Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Idiomas

Como colocar idiomas no currículo?

por Natália Plascak Jorge em 14/02/19 9,5 mil visualizações


Tem gente que pensa que colocar idiomas no currículo é só inserir o nível de conhecimento em línguas estrangeiras e pronto.

Mas, segundo alguns especialistas no assunto, é preciso mais do que isso. É necessário indicar também quais são as suas habilidades em relação a eles.

Confira um exemplo de como fazer isso e acertar na hora de colocar idiomas no currículo:

Incorreto:
Espanhol básico
Português fluente
Correto:
Inglês avançado (leitura, escrita e conversação)

O que é importante lembrar

Se o seu nível de conhecimento em um idioma for básico e você não estiver fazendo um curso sobre ele no momento, não indique isso no seu currículo.

Se você é brasileiro, não precisa colocar que você fala português. Isso é um diferencial só para quem é estrangeiro, ok?

Como avaliar o seu nível de conhecimento em um idioma

O que gera muita dúvida nas pessoas também é como avaliar o nível de conhecimento em um idioma.

Veja como fazer uma autoavaliação sobre cada um dos idiomas que você domina.

  • Básico: pequena compreensão sobre o idioma
    Esse nível é para aqueles que já estudaram alguma vez na vida o idioma, mas ainda não são capazes de manter uma conversa ou compreender um texto. A pessoa consegue se apresentar e entender coisas simples sobre a língua.
  • Intermediário: consegue começar uma conversa
    No nível intermediário, a pessoa consegue entender textos e conta com um volume bom  de palavras em seu vocabulário para se comunicar. A dificuldade que permanece é a de manter a fluidez em uma conversa.
  • Avançado: domínio da fala, leitura e escrita
    No nível avançado, a pessoa consegue entender textos complexos e se comunicar de forma clara e fluída.
  • Fluente: grande entendimento sobre a língua
    Quando a pessoa é fluente, o vocabulário dela é amplo assim como a sua capacidade de comunicação. Além da clareza, existe um domínio total da língua em situações complexas.

Em que posição se deve colocar idiomas no currículo?

Considerando um modelo ideal de currículo, a parte sobre os conhecimentos em idiomas deve vir logo depois da formação acadêmica.

Por isso, fique atento e coloque tudo no lugar certo.

Atenção!

Seja sempre sincero! Não adianta você aumentar o quanto sabe sobre um idioma, porque o entrevistador vai comprovar o seu nível de conhecimento com um pequeno teste.
Se você colocar que tem um nível avançado, quando na realidade tem um nível básico, vai se passar por mentiroso e ainda ficar em uma situação bastante constrangedora.

O que fazer para melhorar as suas oportunidades

Se você é daqueles que já entendeu a importância de dominar o inglês e outros idiomas e quer melhores oportunidades no mercado de trabalho, pode contar com a ajuda do Quero Bolsa Idiomas para isso.

Bolsa de estudo para cursos de Inglês


Fontes de pesquisa: Vagas.com, Robert Half

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54