Informações

Música

Resumo do curso

Tipos de formação
Bacharelado, Licenciatura, Tecnólogo, Pós-graduação e Técnico
Área de conhecimento
Linguística, letras e artes
Duração
até 12 semestres
Estágio obrigatório?
Mínimo 400 horas

A classificação da área de conhecimento foi feita com base na Árvore do Conhecimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Sobre o curso de Música

O curso de Música possui modalidades em licenciatura e bacharelado, que se diferem bastante na atuação profissional. O estudante poderá ser professor, artista, intérprete, compositor, entre outras possibilidades.

A licenciatura forma profissionais educadores, que entendam a importância da aplicação da música na esfera social. O bacharel é o profissional preparado para ser instrumentista, regente, compositor e cantor.

Ao final do curso, o profissional da Música estará preparado, conforme o foco da sua graduação, para realizar projetos para a inserção da música em setores carentes ou atuar em conservatórios, escolas especializadas de música e projetos sociais.

O músico poderá, também, trabalhar no mercado de mídia em geral como compositor e arranjador ou como produtor e agente cultural.

Os tipos de formação para o curso de Música são: bacharelado , licenciatura , tecnólogo , pós-graduação e técnico .

Música
Procure o curso de Música ideal para você!
Veja como é simples começar a estudar
  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar
Mensalidades a partir de R$ 153,00 entre as 1.118 instituições parceiras do Quero Bolsa.
Tipo de modalidade
Qual a sua localização?
Cidade, endereço ou CEP
Prefere alguma faculdade?
Digite as faculdades

Personagem curioso

O que faz o Músico?

O músico regente ou compositor arranja e compõe obras musicais, assim como faz a regência e direção de grupos vocais, instrumentais ou eventos musicais.

Já o cantor ou instrumentista interpreta músicas por meio da voz ou de instrumentos, em público ou em estúdios de gravação.

O professor de Música planeja cursos, desenvolve pesquisas e criações artísticas, coordena atividades, estuda, pesquisa e ensina música.

Além disso, o profissional de Música pode atuar como editor de partituras, elaborador de textos e prestador de consultoria na área musical.

Com o Quero Bolsa, entrar na faculdade é muito mais fácil!

Cadastre-se e receba alertas por e-mail e WhatsApp quando chegarem novas vagas do seu interesse.
Seu nome

Com o Quero Bolsa, entrar na faculdade é muito mais fácil!

Encontre seu curso

1
Busque informações sobre bolsas de estudo, faculdades, cursos e preços.
Você pode informar a sua localização e a gente mostra quais vagas estão mais próximas a você.

Garanta sua bolsa de estudo

2
Pague a pré-matrícula e estude com o menor preço até o fim do curso.
Você pode pagar no boleto ou parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito.

Economize até se formar!

3
É só passar no processo seletivo da faculdade e concluir a matrícula.
Personagem Quero Bolsa

Nota de corte para Música

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Música foram:

Programa
Menor nota de corte
Maior nota de corte

Menor nota de corte

473

Cbm/Ceu

Maior nota de corte

727

Univali

Menor nota de corte

477

Unoesc

Maior nota de corte

676

Ucsal

Menor nota de corte

584

Ufrr

Maior nota de corte

743

Ufpa
Ativo 2

Está com dúvidas sobre Música?

Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Acessar Perguntas e Respostas

Como é o curso de Música?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de Música precisa conter conteúdos básicos, específicos e teórico-práticos.

Os conteúdos básicos compreendem os estudos relacionados com a cultura e as artes, envolvendo também as Ciências Humanas e Sociais, com matérias como Antropologia e Psicopedagogia.

Nos conteúdos específicos, o aluno estudará particularidades da área musical, com disciplinas de composição, regência e conhecimento instrumental.

Por último, os estudos teórico-práticos são os que permitem a integração da teoria com a prática, o exercício da arte, do desempenho profissional, pesquisa com iniciação científica e uso de novas tecnologias.

Nas licenciaturas em Música é obrigatória a realização de estágio supervisionado. A instituição de ensino é livre para exigir a produção de trabalho de conclusão de curso (TCC).

É importante lembrar que, conforme a habilitação, a faculdade poderá solicitar que seja realizada uma prova de habilidades musicais além do vestibular para ingresso no curso.

Qual a grade curricular de Música?

Para conhecer as matérias do seu curso de Música, basta acessar abaixo:

Grade Curricular de Música

Faça carreira em Música

Onde o profissional pode trabalhar?

O músico trabalha com música popular e erudita em atividades culturais e recreativas, em pesquisa e desenvolvimento, na edição, impressão e reprodução de gravações. É comum ao profissional de Música atuar também com ensino.

Ele pode fazer seu trabalho de forma solo, em duplas, trios, quartetos, bandas, corais e orquestras.

Uma grande parte destes profissionais trabalha por conta própria. No entanto, quando o músico faz parte de grupos estáveis de estados, municípios ou instituições, conta com registro em carteira.

Os horários de trabalho costumam ser irregulares. O profissional pode permanecer em posições desconfortáveis por um longo tempo ou lidar com ruído intenso e constante.


Quanto ganha um Músico

O salário médio de um Músico no Brasil é de R$ 1.682,94. Os estados onde a profissão de Músico têm os melhores salários são Pará, São Paulo e Pernambuco.

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui quanto ganha um Músico .


Quais são as exigências do mercado de trabalho?

Para o exercício da atividade de músico, o mercado tem requisitado cada vez mais a profissionalização com estudos em curso superior reconhecidos pelo MEC. A atuação em escolas da rede básica exige a licenciatura.

Também é preciso que o profissional de Música busque obter seu registro na Ordem dos Músicos do Brasil (OMB) de sua região.


Quais são as principais competências pessoais do Música?

As principais características do profissional de Música, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

  • Supervisionar o trabalho de assistentes e estagiários;

  • Conhecimento de técnicas de regência adequadas a diferentes grupos (vocais, instrumentais);

  • Zelar pela manutenção dos instrumentos;

  • Dominar o vocabulário e sinais musicais;

  • Domínio do instrumento que executa;

  • Propor soluções musicais a demandas específicas;

  • Capacidade de administrar;

  • Participar da elaboração de políticas culturais;

  • Conhecer outras línguas;

  • Capacidade de liderança;

  • Trabalhar em equipe;

  • Manter-se tecnicamente atualizado em sua especialidade;

  • Atualizar-se sobre as possibilidades do mercado de trabalho;

  • Ministrar aulas de música.