logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Curiosidades

2024 vai ser um ano bissexto; entenda o que isso significa

por Isabella Baliana em 13/10/23

Com a virada do ano cada vez mais próxima, é importante relembrar que o ano de 2024 reserva uma particularidade: ele será um ano bissexto, o que significa que terá 366 dias em vez dos 365 normais. Muitas pessoas costumam se questionar sobre o que isso significa e como identificar um ano com essa característica.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Se você também tem essa dúvida, confira e entenda a seguir o que é um ano bissexto, como identificá-lo no calendário e por que essa ocorrência é fundamental para o funcionamento preciso do sistema de medição do tempo!


Veja: Dia 12 de outubro é feriado? Descubra!
15 de novembro: veja o que se comemora nesse feriado

O que é um ano bissexto?

Um ano bissexto é um ano que possui um dia extra em seu calendário, totalizando 366 dias em vez dos 365 dias que compõem um ano comum. 

Esse dia adicional, conhecido como "dia bissexto", é acrescentado no mês de fevereiro, o que faz com que esse mês tenha 29 dias em vez de 28. Assim, nos anos bissextos, existe no calendário o dia 29 de fevereiro, enquanto nos outros anos esse dia não existe.

A principal razão para a existência de anos bissextos é ajustar o nosso calendário ao movimento real da Terra ao redor do Sol, que não é perfeitamente dividido em um número inteiro de dias.

Confira: Dia do Estudante é feriado?
9 de julho: entenda por que a data é feriado
Faculdades com 2 anos de duração; veja quais são

Como saber se um ano é bissexto ou não?

O método mais conhecido para determinar se um ano é bissexto é o seguinte:

  • Divisível por 4. Sendo assim, a divisão é exata com o resto igual a zero;
  • Não pode ser divisível por 100. Com isso, a divisão não é exata, ou seja, deixa resto diferente de zero;
  • Pode ser que seja divisível por 400. Caso seja divisível por 400, a divisão deve ser exata, deixando o resto igual a zero. Isso significa que os anos 1700, 1800 e 1900 não foram bissextos, mas o ano 2000 foi.

Portanto, 2024 será um ano bissexto, pois é divisível por 4 e, ao mesmo tempo, também é divisível por 400. Outros exemplos de anos bissextos incluem 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016, 2020, 2024, 2028, 2032, 2036, 2040, 2044, 2048, 2052, e assim por diante. Em todos esses anos, o mês de fevereiro terá 29 dias.

Os anos bissextos ocorrem a cada quatro anos, ajustando o nosso calendário para manter o alinhamento com as estações e os eventos astronômicos.

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

Os anos bissextos existem para corrigir uma discrepância entre o nosso calendário, que é baseado em um ano de 365 dias, e o tempo que a Terra leva para completar uma órbita ao redor do Sol, que é de aproximadamente 365,2422 dias. Essa diferença parece pequena, mas, ao longo dos séculos, pode causar um descompasso significativo entre o calendário que usamos e o ciclo sazonal real da Terra.

A principal razão para a existência dos anos bissextos é garantir que as estações do ano continuem ocorrendo nos mesmos períodos do ano. Sem essas correções periódicas, o calendário gradualmente se deslocaria em relação às estações, fazendo com que o inverno, a primavera, o verão e o outono não ocorressem mais nas datas esperadas. 

Encontre bolsas de estudo

Isso teria muitas consequências práticas, como afetar a agricultura, eventos astronômicos, calendários religiosos e a vida cotidiana das pessoas.

Para resolver esse problema, foi estabelecido o sistema de anos bissextos, que adiciona um dia extra (29 de fevereiro) a cada quatro anos. Isso compensa a diferença entre o ano calendário (365 dias) e o ano tropical (365,2422 dias), mantendo nossas estações em sincronia com as datas do calendário. 

Além disso, o método de anos bissextos (divisível por 4, mas não por 100, a menos que seja por 400) é uma regra precisa para garantir essa correção no sistema de calendário. 

Em quais países existe o ano bissexto?

Os anos bissextos não são específicos de um país ou região em particular, mas sim um componente do calendário internacionalmente aceito, o chamado Calendário Gregoriano. Este calendário é utilizado em grande parte do mundo, incluindo o Brasil, a maioria dos países da Europa, América do Norte e muitas outras nações ao redor do globo.

O Calendário Gregoriano foi introduzido pelo Papa Gregório XIII em 1582 como uma reforma do antigo Calendário Juliano. Desde então, a maioria dos países adotou esse calendário para fins civis e oficiais. 

Portanto, a regra dos anos bissextos é aplicada em muitos países, não apenas no Brasil. Os anos bissextos são uma parte fundamental do sistema de calendário global para garantir que as estações do ano e as datas se mantenham alinhadas ao longo do tempo.

Veja também: 4 profissões para quem gosta de tecnologia
Unicamp 2024: veja os 10 cursos mais concorridos do vestibular

Quer estudar com bolsa em 2024?

Você pensa em entrar na faculdade em 2024? Então temos uma ótima notícia! Quero Bolsa é uma plataforma que oferece bolsas de estudo de até 80% em diversos cursos, em milhares de faculdades por todo o país.

O melhor é que, diferente de outras formas de ingresso, não é necessário comprovar renda ou cumprir requisitos socioeconômicos e nem ter feito o Enem. Para encontrar a bolsa ideal para você e começar logo o seu curso, basta acessar o site:

Encontre bolsas de estudo

Separamos uma lista de algumas universidades que aceitam a nota do Enem e que oferecem condições especiais para você cursar uma graduação, veja abaixo:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2024 CNPJ: 10.542.212/0001-54