Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Universidades

Empresas Juniores: empreendedorismo dentro da universidade

por Giovana Murça em 20/03/19 740 visualizações

Se você é jovem universitário (ou quase lá), cheio de novas ideias e com energia de sobra para mudar o país, você precisa conhecer as Empresas Juniores! É a sua chance de ter sua própria empresa dentro da faculdade.


As Empresa Juniores (EJs) são empresas administrada por alunos de graduação ou do ensino técnico supervisionados por professores. Elas podem ser de uma área de atuação como as agências de comunicação, que englobam estudantes de Relações Públicas, Jornalismo e outros, ou de um curso específico, como uma empresa júnior de Design, por exemplo.

A ideia de empresa júnior surgiu em 1967 na França e chegou ao Brasil na década de 1980. Segundo a Brasil Júnior, a Confederação Brasileira de Empresas Juniores, hoje o Brasil é recordista mundial em número de empresas juniores, são cerca de 800 ativas em todo país!

O objetivo das EJ’s é que os estudantes possam colocar em prática os ensinamentos da sala de aula, conhecer melhor o mercado e ter uma vivência empresarial e empreendedora durante a graduação. Mais do que isso, “o propósito do Movimento Empresa Júnior é formar empreendedores capazes e comprometidos a transformar o Brasil”, explica Laura Giovelli, assessora de imprensa da Brasil Júnior.

Membros da Brasil Júnior, a confederação que representa as empresas juniores brasileiras (Foto: Divulgação/Brasil Júnior)

Rotina de mercado de trabalho

Para cumprir esse propósito, Laura Giovelli avisa: “Buscamos jovens proativos, que tenham vontade e brilho no olhos para aprender e fazer a diferença diferente”. Os universitários que se encaixam nesse perfil devem ficar de olho nas datas dos processos seletivos das EJ’s da sua universidade, que ocorrem, em geral, semestralmente.

Desde o início, os estudantes já podem sentir na pele o primeiro desafio do mercado de trabalho: a entrevista. Os processos seletivos envolvem etapas de dinâmicas em grupo e entrevistas, assim como nas empresas seniores, e existem vários cargos, como consultores, gerentes e diretores.

Leia também:
Agência Júnior de Comunicação é oportunidade de experiência para alunos do Mackenzie
Empresa Junior da Estácio ajuda microempreendedores locais

Independente da função, o fato é que o estudante que se torna um empresário júnior tem muito a ganhar. Ainda durante o curso, o aluno conhece o funcionamento de uma empresa na prática, tem contato com clientes e projetos reais, toma decisões e aprende com seus erros.

Por conhecer os desafios profissionais ainda no ambiente universitário, o estudante desenvolve características muito visadas pelos recrutadores das empresas. “Os recrutadores sabem que você não é tão iniciante quanto os outros e que possui conhecimentos interpessoais que muitos vão demorar para desenvolver”, ressalta Lucas Roly, presidente da EJ de Consultoria Empresarial, Geração Júnior Nova Iguaçu, da Universidade Estácio de Sá, campus Nova Iguaçu (RJ).

Desenvolvimento para alunos, sociedade e universidade

Para Igor Lima, consultor empresarial na Geração Júnior, essa experiência está sendo fundamental para sua formação não só profissional, mas também interpessoal. “Aprendi várias habilidades como organização, liderança, responsabilidade, trabalho em equipe, pontualidade, trabalhar sob pressão e resiliência”, se orgulha Igor.

Não só os alunos se desenvolvem. As empresas podem ter acesso a um serviço barato e de qualidade, principalmente as de pequeno e médio porte. Assim, as EJ’s cumprem seu papel de contribuir de forma positiva na sociedade, como explica Laura Giovelli:  “Os projetos realizados trarão soluções aos clientes e esses poderão melhorar as suas vidas e de mais pessoas”. As universidades, da mesma forma, saem ganhando, pois têm o projeto como um complemento da educação de seus alunos e uma forma de promover a instituição.

Integrantes da Geração Júnior Nova Iguaçu (Foto: Divulgação/Geração Júnior)

Todo dinheiro que a empresa júnior ganha com dos projetos é reinvestido na formação de seus membros e na própria empresa. Os empresários juniores não ganham salário ou bolsa-auxílio, mas não pense que por isso a experiência torna-se menos valiosa.

É o que compartilha Igor Chamarelli, consultor de recursos humanos da Geração Júnior Nova Iguaçu: “A empresa é levada muito a sério pelos seus alunos e colaboradores, mesmo não ganhando na parte financeira, todos se empenham em crescer e desenvolver projetos cada vez melhores”.

A responsabilidade dos membros da EJ’s é altíssima, o que exige muita dedicação e empenho dos seus membros. “Mesmo que seja uma empresa júnior, temos que entregar nossas atividades com muita qualidade, senão prejudicamos toda a empresa”, alerta Lucas Roly.

Você também pode!

Quer se tornar um empreendedor júnior mas ainda não está na faculdade? Garanta sua bolsa de estudos no Quero Bolsa! São mais de 1.300 universidades parceiras com descontos de até 80% para você ser o próximo universitário do Brasil ;)

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54