Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Qual é o melhor tipo de máscara para usar no Enem e em outros vestibulares?

por Isabela Giordan em 14/01/21

A época de vestibulares é um momento de pressão na vida de muitos jovens. As provas são desafiadores e exigem que em apenas algumas horas o estudante demonstre todo o conhecimento adquirido em anos de estudo. 

Porém, como sempre é possível ficar um pouco mais difícil, a pandemia de Covid-19 tornou o vestibular algo ainda mais complicado. Afinal, a fim de conter a taxa de contágio, as aulas presenciais foram interrompidas e muitos precisaram "se virar nos 30" para continuar estudando. 

Além da mudança de rotina, outro acessório foi introduzido no dia a dia e, por enquanto, também é obrigatório durante os vestibulares: a máscara facial. Essa proteção impede que pessoas infectadas passem a doença para outros e diminui as chances de contaminação. 

Saiba mais: Uso de máscara e distanciamento serão obrigatórios nos vestibulares pós-pandemia

máscara no enem e vestibulares

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 
Para confirmar a exigência da máscara, os editais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e de vestibulares tradicionais como, por exemplo, da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) tornaram obrigatório o uso do acessório, sob pena de eliminação para aqueles não cumprirem a decisão. 

Para te ajudar, a Revista Quero conversou com Vitor Mori, físico e engenheiro biomédico que atua no Observatório COVID-19 BR, para saber qual é o melhor tipo de máscara facial para os longos dias vestibulares com mais de cinco horas, quais são cuidados indicados e como se acostumar com o adereço antes das provas. Confira:

Qual é o melhor tipo de máscara para quem vai fazer o Enem?

"Por ser um ambiente fechado, sem controle sobre o quão bem ventilado está o espaço e com muitas pessoas na sala, o melhor tipo de máscara é a PFF2, que é o padrão brasileiro equivalente à N95", indica Vitor. 

As máscaras PFF (Peça Facial Filtrante) possuem alta capacidade de filtração do ar e não permitem que partículas que estejam no ar sejam capazes de entrar em contato com o sistema respiratório. A PFF2 possui eficácia mínima de 94%, garantindo que o usuário não seja contaminado mesmo estando em um ambiente com muitas pessoas por um longo período.


"É possível utilizar essa máscara durante todo o período da prova, por até oito horas ou mais. É apenas importante trocá-la caso ela fique muito molhada, até porque com ela molhada fica mais difícil de respirar. Por isso, é bom ter ela e uma alternativa reserva", reforça o cientista.

Porém, por conta da demanda do mercado, encontrar esse tipo de máscara é um pouco mais difícil e mais caro do que há alguns meses. Nesse caso, Vitor Mori indica que os estudantes utilizem uma máscara de pano grosso, com duas a três camadas e bem justa, para garantir a vedação e evitar o vazamento do ar pelas laterais do rosto. 

"Uma boa escolha é uma máscara que tenha um clipe metálico para ajudar no nariz ou até colocar um espadrapo em torno da máscara para fechar os vazamentos. Quanto mais vedada e de boa proteção for a máscara, mais ela protege o estudante e quem está ao entorno", explica.

Vale a pena colocar duas máscara ao mesmo tempo para aumentar a segurança?

Para o cientista e engenheiro biomédico, colocar mais de uma máscara ao mesmo tempo não faz muita diferença. O importante é que o estudante se certifique que não há vazamento de ar pelo entorno do pano.

Além da máscara, quais outros cuidados o vestibulando precisa tomar durante as provas?

"Eu acho importante higienizar as mãos, isso já o suficiente. Como o estudante não tem controle sobre a ventilação da sala, sobra para ele a opção de utilizar a máscara e lavar as mãos",  recomenda Mori.

Vestibular em tempos de Covid-19: veja os protocolos sanitários do Enem, Fuvest, Unicamp e Unesp

Quais cuidados o estudante deve ter na hora da alimentação?

A única exceção para prevista nos editais é para o consumo de alimentos e ingestão de líquidos. Se você não se sente seguro em retirar a máscara para beber água ou comer, a dica é utilizar uma garrafa com canudinho e pedir para sair da sala para comer rapidamente. 

"Para retirar a máscara, se for por alguns poucos segundos para tomar água, por exemplo, não tem problema nenhum. Agora, se for comer, eu recomendo fazer isso apenas do lado de fora ou apenas levantar a máscara, colocar a comida na boca e mastigar de máscara. Para isso, é importante escolher algo fácil de comer e que não faça muita bagunça", sugere.

Como se acostumar com a máscara antes da prova e diminuir a sensação de  incômodo?

Independemente do tipo de máscara escolhido, permanecer com essa proteção facial durante horas pode se tornar algo incômodo, ainda mais considerando que é preciso que a máscara fique justa ao rosto. 

Para diminuir a sensação de incômodo, Vitor Mori indica que os estudantes tentem se acostumar a ficar de máscara já em casa: "Se a prova é domingo, entre sexta e sábado vai tentando se acostumar com a máscara, faça um simulado utilizando-a, tente ficar por um período mais longo usando ela, aprendendo a tomar água com o canudinho sem tirar a máscara, fazendo os testes de vedação." 

Se você é ou mora com alguém do grupo de risco, é ainda mais importante fazer o uso da máscara corretamente e garantir que não haja contaminação. Por isso, treine em casa como retirar e colocar a máscara garantindo que você esteja seguro e não corra nenhum tipo de risco.

Qual é a forma correta de retirar a máscara facial? 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) preparou um vídeo com o passo a passo para colocar e retirar máscara faciais, seja ela de pano ou cirurgica, da forma correta, sem correr o risco de se infectar: 

Lembrando que, caso você precise ir ao banheiro, permaneça com a máscara e lave as mãos com sabão e água por cerca de 60 segundos.

Guia completo de redação do Enem

Você sabia que a redação do Enem compõe 20% da sua nota final? Afinal, ela é uma das cinco competências avaliadas no exame! 

Por isso, a Revista Quero lançou o "Guia completo de redação do Enem". Nele, você encontra dicas de redação, conhece o formato exigido e os critérios de avaliação, além de conferir exemplos de redação nota 1.000. 

Guia completo de redação do Enem

Assuntos que mais caem no Enem e em outros vestibulares

Além do guia sobre redação você também pode ficar por dentro dos assuntos mais cobrados em cada matéria da prova. 

O Poliedro fez um levantamento bem didático, com gráficos e ilustrações. Para acessar o material com essas informações, é só clicar no botão abaixo e fazer o download gratuito.

Assuntos mais cobrados no Enem

Veja também: Calendário do Enem 2020

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54