Melhores cursos com bolsas de estudo de Biomedicina em Brasília

Reunimos informações sobre os melhores cursos com bolsas de estudo de biomedicina, com as melhores faculdades da cidade de Brasília para que você possa fazer a melhor escolha.

As melhores faculdades de Biomedicina pelos alunos

Veja cursos de instituições bem avaliadas, segundo os alunos da Quero Bolsa.

1
IESB
5

Excelente

(14)


3
UNIP
4,3

Boa

(20)


4
Faculdades ICESP
2,5

Ruim

(11)

As melhores faculdades de Biomedicina pelo MEC

Veja cursos de instituições bem avaliadas, segundo o Governo (nota do MEC).

1
UCB
MEC 4

3
UNIP
MEC 3

4
UNICEUB
MEC 3
As melhores faculdades de Biomedicina pelos especialistas

Veja cursos de instituições bem avaliadas pelos especialistas do Guia da Faculdade.

1
UCB
Guia

Confira as cidades com polos perto de você

Dúvidas sobre o curso de Biomedicina

Como é a faculdade de Biomedicina?

A maior parte do currículo do curso de Biomedicina é voltada às Ciências Biológicas, o que inclui aulas de bioquímica, fisiologia, e microbiologia. Mas há também disciplinas de outras áreas, como estatística, comunicação, administração laboratorial e metodologia científica.

A duração média da graduação em Biomedicina é de quatro anos, com estágio e monografia obrigatórios.

Você poderá conferir mais detalhes sobre o número de estudantes que ingressaram no curso de Biomedicina no site da Revista Quero.

Quanto tempo dura o curso de Biomedicina?

O curso de Biomedicina tem duração média de 4 anos. Ele prepara profissionais para a prevenção, diagnóstico, recuperação da saúde, pesquisa, identificação de enfermidades e desenvolvimento de medicamentos e vacinas.

Qual é a diferença entre Biomedicina e Medicina?

Embora correlatas, a Biomedicina e Medicina possuem enfoques e objetivos distintos. Enquanto a Biomedicina se concentra na pesquisa das causas e mecanismos das doenças humanas, com o objetivo de desenvolver novos métodos diagnósticos e terapêuticos, a Medicina lida diretamente com o diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças, com foco no cuidado integral ao paciente.

Os médicos podem realizar diagnósticos clínicos, prescrever tratamentos, realizar cirurgias e acompanhar a evolução do paciente, oferecendo um cuidado mais direto e pessoal.

Confira as ultimas notícias sobre Biomedicina

Semana Acadêmica de Biomedicina da UEM tem inscrições abertas; confira programação

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) realiza, no começo de julho, a 10ª Semana Acadêmica de Biomedicina. As inscrições estão abertas e devem ser feitas até o dia 22 de junho, por meio do site oficial do evento.

As informações foram veiculadas primeiramente pelo site da UEM.

Podem participar estudantes de graduação e pós-graduação da área da saúde de qualquer Instituição de Ensino Superior (IES), bem como profissionais do ramo. A taxa de inscrição é de R$ 50.

A abertura das atividades está marcada para o dia 3 de julho, a partir das 19h, no Auditório do Bloco B-33, no câmpus sede da UEM. Também há palestras, minicursos e apresentações programadas para os dias 4 e 5 de julho.

Atuam na organização o Departamento de Análises Clínicas e Biomedicina (DAB/UEM), o Centro Acadêmico de Biomedicina Leal Prado de Carvalho (CABM/UEM), o Laboratório de Ensino e Pesquisa em Análises Clínicas (Lepac/UEM) e o Conselho Regional de Biomedicina da 6ª Região (CRBM 6).

Conforme os organizadores, o tema do evento é "Caminhos para Futuros Biomédicos". O objetivo da ação é promover atualização e divulgação de conhecimentos, bem como oportunizar trocas de experiências entre estudantes e profissionais da área. Serão abordados tópicos como docência, pesquisa, saúde pública, estética, imunogenética, primeiros socorros, código de ética, startups e inovação.

A participação na 10ª Semana Acadêmica de Biomedicina oferece certificado de até 20 horas de atividades.

Nova IA promete revolucionar a biomedicina ao prever comportamento de moléculas:

Nesta quarta-feira (8/5), o Google DeepMind e a Isomorphic Labs revelaram o AlphaFold3, uma inovação em inteligência artificial destinada a revolucionar a pesquisa biomédica. Essa avançada tecnologia vai além das capacidades anteriores, proporcionando previsões precisas não apenas sobre a estrutura tridimensional das proteínas, mas também sobre o comportamento de outras moléculas cruciais para o organismo.

Em 2020, o Google DeepMind, laboratório central de IA do Google, em colaboração com a Isomorphic Labs, desenvolveu o AlphaFold, uma IA que resolveu um desafio de décadas na biologia: prever o dobramento de proteínas em questão de minutos. Essas informações foram divulgadas primeiramente pelo site ItFórum.

Essa conquista é de extrema importância, uma vez que as proteínas têm formas complexas que determinam suas funções no corpo. Anteriormente, os cientistas dedicavam anos a esse processo.

Diferentemente de qualquer tecnologia anterior, o AlphaFold3 é capaz de prever não apenas como as proteínas se dobram, mas também o comportamento de outras estruturas biológicas cruciais, como o DNA e o RNA.

Essa descoberta acelera significativamente a pesquisa biomédica, possibilitando uma compreensão mais profunda do funcionamento das proteínas e facilitando o desenvolvimento de novos tratamentos médicos.

O AlphaFold3 também está sendo aplicado em pesquisas médicas essenciais, desde o estudo do coronavírus até a busca por tratamentos para doenças como malária e Parkinson.

Governo aposta na formação de educadores e profissionais de saúde para promover educação midiática:

O Secretário de Políticas Digitais da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, João Brant, anunciou que o Plano Plurianual (PPA 2024-2027) agora inclui a meta de formar 300 mil educadores e 400 mil profissionais da saúde para enfrentar a desinformação, como parte da estratégia governamental para promover a alfabetização midiática da população.

Essa informação foi inicialmente divulgada pela Agência Câmara de Notícias.

Durante uma audiência pública do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional sobre educação midiática na segunda-feira (8), Brant explicou que o assunto tem sido abordado pela secretaria em colaboração com o Ministério da Educação, visando criar um ambiente digital seguro, especialmente para crianças e adolescentes.

"Estabelecemos uma meta sem precedentes no PPA [Plano Plurianual] de formar 300 mil educadores e 400 mil profissionais de saúde, o que nos dá uma diretriz de trabalho, e essa diretriz nos guiará nos próximos anos na execução deste conjunto de medidas", afirmou.

Ele destacou que o tema transcende as divisões partidárias, sendo de interesse para toda a sociedade, e tem sido discutido por organizações como a ONU (Organização das Nações Unidas) e a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Dica importante: Confira o Guia Completo sobre a Redação do Enem. Veja dicas incríveis para você arrasar e conseguir uma boa nota nesta parte importante da prova. Tenha acesso aos critérios de avaliação, dicas de especialistas e exemplos nota 1000! Tudo gratuito para você!

Qual a grade curricular de Biomedicina?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Biomedicina em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Anatomia Sistêmica
  • Biofísica
  • Biologia Molecular
Ver mais sobre a grade curricular de Biomedicina