Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Como escrever uma carta de apresentação para o vestibular?

por Isabela Giordan em 28/08/20

Você sabe o que é uma carta de apresentação? Utilizada comumente em processos seletivos de vagas de emprego, esse documento é uma carta de introdução sobre quem é o candidato e quais são os seus diferencais.

Entretanto, a carta de apresentação, também conhecida como carta motivacional, também começou a ser utilizada em vestibulares de instituições de ensino brasileiras. A prática, que é comum em seleções em universidades de outros países, tais como, Estados Unidos, França e Inglaterra, está se estabelecendo em terras tupiniquins.

carta de apresentação faculdade

Pioneira no Brasil, há alguns anos uma das etapas do processo seletivo de ingresso no curso de Administração da Escola de Administração de Empresas de São Paulo (Eaesp), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), é a escrita da carta motivacional. 

"Por meio da carta espera-se avaliar os aspectos motivacionais que levaram o candidato a escolher aquele determinado curso naquela determinada instituição. A ideia é investigar, logo de início, as razões que guiaram o estudante na sua escolha", aponta Sandra Sanchez, consultora da Mba Empresarial, empresa que oferece orientação para candidatos da Eaesp. 

Já a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) aderiu à carta de intenção para o processo seletivo de Seleção Especial, que é realizado para preenchimento das vagas remanescentes do semestre.

Outra instituição de ensino que incluiu esse tipo de carta na sua seleção foi a Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), porém a motivação foi por "razões de força maior", também conhecida como pandemia de Covid-19.

"Em função da pandemia e em atenção à determinação das autoridades públicas, bem como às orientações das autoridades sanitárias, as quais preconizam o distanciamento social como forma de reduzir os níveis de exposição de pessoas ao vírus, a PUC-Campinas optou por realizar vestibular de forma segura e que permitisse a participação de todos os candidatos interessados em estudar em nossa universidade", explica Maria Luisa de Lara Uzun de Freitas, professora da PUC-Campinas e coordenadora Coordenadoria de Ingresso Discente (CID). 

Além da utilização da carta de apresentação na seleção de ingresso do segundo semestre de 2020, a universidade também incluiu a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como opção para ingresso ainda neste ano. 

Como escrever uma carta de apresentação?

Ao se tornar uma parte do vestibular, a carta de apresentação será avaliada minuciosamente, considerando não apenas o conteúdo, mas também o formato e as normas de gramática. 

Após anos de experiência na orientação desse tipo de carta, Sandra acredita que o melhor formato para esse tipo de carta respeitar a seguinte estrutura básica:

  • Início: deixar claro seus objetivos e fazer um resumo do que será relatado ao longo do texto.
  • Desenvolvimento: falar porque determinada universidade e curso são apropriados para você e incluir informações sobre sua trajetória, seus interesses em termos de disciplinas e áreas de conhecimento, seus pontos fortes, o tipo de trabalho que pretende realizar e que impacto social deseja ter com a futura profissão. 
  • Conclusão: reforçar a ideia de como o curso e a instituição vão te ajudar a atingir seus objetivos.

Entretanto, antes de seguir a estrutura básica, é importante ficar atento aos pedidos de cada instituição de ensino. Segundo o edital de Seleção Especial,por exemplo, a carta de intenção da Unemat deve ter enfatizar as seguintes informações:

  • Nome, formação, instituição e área em que trabalha; 
  • Experiência acadêmica e/ou profissional na área de abrangência do curso ou áreas afins, se houver; 
  • Motivos de ordem profissional e intelectual que o levaram a candidatar-se; 
  • Possibilidades de aproveitamento do curso em sua atuação profissional, informando de que forma o curso poderá contribuir para o desenvolvimento das suas atividades; 
  • Outros itens que considerar relevantes para este processo seletivo. 

No caso da PUC-Campinas, a professora Maria Luisa explica que o formato deve seguir as indicações do Manual do Candidato, divulgado antes de cada processo seletivo: "A Carta de Apresentação (Redação) deve conter uma descrição sobre sua trajetória até aqui (conhecimentos, habilidades, experiências e atitudes), os motivos da escolha do seu curso e as suas contribuições como futuro profissional para a sociedade. Além disso, é importante considerar quais são os critérios de avaliação, os quais vão orientá-lo nesta construção."

Além disso, o Manual do Candidato informa também as especificações técnicas da carta de apresentação daquele vestibular em especifíco:

  • Ser escrita pelo candidato em língua portuguesa;
  • Ter, no mínimo, 20 (vinte) e no máximo 30 (trinta) linhas digitadas;
  • Fonte Times New Roman ou Arial, corpo 12 (doze), espaço 1,5 (um e meio), em folha de papel A4 (a quatro), para posterior encaminhamento em formato PDF.

Ou seja, apesar da estrutura da carta de apresentação ter uma "fórmula universal", é muito importante se atentar ao edital de cada seleção, já que as regras podem mudar de acordo com a necessidade de cada universidade.

O que NÃO escrever na carta de apresentação?

Para Maria Luisa, os candidatos devem estar atentos aos editais e analisar o que é esperado da carta e seguir as indicações estritamente, assim evitando equívocos. "O estudante não colocar qualificações nem características que não possui de fato, ainda que em desenvolvimento", aponta. 

Além disso, é indicado que o participante evite comentários polêmicos ou politicamente incorretos.

Qual é a diferença entre a carta de apresentação de vestibulares brasileiros e estrangeiros?

Para Sandra Sanchez, não há muitas diferenças entre a carta de apresentação solicitada por universidades brasileiras ou estrangeiras, visto que a finalidade é a mesma. 

"Não há diferenças significativas entre as cartas de apresentação solicitadas por universidades brasileiras ou estrangeiras. Em todas elas o candidato tem a oportunidade de falar sobre si próprio, apresentando sua personalidade, gostos, interesses, habilidades, planos para o futuro e os motivos pelos quais deseja estudar naquela escola. O que varia é o número máximo de palavras permitidas nos textos", esclarece. 

Apesar disso, a coordenadora da Coordenadoria de Ingresso Discente da PUC-Campinas, Maria Luisa de Lara Uzun de Freitas, reforça que cada universidade, seja ela brasileira ou não, possui as suas particularidades. Por isso, antes de elaborar esse tipo de carta, é preciso buscar quais são as expectativas das instituições em relação aos candidatos e seus propósitos e filosofias. 

Carta de apresentação: qual é a diferença entre a carta para vestibular e a de trabalho?

"A diferença é que a carta de motivação para entrada em uma universidade foca mais na escolha do curso e na adequação (fit) do aluno ao perfil da escola. Já a carta de apresentação para um novo emprego foca nas competências do candidato e na sua possível contribuição para a empresa", explica Sandra Sanchez. 

Guia completo: Redação do Enem

Ainda não sabe escrever uma redação para o Enem? Neste guia, você aprende como deve ser o formato da redação, quais são os critérios de avaliação e vê exemplos de redações de sucesso e dicas de quem tirou nota 1.000 e é especialista no assunto. 

Baixar Guia sobre Redação

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54