorizar que constantemente caem nas provas.

Leia mais: 7 dicas para otimizar os estudos em um curso de inglês online 

Como criar flashcards?

1. Você deverá elaborar uma pergunta (não vaga ou complexa) que tenha apenas uma resposta e anotá-la no cartão.

2. No verso do mesmo cartão, anote a resposta.

3. Quando fizer as revisões, recomenda-se colocar as perguntas em três pilhas:

  • Pilha 1: as perguntas que acertou facilmente e já percebe que decorou (e precisam pouca revisão).

  • Pilha 2: as perguntas que acertou com dificuldade e sente que precisam ser revisadas.

  • Pilha 3: as perguntas que errou.

4. As perguntas que acertou (pilha 1) deixe para revisar a cada quatro semanas. As com dificuldade (pilha 2) a cada duas semanas. E as que errou (pilha 3), semanalmente ou até diariamente. Isso é só uma sugestão e depende da quantidade de material que você tenha para revisar.

É muito importante reforçar que o flashcard deve ser escrito com suas próprias palavras, não como uma cópia do livro ou apostila, tanto na pergunta como na resposta. Use o seu vocabulário habitual, explicando o conceito de forma simples e resumida, que faça sentido para você. Assim você vai guardar a informação mais facilmente e fazer sinapses mentais com muito mais agilidade.

3. Método de Cornell

O Método de Cornell é uma forma de guardar conteúdo de maneira mais clara e organizada. A técnica surgiu inicialmente para aprimorar anotações durante palestras, quando o ritmo é acelerado e por vezes os esquemas visualmente ficaram confusos. A página é dividida em três partes: Tópicos, Anotações/Perguntas e Sumário.

Se possível, grave suas aulas/palestras e analise o que foi dito. Na parte de Tópicos, coloque as palavras-chave ou assuntos gerais que foram tratados. Correlacione com o que estará ao lado, na parte de Anotações/Perguntas. Nesta parte, por sua vez, você colocará suas conclusões e questionamentos da forma mais resumida possível (sem perder a clareza, obviamente).

Leia mais: 8 técnicas de estudo para concursos 

Depois, na parte de baixo (Sumário) você colocará as principais informações de referência daquele (s) assunto (s): data e local da palestra/aula, assunto estudado e pontos principais, para que você saiba rapidamente do que cada anotação se trata. Feito isso, a aplicação do Método Cornell pode ser resumida em três passos. Vejamos:

  • Anotar: durante a aula, use a seção de anotações para registrar, com suas palavras, aquilo que o(a) professor(a) está explicando. Palavras-chave, abreviações e esquemas são bem vindos!

  • Resumir: após o fim da aula ou o quanto antes, resuma o que você entendeu em algumas frases na coluna “Sumário” que deve ser colocada no fim da última folha usada.

  • Questionar: na coluna “questões/tópicos”, formule questões baseadas nas suas anotações ou palavras-chave relacionadas às frases anotadas. A ideia aqui é refletir sobre o conteúdo visto de diferentes formas e ajudar na memorização.

Após escrever as questões, um exercício proposto é cobrir a coluna das anotações e responder as perguntas que você criou a partir delas.Com uma estrutura simples, esse sistema se destaca por ser uma forma fácil de organizar e absorver conteúdo estudado. Além disso, é um grande aliado na hora de estudar para as provas!

Método Cornell não é limitar quem o está usando, mas sim oferecer um sistema de anotações adaptável às necessidades de cada estudante. Por exemplo, algumas pessoas preferem usar as colunas de Tópicos e Anotações ao mesmo tempo. Não há problema.

Gostou de saber mais sobre os métodos de estudos inovadores? Conta pra gente nos comentários. Aproveite e confira mais sobre o universo da inovação aqui.

Colaboração: Neoradar

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
ALERTA DE VAGAS i-close
O que é o Quero Bolsa?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

O Quero Bolsa é o site que te ajuda a entrar na faculdade! Reunimos todas as informações para você fazer a melhor escolha e garantir uma vaga na faculdade.

Tá esperando o que pra conseguir a sua?

ALERTA DE VAGAS i-close
Veja como é simples! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Preencha os campos abaixo com suas preferências e receba avisos de vagas disponíveis no Quero Bolsa.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54