Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Dicas e Curiosidades

Como declarar gastos com educação no Imposto de Renda?

por Isabela Giordan em 20/04/18 24 mil visualizações

Atualizado em 06/03/2020

Todo começo de ano é quase a mesma coisa, não é mesmo? Além do início das aulas, esse período também é lembrado como aquele para fazer pagamentos dos impostos anuais e também de declarar para a Receita Federal todos os ganhos e pagamentos do ano anterior.

Senão já sabe, não é mesmo? Você corre o risco de ser pego pelo leão!


Apesar do Simba (leãozinho do gif acima) ser bem mais dócil, o “leão” do imposto de renda pode ser algo beeeeeeem mais assustador, pois pode mexer com as estruturas das suas finanças.

Neste ano, o prazo para declaração iniciou em março e terminará no dia 30 abril. Você já fez a sua? Se não, cuidado para não deixar para a última hora, pois esse é um processo que necessita tempo e atenção, ou isso também pode refletir no seu bolso, visto que a multa mínima para quem não faz a declaração dentro do prazo é de R$ 165,74.

Para te ajudar, a Revista Quero consultou a contadora da Quero Educação Larissa Pavanelli, que deu ótimas dicas para quem precisa declarar gastos com educação. Confira:

  • Qual é o teto de dedução com gastos de educação?

Esse valor é de R$3.561,50 por pessoa anualmente, porém, tome cuidado! Não é porque esse é teto, que esse é o valor que você deve declarar.

É preciso informar todos os pagamentos: “é necessário declarar o total que você pagou para a instituição, porque senão na hora que a receita for cruzar o que a instituição recebeu de você com o seu CPF, não irá bater. Então, você tem que colocar exatamente o valor total que você pagou, mesmo não sendo essa totalidade deduzida no seu imposto”, reforça Larissa.

  • Quais tipos de gastos com educação eu posso declarar?

São eles: Educação Infantil (creches e pré-escolas), Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior (graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado e especialização) e Educação Profissional (cursos técnicos).


  • Quais tipos de gastos com educação eu NÃO posso declarar?

Fique atento e não declare os seguintes tipos de gastos: material escolar, uniforme, transporte, alimentação, atividades extracurriculares (cursos de idiomas, esportes, música, pintura, entre outros), cursos preparatórios para vestibular e/ou para concursos públicos.

  • Como saber o valor que eu preciso declarar?

Para saber qual é o valor que você gastou durante o ano com a sua instituição de ensino e também para descobrir qual CNPJ cadastrar, uma dica da Larissa é pedir um informe de pagamentos para a secretaria da sua faculdade. Lá, estarão dados muito importantes, como, por exemplo, o valor exato que é declarado para a Receita Federal, como o CPNJ correto e a Razão Social da instituição.

Outra forma é somar o valor de todos os boletos que você pagou durante o ano, incluindo matrícula e rematrícula.

  • Tranquei meu curso e mudei de faculdade, qual curso devo declarar?

Os dois! Nesse caso, você irá pedir um informe de pagamentos das duas faculdades e informar separadamente seus gastos com cada uma naquele ano. Caso você tenha mudado apenas de campus ou turno, só certifique-se que o CNPJ e a Razão Social da instituição é o mesmo.

  • Qual valor devo somar: com a bolsa ou sem a bolsa?

Você deve declarar o valor pago, ou seja, o valor final do boleto que você pagou, já com todos os descontos aplicados.

“Por exemplo, se uma pessoa faz um curso mil reais e ela conseguiu 90% de bolsa, então, ela vai declarar só o que ela está pagando efetivamente para a faculdade. Se ela está pagando 100 reais por mês de boleto, então ela vai declarar a somatória dos meses que ela pagou”, evidencia a contadora da Quero Educação.

  • Achei uma opção de bolsas de estudo no programa do Imposto de Renda 2019, o que isso significa?

Esse é um rendimento isento, mas que são bolsas de estudo e de pesquisa caracterizadas como doação quando os resultados dessas atividades não representem vantagem para o doador (normalmente, são bolsas de mestrado e doutorado). Cuidado para não se confundir!

  • Como declarar a bolsa do Quero Bolsa?

Para saber a resposta dessa dúvida, é só clicar aqui!  

  • Esse valor é cobrado por pessoa?

Sim! O valor de  R$3.561,50 é deduzido individualmente pelo período de um ano. Ou seja, se você é o titular da declaração e faz faculdade, mas também tem um filho dependente, e pagou os gastos da educação infantil dele, é preciso informar os pagamentos separadamente de cada um deles.

  • É preciso colocar os recebimentos do dependente?

Muitas pessoas só se lembram de declarar os gastos dos dependentes, mas esquece dos recebimentos dos mesmos.

“Essa pessoa que está fazendo, que é o titular, ela não pode esquecer de colocar não só os pagamentos, mas também os recebimentos. Por exemplo, uma pessoa que está fazendo estágio e está como dependente do pai ou da mãe, mas ela está recebendo, então, o titular tem que colocar na declaração que fez o pagamento para a faculdade referente ao filho, e que esse dependente também teve ganhos de estágio”, explica a contadora.


Para finalizar, lembre-se de guardar os documentos que você utilizou para fazer o seu imposto de renda e o comprovante da declaração por, no mínimo, cinco anos. Assim, caso você seja questionado pela Receita Federal, terá como se defender.

Ainda não tem bolsa de estudo?

No Quero Bolsa, você pode garantir uma bolsa de estudo de até 75% em mais de 20 mil cursos no Brasil todo. Para garantir a bolsa, não é preciso comprovar renda. São mais de mil instituições parceiras, confira:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
ALERTA DE VAGAS i-close
O que é o Quero Bolsa?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

O Quero Bolsa é o site que te ajuda a entrar na faculdade! Reunimos todas as informações para você fazer a melhor escolha e garantir uma vaga na faculdade.

Tá esperando o que pra conseguir a sua?

ALERTA DE VAGAS i-close
Veja como é simples! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Preencha os campos abaixo com suas preferências e receba avisos de vagas disponíveis no Quero Bolsa.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54