Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Cursos Técnicos

Quais são os cursos técnicos mais procurados da atualidade?

*Texto escrito pelo colaborador Lucas Bicudo

Nem todas as pessoas sabem o que querem fazer da vida logo de cara. Após o Ensino Médio, entrar numa faculdade é um compromisso razoavelmente grande, que muitas vezes quem está nessa fase se compromete simplesmente pela pressão de dar continuidade aos estudos, sem ter o embasamento de fato daquilo que quer exercer como carreira.

Essa é uma das explicações para os grandes índices de abandono de cursos universitários. Cursos técnicos são uma ótima solução para dar esse primeiro passo sem se comprometer tanto e entender quais, de fato, são suas valências e como funciona o mercado de trabalho.

Isso porque essa modalidade, validada especialmente pelo Sistema de Ensino Brasileiro, é para quem quer entrar no mercado de trabalho. Com menor duração, o certificado técnico e um emprego promissor podem fornecer a motivação necessária para o aluno reservar o tempo e a energia necessários para futuramente dar continuidade aos estudos por meio de uma graduação.

E não, os cursos técnicos não são a mesma coisa que uma faculdade. Não é um atalho ou tampouco um substitui o outro. São formações complementares. Mas vamos entender e listar os cursos técnicos mais procurados da atualidade.

homem estudando

O que são os cursos técnicos?

Ao contrário de um curso de graduação, que dá uma visão ampla de conhecimento da valência escolhida para a formação, o objetivo dos cursos técnicos, como foi dito, é formar pessoas diretamente para o mercado de trabalho. Basicamente, eles são muito mais focados na prática.

Outra questão importante é que os cursos técnicos estão em um nível entre o Ensino Médio e o Ensino Superior. Eles podem ser feitos após o Ensino Médio ou substituir essa etapa, integrando as disciplinas práticas com as matérias regulares em um só curso.

Essas diferenciações colocam os cursos técnicos em 3 categorias básicas:

  • Curso Técnico Integrado: substitui parcialmente o Ensino Médio e pode ser iniciado logo após o aluno finalizar o Ensino Fundamental. Ao concluir um curso técnico integrado, o estudante recebe o certificado de conclusão do ensino médio e o certificado de conclusão do curso técnico escolhido.

  • Curso Técnico Externo: acontece separado do Ensino Médio, feito em paralelo. Para iniciá-lo, o primeiro ano do Ensino Médio deve estar concluído.

  • Curso Técnico Profissionalizante: é uma opção para quem já fez todo o Ensino Médio e quer se capacitar para o mercado de trabalho antes de se comprometer com uma graduação.

    Saiba mais:
    +9 cursos técnicos que têm os maiores salários
    +Saiba quais são os 5 cursos técnicos que mais empregam

    Quais são os benefícios dos cursos técnicos?

    Com uma qualificação técnica, principalmente se você começar a se capacitar no período do Ensino Médio, é mais provável que você comece a trabalhar mais cedo. 

    Dar o passo direto para a graduação, que tem longa duração, pode ser apressado e no fim das contas não se encaixar muito bem com o seu perfil, ainda mais no momento em que você está se descobrindo profissionalmente.

    Cursos técnicos têm menor duração, mas mesmo assim incluem grande variedade de experiências práticas e teóricas. Essa capacidade de simular o que ocorre na rotina de trabalho permite que você esteja mais preparado para identificar as habilidades que estejam mais alinhadas com seus objetivos.

    Esse tipo de certificação fornece não apenas o “quê” e o “como”, mas também o “porquê” das coisas. É este “porquê” que ajuda o aluno a ter informações imprescindíveis sobre o raciocínio por trás da atuação profissional.

    Além disso, os cursos técnicos são uma alternativa mais fácil, rápida e barata, que proporciona as habilidades e os conhecimentos necessários para crescer profissionalmente, independentemente da área de atuação escolhida.

    A modalidade pode ser a chave para abrir novas perspectivas de emprego, novos empreendimentos de carreira ou uma vida acadêmica mais embasada. 

    Saiba mais:
    +Curso técnico EaD: tudo o que você precisa saber (e mais um pouco)
    +Como incluir o curso técnico em seu currículo?

    Áreas profissionalizantes pelos cursos técnicos

    No Brasil, os cursos técnicos estão divididos em 13 áreas, ou os chamados “Eixos Tecnológicos”: 

    1. Ambiente e Saúde

    2. Controle e Processos Industriais

    3. Desenvolvimento Educacional e Social

    4. Gestão e Negócios

    5. Informação e Comunicação

    6. Infraestrutura

    7. Militar

    8. Produção Alimentícia

    9. Produção Cultural e Design

    10. Produção Industrial

    11. Recursos Naturais

    12. Segurança

    13. Turismo, Hospitalidade e Lazer

    Cursos técnicos mais procurados da atualidade

    A Consultoria ManpowerGroup montou uma lista com os cursos técnicos mais procurados da atualidade, de acordo com alguns critérios como salários, falta de mão de obra qualificada no setor e demanda por profissionais da área. Confira!

    Desenvolvedor Mobile

    Segundo a lista, um dos cursos técnicos mais procurados da atualidade é o de Desenvolvedor Mobile. O mundo hoje pertence aos smartphones. Esse mercado oferece muitas vagas para desenvolvedores capazes de criarem aplicativos e aplicações mobile. É crescente também o número de organizações que estão buscando profissionais para trabalhar como gerentes de projetos, designers e testers.

    Um bom exemplo é o número significativo de startups que lucram com a idealização e criação de apps e impulsionam o crescimento desse mercado. O curso técnico de Desenvolvedor Mobile possibilita ao aluno o desenvolvimento de websites portáteis, interativos e acessíveis, adaptáveis a múltiplos dispositivos e plataformas.

    O salário de um profissional do setor pode chegar a R$ 5.000,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Técnico em Geoprocessamento

    Outro dos cursos técnicos mais procurados da atualidade, segundo os critérios da lista, é o de Geoprocessamento. O objetivo desse curso é especializar profissionais para uso e análise de dados geográficos, produzidos e manipulados por diferentes geotecnologias disponíveis.

    Os técnicos atuam na coleta de informações geoespaciais e processamento de dados cartográficos para elaboração de mapas georreferenciados, cartas topográficas e plantas e no entendimento de fenômenos urbanos e ambientais.

    O salário médio inicial é de R$ 4.000,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Técnico em Meio Ambiente

    Na sequência, entre os cursos técnicos mais procurados da atualidade, vem o Técnico em Meio Ambiente, que habilita o profissional responsável pelo levantamento e sistematização de dados, informações e documentos técnicos para subsidiar a realização de estudos socioambientais.

    Esse profissional também contribui no processo de elaboração de políticas ambientais, na implementação e controle de programas de gerenciamento ambiental e sistemas de gestão integrada; atua em organizações públicas, privadas e não governamentais do comércio, serviços, indústria, consultoria, ensino e pesquisa, abrangendo as mais diversas questões referentes ao licenciamento ambiental.

    O salário médio inicial é de R$ 3.500,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Técnico em Comércio Exterior

    Com a economia globalizada é cada vez mais comum que as empresas precisem de alguém que cuide dos processos de importação e exportação. Por isso, esse é um dos cursos técnicos mais procurados da atualidade.

    Ao cursá-lo, o aluno desenvolverá competências profissionais para aplicar regras das políticas cambiais e alfandegárias, cumprindo os trâmites aduaneiros, portuários, de transporte, armazenagem e logística internacional em conformidade com a legislação vigente. Basicamente, a função do profissional de comércio exterior é reduzir os gastos das companhias com trâmites de negociação de produtos e serviços com outras nações.

    O salário médio inicial é de R$ 3.500,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

     

    Técnico em Redes de Computadores

    O objetivo do curso técnico em Rede de Computadores é atender demandas de instalação e manutenção de redes locais, administrar e integrar redes de computadores e implantar mecanismos de segurança e monitoramento, seguindo normas técnicas, ambientais, de qualidade, saúde e segurança no trabalho.

    O setor está em expansão e por isso precisa de mão de obra qualificada para manter as redes de computadores funcionando perfeitamente. Vê porque é um dos cursos técnicos mais procurados?

    O salário médio inicial é de R$ 3.000,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Técnico em Mecânica

    O curso técnico em Mecânica permitirá que o profissional trabalhe na fabricação, montagem e na instalação de equipamentos, além de apoiar a gestão da manutenção, implementar processos de produção e atuar no desenvolvimento de projetos mecânicos e na automação de máquinas e processos mecânicos, atendendo as normas e padrões técnicos, de qualidade, saúde e segurança e de meio ambiente.

    O salário médio inicial é de R$ 2.200,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Técnico em Construção Civil

    Também conhecido como técnico em edificações, esse profissional é o braço direito do engenheiro civil, pois atua junto dele na coordenação e ação construtiva de obras civis. O curso técnico tem como objetivo oferecer ao aluno uma série de conhecimentos que possam prepará-lo para conhecer um edifício: desde a elaboração de estudos, medições e análises na preparação de projetos, esboços e desenhos, utilizando ferramentas computacionais.

    Poderá atuar como desenhista projetista, orçamentista e técnico de instalações prediais, coordenando e atuando na execução de várias etapas construtivas, auxiliando o engenheiro tanto no controle, como no planejamento e orçamento da obra.

    O salário médio inicial é de R$ 2.200,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Técnico em Logística

    Em linhas rápidas, a logística é responsável pela distribuição de tudo que é comercializado no país. É isso que faz esse curso técnico estar listado entre os mais procurados da atualidade. Quem trabalha no setor é responsável por planejar, programar e coordenar as operações de transporte e distribuição de uma empresa.

    A sua formação técnica desenvolve a capacidade de analisar e diagnosticar situações variadas, enfatizando o raciocínio, avaliação e ponderação em termos estratégicos, operacionais, conceituais e teóricos, além de implantar programas de melhoria continuada, buscar redução de custos, melhorar a qualidade dos processos logísticos de armazenagem, transporte e distribuição de produtos.

    O salário médio inicial é de R$ 2.100,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Técnico em Segurança do Trabalho

    O Técnico em Segurança do Trabalho é responsável pela análise e avaliação do ambiente de trabalho, das instalações e dos processos laborais, visando à prevenção de incidentes, acidentes e doenças ocupacionais.

    Adota medidas de controle de riscos por meio de ações, programas de saúde e segurança do trabalho. Atua em organizações públicas e privadas de qualquer segmento, por meio da prestação de serviços autônomos, temporários, contrato efetivo ou, ainda, como empregador.

    O salário médio inicial é de R$ 1.900,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Técnico em Eletrotécnica

    O técnico em Eletrotécnica atua na parte de avaliação de projetos e esquemas de instalação, desenvolvendo estudos e projetos de eletricidade. O objetivo do curso é habilitar profissionais para instalar, operar e manter equipamentos e sistemas destinados à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, bem como elaborar projetos, seguindo normas técnicas, ambientais, da qualidade e de segurança e saúde no trabalho.

    O profissional do setor encontra oportunidades de trabalho na indústria e nas redes de distribuição e armazenamento de energia elétrica.

    O salário médio inicial é de R$ 1.700,00, mas isso depende do porte da empresa em que atuará.

    Saiba mais: 5 motivos convincentes para fazer um curso técnico

    Como conseguir uma bolsa de estudo para curso técnico?

    O site Quero Bolsa oferece descontos de até 80% em mensalidades de cursos técnicos até o fim do curso. Para garantir a sua bolsa de estudos, basta clicar no botão abaixo e informar qual é o curso, cidade e instituição de sua preferência e, em seguida, efetuar sua pré-matrícula!

    Bolsas para cursos técnicos

    Onde encontrar um curso técnico?

    Confira abaixo algumas opções de instituições de ensino que oferecem diferentes tipos de cursos técnicos:

    banner image banner image

    O que você achou deste artigo?

    Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

    Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

    Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

    O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

    O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

    Feito com pela Quero Educação

    Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54