Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Profissões

Desenvolvedor Web: já pensou em seguir esta carreira?

por Redação Revista Quero em 16/04/19 610 visualizações

O desenvolvedor web é um dos profissionais mais requisitados no momento. Esta é uma atividade que tende a crescer ainda mais nos próximos anos com a evolução constante da tecnologia.

Para se destacar nesse mercado, porém, é preciso ter qualificação. Foi-se o tempo que bastava gostar de mexer no computador para ser o maior entendido de TI. Hoje, cursos e especializações são exigências, diante da concorrência cada vez mais acirrada pelas melhores oportunidades.

E você, já pensou em seguir essa carreira?

A seguir, encontre as principais informações sobre a profissão de desenvolvedor web: o que esse profissional faz, como é o mercado, como começar a programar e quais cursos existem na área.

Vamos nessa?


O que faz um desenvolvedor web

De maneira simplificada, podemos dizer que o desenvolvedor web ― ou web developer ― é o profissional responsável por criar páginas para a web.

Você, ao acessar um site, sabia que existe toda uma estrutura por trás dele que faz tudo funcionar?

Essa estrutura consiste em um conjunto de códigos e comandos, que são lidos pelo navegador para exibir exatamente o que você vê e fazer funcionar todos os botões, links, imagens e animações quando você interage com a página.

O desenvolvedor web, então, é quem escreve os códigos do site e faz a manutenção para que eles funcionem como se espera.

Geralmente, esse profissional trabalha em parceria com um web designer, que é responsável por criar o layout (aparência) das páginas. A partir do design, o desenvolvedor web entra em cena e traduz tudo que é imagem para a linguagem dos códigos.

O desenvolvedor web também pode se especializar em algumas áreas. Veja agora quais são as principais:

Desenvolvedor Front-End

Front-end é o nome que se dá aos elementos com os quais um visitante de um site interage. O desenvolvedor front-end, então, é responsável por dar vida à interface ― design, conteúdo e navegação ―, com a intenção de proporcionar a melhor experiência para o usuário em qualquer dispositivo, como desktops, smartphones e tablets.

Desenvolvedor Back-End

Já o back-end consiste na estrutura que fica por trás da aplicação e que o visitante não vê. Nesse caso, o desenvolvedor back-end deve garantir que o sistema responda corretamente às ações dos usuários, por meio da comunicação com o banco de dados e das regras da aplicação (definidas através do código).

Desenvolvedor Full-Stack

O desenvolvedor que domina tanto front-end quanto o back-end é chamado de desenvolvedor full-stack e adquire um perfil multidisciplinar, capaz de desenvolver um projeto completo.

Quais linguagens de programação são usadas para desenvolvimento web?

Se as interfaces da web se tornaram mais complexas e atrativas para os visitantes, dá para imaginar que a estrutura por trás delas também ficou mais robusta. Por isso, muitas linguagens de programação surgiram ou se tornaram mais populares nos últimos anos, exigindo conhecimentos mais específicos dos profissionais.


As linguagens de programação podem ser divididas conforme o seu uso: front-end ou back-end. Conheça agora as mais usadas:

Front-End

    • HTML (linguagem de marcação);
    • CSS (linguagem de estilo);
    • JavaScript (linguagem de script/programação, atualmente também usada para back-end).

Back-End

    • PHP (linguagem de script);
    • Java (linguagem de script);
    • Ruby (linguagem de script);
    • Python (linguagem de script);
    • SQL (banco de dados).

Vagas para desenvolvedor web: como se colocar no mercado profissional?

Existem várias possibilidades de atuação para o desenvolvedor web. Todo tipo de empresa pode requisitar um profissional que seja capaz de desenvolver aplicações para a web. Portanto, você pode encontrar vagas em empresas de pequeno a grande porte, além de agências focadas em marketing digital e criação de sites.

Outra possibilidade são as startups. Essas empresas são focadas em inovação e buscam um crescimento rápido e escalável. Se você acha que tem perfil para esse tipo de negócio, pode encontrar ótimas oportunidades nesse setor, e ainda crescer com as startups.

Se você não quer ser contratado por uma empresa, também pode atuar como um freelancer, que desenvolve sites por conta própria e presta serviços para empresas.

Vida de desenvolvedor web: como é o dia a dia dessa profissão?

Geralmente, imagina-se que o desenvolvedor web é aquela pessoa que vive grudada no computador e não se comunica com ninguém. Porém, no dia a dia, não é bem assim.

É verdade que esse conhecimento é necessário para criar projetos que funcionem corretamente, e também para saber se adaptar a diferentes cenários e resolver os problemas que caem no seu colo.

Porém, algumas habilidades sociais também são essenciais. A rotina do desenvolvedor web é de bastante comunicação com diferentes áreas da empresa e com os usuários que utilizam as suas criações. É extremamente importante entender seu público para saber a melhor maneira de desenvolver cada funcionalidade.


Por isso, saber trabalhar em uma equipe diversificada, que abrange diferentes perfis profissionais, e entender as necessidades dos usuários são habilidades importantes para desenvolver sites que entreguem a melhor experiência.

Como começar a aprender programação

Para começar a estudar programação, é interessante focar em linguagens que possam ajudar a construir uma base sólida de conhecimento e que sejam de mais fácil aprendizado, como HTML (para elementos visuais) e Python (para lógicas de programação).

Por outro lado, as linguagens de programação mais recentes e com poucos profissionais no mercado, como Elixir e Clojure, podem ser um diferencial para quando você já tiver um conhecimento mais consistente na área.

Se você quiser entrar nesse mundo do desenvolvimento web, existem vários cursos online, inclusive gratuitos, sobre os primeiros passos na lógica de programação e nas diferentes linguagens.

Vale a pena conferir esta seleção de cursos para desenvolvedor web  e, quem sabe, já começar a criar as suas primeiras aplicações!


Faculdade de programação: qual formação devo ter?

As formações de nível superior mais cursadas pelos desenvolvedores web são Ciência da Computação e Sistemas de Informação (ou Análise de Sistemas). Engenharia da Computação e Engenharia de Software também são cursos de graduação que formam profissionais capacitados para programar.

Para cursar essas graduações, você pode encontrar boas oportunidades de bolsas de estudo em diversas faculdades do Brasil e, assim, obter uma formação na área com mensalidades mais em conta.

Agora você já sabe tudo sobre a carreira de desenvolvedor web. Se você se identificou com a área e acha que tem perfil para seguir nessa profissão, prepare-se para entrar em um mercado cheio de oportunidades, especialmente para quem se qualifica, já que as empresas não querem ficar para trás no quesito tecnologia.

Mas se prepare também para concorrer às vagas com muitos outros profissionais, que também querem aproveitar esse mercado em crescimento. Mais uma vez, a qualificação se mostra como um grande diferencial.

Se você ficou com alguma dúvida sobre a profissão de desenvolvedor web, comente abaixo para podermos ajudar!

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54