logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Fuvest 2022: veja a correção comentada da segunda fase

A segunda fase da Fuvest 2022 teve início neste domingo (16). De acordo com a Fundação, 30 mil candidatos foram convocados para a segunda fase, mas 2.177 participantes faltaram no primeiro dia de prova. 

Confira: 
Segunda fase da Fuvest: veja o caderno de questões do último dia de prova
Segunda fase da Fuvest: confira a correção comentada do último dia de prova

Neste primeiro dia, os candidatos realizaram as provas de Português, composta por 10 questões, e uma Redação do gênero dissertativo-argumentativo. Em relação às questões, a Fuvest afirmou em matéria divulgada no site oficial, que os textos da prova abordaram temáticas relevantes e atuais.

Veja também:
Fuvest 2022: confira o caderno de questões da segunda fase
Encontre bolsas de estudo de até 80% para graduação

correção comentada da segunda fase da Fuvest 2022

Correção comentada do 1º dia da segunda fase da Fuvest 2022

A seguir você confere os comentários de professores e diretores de cursinhos pré-vestibular sobre as questões do primeiro dia da segunda fase da Fuvest. Confira:

Curso pré-vestibular Oficina do Estudante

Redação - Professora Vanessa Bottasso

"O tema 'As diferentes faces do riso' propõe uma reflexão profundamente atual e situada entre os mais importantes debates da sociedade brasileira e mundial, que fazem refletir sobre a vida e o prazer de vivê-la em meio às crises contemporâneas. A prova segue o padrão dos últimos anos ao oferecer uma frase temática clara, sustentada por uma coletânea reflexiva e instigadora, provocando o candidato à articulação de ideias e representações do riso para discutir as variadas formas e funções por ele exercidas, tanto individual quanto social e culturalmente".

Português - Milton Costa, professor de Gramática e Literatura

"Foram quatro questões de gramática, quatro de compreensão e apreensão de sentido, cinco de literatura – sendo que quatro delas acerca dos livros da lista ('Alguma Poesia', de Drummond, e 'Angústia', de Graciliano Ramos: as mais fáceis; 'Campo Geral', de Guimarães Rosa, e 'Terra Sonâmbula', de Mia Couto: as mais difíceis, de nível médio), duas de semântica e uma de figura de linguagem. Gramática e Literatura, portanto, num bom equilíbrio, com leve destaque para a primeira. Questões de nível médio a fácil, numa prova trabalhosa. Nada de 'Quincas Borba', de Machado de Assis, nem de 'Romanceiro da Inconfidência', de Cecília Meireles, em nenhuma das fases. Um exame equivalente ao anterior em termos de dificuldade, com abordagens interessantes, instigantes e atualíssimas, ainda que nada tenha havido de relacionado à Covid".
Leia mais:
Fuvest 2022: confira o caderno de questões da segunda fase
Veja quais são os cursos mais concorridos da Fuvest USP

Curso Anglo

Redação - Sérgio Paganim, diretor pedagógico

Segundo o diretor, a prova de redação da Fuvest 2022 seguiu a tradição dos exames elaborados nos anos anteriores. Paganim afirmou que o tema "é amplo, universal e foi proposto de forma bastante abrangente. A coletânea desenhou um bom pano de fundo ressaltando aspectos como o caráter universal do riso, seu aspecto social, polissêmico e inquietante, o aspecto político e de resistência".

Considerando os textos apresentados na coletânea e a proposta temática, Sérgio Paganim destacou cinco referências que o candidato poderia ter utilizado na prova. Confira:

1. Filme "O nome da rosa", de Umberto Eco

"Alguns monges consideravam a comédia como um gênero perigoso, porque rir de tudo poderia fazer todos rirem de Deus. O riso então se mostrava como uma fonte de liberdade perigosa, uma dimensão política, em que do ponto de vista dos donos do poder, o riso poderia causar certa instabilidade social".

2. Ditado latino "Ridendo castigat mores"

"Tradução: rindo moralizam-se os costumes. Essa é uma frase que condensa no Gil Vicente, um autor português, uma forma de corrigir os costumes ridicularizando-os e fazendo rir deles. O riso então sintetiza uma visão de mundo, visão segundo a qual a melhor forma de mudar uma realidade é enfatizar o seu absurdo e rir dela".

3. "Rir é um ato de resistência", Paulo Gustavo

"Frase de um vídeo em que fala que o humor salva, transforma, cura , traz esperança pra vida da gente. Ou seja ressalta a importância da comédia em momentos de tristeza. Aqui a gente tem uma dimensão mais politizada do tema. O candidato poderia desenvolver essa veia mais política da resistência ao caos e à tristeza ao falar em uma resistência em relação a ordem social injusta em que se vive. O riso seria um antídoto a essa situação".

4. Perseguição à cartunistas e humoristas

"A sede da Porta dos Fundos, produtora de vídeos de comédia, sofreu um ataque a bombas em 2019, e o massacre do jornal francês Charlie Hebdo em 2015, em que foi publicado uma série de caricaturas de Maomé, mostram de que maneira os tempos sombrios de intolerância ao riso e à sátira podem gerar atos de violência".

5. Riso como forma de alienação em relação aos problemas e às responsabilidades

"O que muitas pessoas fazem na sociedade, até mesmo autoridades diante da incapacidade de um projeto politica de abster-se da realidade. Ou seja,  é uma alienação da realidade a partir de e por meio do riso".

Português - Sérgio Paganim, diretor pedagógico

Para o diretor do curso Anglo, a prova de Português exigiu habilidades de leitura e diferentes níveis de consciência de produção de textos. Segundo ele, foi uma "prova equilibrada em gramática e texto, e um nível de dificuldade maior em literatura. Por isso, cumpre o papel de selecionar alunos mais preparados que leem bem e que sabem refletir sobre os mecanismos que produzem sentidos em textos de gêneros variados".

De acordo com Paganim, as questões contaram com temas relevantes da cultura atual como preservação ambiental e cultura indígena. O diretor apontou três aspectos que foram abordados nesta prova:

Recursos gramaticais: tempos verbais, adjunto adverbial e a sua contribuição, sentido do texto e oração reduzida e seu desdobramento;

Figuras de linguagem: ironia, no poema de Carlos Drummond de Andrade;

Obras literárias: exigiu o domínio do enredo das obras obrigatórias e seus aspectos estruturais. Além disso, exigiu o entendimento profundo dos trechos tantos das obras quanto de comentários a respeito delas.

Curso Poliedro

Redação - Professora Fernanda Zara

"A Fuvest exige sempre uma dissertação argumentativa e este ano não foi diferente. Então era importante que o aluno organizasse o texto em torno de uma tese que ele defendesse ao longo dos parágrafos de argumentação. A prova tem uma característica muito importante que é o fato de que os textos motivadores da coletânea precisam ser todos contemplados. Não há opção do candidato explorar apenas um. Ele precisa entender qual é o fio condutor dessa coletânea de textos motivadores e explorar esse sentido de leitura da prova.

Confira a seguir, a análise de cada texto motivador feita pela professora:

"O texto dessa prova dizia trazia a ideia de que o riso é inerente ao ser humano de que ele é natural para todo mundo ainda que ele possa ter motivações culturais onde possa sofrer influências de cada cultura.
Todo mundo ri. Existe riso em todas as culturas mas dado que as motivações são culturais a gente pode compreender cada cultura também a partir daquilo que faz aquele povo rir. E isso já nos leva para um encaminhamento mais cultural social que é também bastante interessante. 
O texto dois trazia a relevância dos aspectos sociais no tema de como o riso é importante para a compreensão da sociedade. O texto três nos mostrava que o riso pode servir a muitos propósitos e ser influenciado por ideologias diversas.
O texto quatro nos trazia a ideia de que o riso não é necessariamente ingênuo ao contrário ele pode servir para propósitos sérios como a crítica. O texto cinco trazia uma bela homenagem ao humorista Paulo Gustavo e mostrava a ideia de que rir diante das adversidades é uma maneira de se manter firme e de resistir apesar dos pesares.
Diante disso, a frase temática que nos questiona as diferentes faces do humor pede que a gente analise quais são os interesses por trás de algo que nos faz rir por trás do humor, quais são as ideologias que atravessam essas piadas e as anedotas e todas essas manifestações humorísticas. E aqui interesses essas manifestações servem. Isso é muito interessante para a gente conhecer e compreender a nossa sociedade".

Português - Pedro Oscar, coordenador do Poliedro de São Paulo

"De uma forma geral a gente pode falar que essa prova foi um pouco mais complexa do que a de anos anteriores. Ela seguiu o mesmo padrão de perguntas e manteve eixos temáticos similares aos dos últimos anos, porém as questões apresentavam textos com uma complexidade um pouco maior. Houve uma predominância de interpretação de texto e voltaram a aparecer questões de gramática pura que exigiam do aluno também conhecimento teórico e não apenas a interpretação.
Nessa prova nós encontramos imagens para serem analisadas e também quatro questões referentes a obras literárias. Vale lembrar que dessas quatro questões, duas são referentes aos novos livros 'Alguma Poesia' e 'Terra Sonâmbula'."

Como é a segunda fase da Fuvest 2022?

A prova é dividida em dois dias. Amanhã (17) os candidatos farão as provas das disciplinas específicas, de acordo com o curso escolhido. De acordo com a Fuvest, a prova do segundo dia tem o valor de 100 pontos.

Para concorrer a uma vaga nos curso de  Artes Cênicas, Artes Visuais e Música é necessário realizar também a prova de habilidades específicas, que será aplicada entre os dias 19 e 22 de janeiro. As informações referentes a esse processo seletivo podem ser encontradas no Manual do Candidato.

Leia mais:
Quando sai o resultado da Fuvest 2022?
Fuvest divulga Manual do Candidato do vestibular USP 2022

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54