Concorra a Bolsas de Estudo 100%
logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Unicamp 2022: confira a correção comentada do último dia da segunda fase

Nesta segunda-feira (10), aconteceu o segundo e último dia da segunda fase do vestibular 2022 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A lista de aprovados será divulgada em 14 de fevereiro, pelo portal oficial da Comvest, órgão da universidade responsável pelo processo seletivo.

Encontre bolsas de estudo de até 80% para graduação

A prova consistiu em dez questões dissertativas, sendo seis de matemática, duas interdisciplinares de ciências humanas e duas interdisciplinares de ciências da natureza. Além disso, os candidatos responderam doze questões específicas, de acordo com o curso escolhido durante a inscrição.

Banco de imagens da Unicamp
Correção Segunda Fase Unicamp 2022

Leia mais:
+ Unicamp 2022: como é calculada a nota final?
+ Unicamp 2022: cursos mais concorridos

Unicamp 2022: correção comentada do segundo dia da prova

Segundo a Comvest, a 2º fase da Unicamp 2022 teve um total de 11 mil participantes, com uma taxa de abstenção de 13, 5%. As provas de habilidades específicas serão aplicadas nos dias 13 a 15 de janeiro. Ainda não se sabe a data de divulgação do gabarito com as respostas da segunda fase. Mas, enquanto isso, é possível acompanhar as correções feitas pelos professores do cursinho Oficina do Estudante (Campinas -SP).

Diretor pedagógico, Daniel Cecílio

A prova deste ano foi mais difícil do que a do ano passado, realmente privilegiando os
candidatos mais bem preparados. Exceção à prova de Biologia, considerada pela nossa equipe mais fácil do que a de 2021. Mas, isso não quer dizer que foi uma prova ruim. Pelo contrário, foi extremamente atual e contextualizado, com assuntos altamente debatidos no momento, como degradação ambiental, fake news e o SARS-Cov-2. Já as equipes de Física, Histórica e Matemática consideraram a prova de nível alto. A de Geografia também teve nível elevado, cobrando assuntos não comuns ao cotidiano escolar como saber em quais estados está localizada a tribo Ianomâmi. Já a prova de Humanidades, ficou no padrão da 2ª fase, exigia uma reflexão crítica dos estudantes, com predomínio de temas vinculados à questão indígena, mas com ausência de Filosofia. Em geral, a prova ficou nos padrões da Unicamp, contextualizada e atualizada

Professor de Biologia, Marcelo Perrenoud

A prova da UNICAMP de 2022 foi relativamente mais fácil que a de 2021. Não houve a
presença de questões polêmicas e a prova se mostrou extremamente atual e contextualizada. Dentre as questões de biologia apareceram temas como a degradação de biomas brasileiros, a veiculação de fake news sobre a vacinação e o SARS-Cov-2, além de fisiologia vegetal, genética e parasitoses como a malária. Mais uma vez a UNICAMP se mostrou extremamente competente e atual, sendo capaz de criar questões que exploram ao máximo diversas habilidades dos vestibulandos.

Professor de Física, Arnaldo Bom Nobre

A prova estava bem contextualizada em relação à tradição e ao estilo das provas de 2ª fase da Unicamp. Quanto aos assuntos, foram cobrados: cinemática; eletricidade; dinâmica - força restante, energia, trabalho e impulso; estática/hidrostática. Causou estranhamento a ausência de temas como óptica e termologia, bem comuns e importantes em termos dessa banca. Destaco ainda que nada foi pedido sobre saúde, pandemia e afins. Concluo, que a prova foi exigente, de alto nível, bem composta e bem escrita, com ligeiro exagero em conteúdos de dinâmica newtoniana e impulsiva.

Professor de Química, Marcos Formis

Prova muito bem feita, exigindo interpretação de gráficos, cartoons, e bons textos, os assuntos contidos são interessantes e comumente abordados em aula, tais como química verde, variação de pH, separação de materiais, eletroquímica. Além de exigir domínio de conceitos químicos, a prova exigiu conhecimento geral sobre vários temas.


Professor de Geografia, Renato Piton 

Sua dificuldade é relativamente superior à do ano anterior. Não apresenta questões polêmicas, todavia, apresenta enunciados com profundidade de assuntos não comuns ao cotidiano escolar, como saber em quais estados está localizada a tribo Ianomâmi. Todavia, mesmo com as especificidades, é uma prova atualizada e contextualizada, abordando em duas questões o contexto pandêmico. Os assuntos estão bem distribuídos entre a Geografia Física e Humana, trazendo mesmo nos temas mais naturais uma reflexão crítica. Em geral, uma prova complexa e atual que fará bem a seleção do aluno com desempenho bom e o com desempenho excelente.


Professor de Matemática, Rodrigo do Carmo

A prova de Matemática da 2ª fase da Unicamp 2022 apresentou uma avaliação de nível alto, mais difícil do que a prova do ano passado. Não apresentou questões polêmicas e percebe-se a presença de algumas questões com contextualização: Função Logística (novidade da prova), interpretação de gráfico (Prova de Ciências Humanas) a partir de um texto e uma questão de maximização. Não foi apresentada também nenhuma questão relacionada à pandemia ou área de saúde. É de se lamentar a falta de questões sobre: Geometria Plana, Matriz, Determinantes e Sistemas Lineares, Combinatória e Probabilidade, assuntos clássicos da segunda fase da Unicamp. Em geral, foi uma prova exigente, difícil e trabalhosa pensando no contexto do segundo dia de prova. 

Professor de História, Felipe da Costa Mello

A prova apresenta um nível de dificuldade médio, as questões tem um nível semelhante ao vestibular do ano. A prova estava bem contextualizada, trazendo elementos que ajudaram os candidatos. A distribuição dos assuntos foi tradicional, com uma divisão equilibrada, com destaque para temas ligados a escravidão. Houve uma questão ligada à saúde pública, mas sem citar a pandemia. Em suma, a segunda fase apresentou coerência e os alunos bem preparados, provavelmente, tiveram um bom desempenho.

  Professora de Humanidades, Juliana Guide

A prova de Humanidades mantém o padrão da Unicamp para a 2ª fase, mesclando questões de nível médio e difícil. Chamou atenção o predomínio de temas vinculados à questão indígena, cobrando do aluno principalmente noções de antropologia e os debates sobre eurocentrismo e etnocentrismo. Tais temas são bastante típicos do vestibular da Unicamp, mas sua incidência foi mais acentuada nesta segunda fase. Chamou atenção a ausência de questões de Filosofia no vestibular deste ano, em ambas as fases. Não houve questões sobre pandemia, vacinação ou saúde. Destaca-se a presença de questão sobre arte moderna brasileira, tema que esperávamos estar em evidência este ano por conta dos 100 anos da Semana de Arte Moderna de São Paulo. A prova sedimenta o padrão da Unicamp de favorecer na 2ª fase o candidato que saiba fazer boa interpretação crítica de texto e de imagem combinados. As informações do enunciado são cruciais e asseguram parte significativa de uma boa resolução.

Veja também a correção comentada do primeiro dia de prova

Unicamp 2022: professores avaliam a prova do segundo dia

Confira, abaixo, os comentários de alguns professores e diretores de escolas e cursinhos pré-vestibulares sobre os conteúdos cobrados no segundo dia de provas da segunda fase da Unicamp 2022.

Quando sai o resultado da Unicamp 2022?

Como foi o primeiro dia de provas?

No domingo (09) ocorreu o primeiro dia de provas da segunda fase do vestibular da Unicamp 2022. Os participantes responderam 10 questões dissertativas de linguagens e literatura, além de terem feito a redação.

A redação do vestibular 2022 da Unicamp propôs temas relacionados ao uso das redes sociais e ao corte de verba em pesquisa no Brasil. Os candidatos tiveram que optar por escrever no gênero de textão (post para redes sociais) ou no gênero de manifesto.

De acordo com a Comvest, o índice de abstenção deste ano foi de 12,7%, tendo 11.293 candidatos presentes.

Saiba detalhes sobre a prova de redação da Unicamp 2022

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

Tags relacionadas:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54