Ajuda
Envie mensagem ou ligue

0800 123 2222

Seg - Sex 8h-22h

Aceitamos ligação de celular.

Home57C77C78-8763-4FB7-A3CC-F103BFBA018E Lista de Cursos

Relações Públicas

Resumo do curso

*A classificação foi feita com base na Árvore do Conhecimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Sobre o curso de Relações Públicas

O curso de Relações Públicas forma profissionais que constroem, promovem e preservam a imagem e reputação de empresas, marcas e instituições, por meio de projetos de comunicação.

Suas estratégias criativas afetam diretamente a dinâmica das organizações, ao colaborar com a criação da identidade e da imagem corporativa.

Ao final do curso, o aluno terá adquirido visão estratégica, com foco nos negócios e na responsabilidade social, e será capaz de elaborar políticas de relacionamento entre as organizações e o público.

Para isso, a matriz curricular engloba conhecimentos teóricos e práticos, unindo-os a um conjunto de disciplinas humanísticas, que serão utilizados criticamente pelos futuros profissionais.

No mercado de trabalho, o profissional de Relações Públicas atua elaborando estratégias de comunicação em grandes empresas, organizações públicas, terceiro setor e agências de comunicação, além de assessorar personalidades públicas, como os políticos.

Considerando que a sobrevivência das organizações depende, cada vez mais, da imagem obtida junto aos seus diferentes públicos, e a importância que as mídias sociais têm ganhado na construção da imagem corporativa, a atuação do relações públicas tem se tornado cada vez mais necessária e seu campo de atuação mais abrangente, inclusive na internet.

Estudante de Relações Públicas sentado na mesa

Quer saber tudo sobre Relações Públicas? Aqui no Quero Bolsa, você encontra todas as informações que precisa para escolher o curso que mais gosta. E ainda pode garantir uma bolsa de estudo de até 70% de desconto.

Mensalidades a partir de R$ 240,00 entre as 1.116 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Garanta sua bolsa de estudo.

Veja como é simples:

1

Encontre sua bolsa de estudo abaixo

2

Faça sua pré-matrícula online

3

Economize até o fim do curso

Qual a sua localização?
Qual curso você está buscando?

Até quanto pode pagar?

Prefere alguma faculdade?

O que faz o Profissional de Relações Públicas?

O relações públicas elabora planos estratégicos das áreas de comercialização, marketing e comunicação para empresas agroindustriais, industriais, de comercialização e serviços em geral. Também implementa e coordena atividades e assessora a diretoria e setores da empresa.

Em sua área de atuação, o profissional de Relações Públicas gerencia recursos humanos, administra recursos materiais e financeiros e promove condições de segurança, saúde, preservação ambiental e qualidade.

Ele atua no processo de decisão política, participa da formulação de políticas públicas, elabora e estabelece estratégias de relações governamentais, analisa os riscos regulatórios ou normativos e defende os interesses dos representados.

Nota de corte para Relações Públicas

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidadesfederais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte. O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em umdos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Relações Públicas foram:

Maior nota de corte

656

Unifiam-Faam

Menor nota de corte

630

Ufal

Maior nota de corte

728

Ufmg

Concorrência no curso de Relações Públicas

Segundo as estatísticas do Ministério da Educação, em 2016, 10 mil estudantes disputaram as 6,2 mil vagas de Relações Públicas disponíveis no país. Isto significa uma relação candidato vaga de 1,64.

1,64candidatos por vaga

Como é o curso de Relações Públicas?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de Relações Públicas, apesar de ser da área da Comunicação, tem suas funções e características específicas e deve seguir regulamento próprio.

De acordo com as diretrizes, a grade curricular deve estar organizada em quatro eixos, complementares entre si: Formação Geral, Comunicação, Formação Suplementar e Relações Públicas.

Para as atividades didáticas, deve ser considerado o mínimo de 1.400 horas divididas entre os três primeiros eixos e 1.400 horas para o eixo específico de Relações Públicas, além de 200 horas de Atividades Complementares e 200 horas para o estágio supervisionado.

A Formação Geral contempla conteúdos de cultura geral e de formação ética e humanística, baseados nas áreas de Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas, com foco na ética e em questões como direitos humanos, educação ambiental e sustentabilidade. Poderão ser agregados conteúdos de diversas áreas, conforme projeto de formação definido pela instituição de ensino, além dos seguintes campos:

  • Filosofia;

  • Sociologia;

  • Economia;

  • Direito;

  • Antropologia;

  • Psicologia;

  • Estética e Artes;

  • Ciência Política;

  • Administração.

O eixo de Comunicação consiste em conteúdos teóricos e aplicados das Ciências da Comunicação, com foco nos processos e práticas de relações públicas, como:

  • Fundamentos teóricos da comunicação;

  • Linguagens, mídias e tecnologias.

O eixo de Relações Públicas possui conteúdos teóricos aplicados a práticas laboratoriais, que são específicos para a compreensão das Relações Públicas. As matérias básicas desse núcleo são:

  • Pesquisas de opinião e de imagem;

  • Diagnóstico, planejamento e gestão estratégica da comunicação;

  • Planejamento e organização de eventos;

  • Gerenciamento de crises;

  • Redação institucional, produção de mídias impressas, audiovisuais e digitais;

  • Comunicação em rede;

  • Portais corporativos, governamentais e comunitários;

  • Projetos sociais e culturais.

Já a Formação Suplementar é composta de acordo com o projeto de formação definido pela instituição de ensino. Ela inclui:

  • Empreendedorismo e Gestão de Negócios;

  • Comunicação nos processos de governança corporativa;

  • Psicologia Social;

  • Estatística;

  • Relações Governamentais;

  • Cerimonial e Protocolo;

  • Ouvidoria.

Quantos profissionais de Relações Públicas se formam por ano no Brasil?

Segundo dados do Ministério da Educação (MEC), todos os anos 1,1 mil profissionais se formam em faculdades de todo o país.

1,1 milprofissionais se formam por ano no Brasil

Faça carreira em Relações Públicas

Onde o profissional pode trabalhar?

O relações públicas costuma exercer suas atividades na condição de trabalhador com carteira assinada.

Atua em equipes de trabalho, sob supervisão ocasional, e desenvolve suas funções em ambientes fechados e em períodos diurnos.

Algumas atividades podem exigir que o profissional trabalhe sob pressão, levando-o à situação de estresse.


Quais são as exigências do mercado de trabalho?

Para o exercício dessa ocupação, é necessário diploma do curso superior em Relações Públicas reconhecido pelo MEC e registro junto ao Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas (Conrerp).

O tempo requerido para o exercício pleno das funções é de quatro a cinco anos de experiência profissional.


Quais são as principais competências pessoais do Profissional de Relações Públicas?

As principais características do profissional deRelações Públicas, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

  • Liderar pessoas;

  • Capacidade de negociação;

  • Tomar decisões;

  • Capacidade de abstração;

  • Trabalhar em equipe;

  • Raciocínio analítico;

  • Capacidade de síntese;

  • Capacidade de relacionamento interpessoal;

  • Flexibilidade;

  • Agir com empatia;

  • Organização;

  • Habilidades comunicativas;

  • Criatividade;

  • Saber ouvir;

  • Visão sistêmica;

  • Pensar estrategicamente.

Deixe suas dúvidas ou comentários sobre o curso de Relações Públicas