Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Endocitose

William Yugue
Publicado por William Yugue
Última atualização: 23/4/2019

Introdução

Endocitose é o processo de englobamento de grande quantidade de partículas pelas células eucarióticas. O processo de transporte visa absorver substâncias presentes no meio extracelular para o meio intracelular.

O processo, resumidamente, consiste no englobamento de macromoléculas e até mesmo outros organismos através da deformação da membrana plasmática, processo complexo e ativo, pois envolve gasto de energia. 

A deformidade da membrana plasmática só é possível devido a estruturas proteicas presentes em todo o interior celular que se agrupam formando o citoesqueleto

O citoesqueleto compõe uma rede interna de filamentos das células eucarióticas e garante o formato, movimentação e deformação celular. Como apenas as células eucarióticas possuem o citoesqueleto e este é fundamental para os processos que envolvem alterações do formato celular, apenas em seres eucariontes que a absorção de partículas ocorrem por endocitose.

Tipos

A endocitose geralmente é classificada levando como base a substância que é absorvida durante o processo e pode ser classificada em:

  • Fagocitose: englobamento de partículas grandes e sólidas presentes no meio extracelular;
  • Pinocitose: absorção de substâncias líquidas ou partículas menores dissolvidas;
  • Endocitose Mediada: absorção de partículas que se ligam em receptores presentes na membrana externa. Assim que a partícula se liga nos receptores, a membrana plasmática se deforma para absorver a substância.

Tipos de endocitose. 

Com a deformação da membrana, a partícula a ser absorvida passa a se localizar no interior de vesículas chamadas endossomos.

Fagocitose

O englobamento de partículas grandes e sólidas, incluindo até microorganismos, pode ter diversas finalidades. Alguns protozoários se alimentam apenas por fagocitose e alguns processos do sistema imune dependem da fagocitose para controlar infecções. Ou seja, é através da fagocitose que partículas são absorvidas e digeridas no interior celular.

O processo inicia-se com a aproximação da partícula a ser absorvida. a célula começa a deformar sua membrana plasmática, formando braços chamados de pseudópodes (do grego, "falsos pés") que se projetam para além da membrana e englobam a partícula formando uma vesícula chamada de fagossomo.

Esquema de fagocitose.

Pinocitose

A pinocitose envolve a absorção de partículas líquidas ou substâncias pequenas diluídas que não entram na célula pelos outros transportes como difusão ou bombeamento.

No processo de pinocitose, a célula se encontra em meio aquoso contendo a substância a ser absorvida e, ao contrário do processo de fagocitose, a membrana plasmática não se deforma formando os pseudópodes, mas forma invaginações que são preenchidas pelo líquido a ser absorvido. Embora a célula não projete braços para envolver a substância, a pinocitose também gasta energia, sendo, portanto, um processo ativo.

Diversos hormônios e os menores vasos sanguíneos dependem da pinocitose para serem absorvidos ou absorver moléculas, respectivamente.

Esquema de pinocitose.

Endocitose Mediada

A endocitose mediada por um receptor ocorre em diversas infecções virais, o próprio HIV entra na célula hospedeira por endocitose mediada. 

O processo é semelhante a fagocitose, mas neste caso, receptores proteicos localizados no lado externo da membrana plasmática possuem afinidade por substâncias específicas.

Dessa forma, a substância, ao se ligar aos receptores, promove a deformação da membrana plasmática, que sofre invaginação absorvendo a substância no interior da célula através dos endossomos.

Esse tipo de endocitose é mais rápida e eficiente, pois os receptores, ao se afinizar com a substância específica, promove uma deformação mais rápida da membrana plasmática.

Importância da Endocitose

Todos os indivíduos eucariontes, unicelulares e pluricelular, realizam a endocitose. Nos unicelulares, a endocitose é fundamental para a nutrição desses microrganismos. Protozoários se alimentam através de fagocitose e pinocitose.

Após internalizar as partículas, os lisossomos (organelas especializadas na digestão celular) se fundem aos fagossomos formando o vacúolo digestivo e liberando suas enzimas digestivas para digerir o alimento fagocitado. Após a digestão, os produtos podem ser reaproveitados pela célula ou liberados pelo processo de exocitose.

Nos organismos multicelulares, como nos animais, a endocitose pode desempenhar importante papel na manutenção do sistema imune, atuando como um importante mecanismo de defesa frente a infecções.

Após a entrada de microrganismos como bactériasvírus e protozoários no organismo, células imunes como os neutrófilos e leucócitos absorvem esses microrganismos, via fagocitose ou endocitose mediada, e os digerem em um processo similar a alimentação dos protozoários. O lisossomo se funde ao fagossomo para liberar suas enzimas e digerir o microrganismo para depois ser excretado para o meio extracelular via exocitose.

Referências

ALBERTS et. al. Biologia Molecular da Célula. 6ª edição. ArtMed.

ALBERTS et. al. Fundamentos da Biologia Celular. 4ª Edição. ArtMed.


Exercícios

Exercício 1
(UFSM/2012)

Os transportes através da membrana plasmática podem ser feitos a favor do gradiente de concentração ou contra ele. No entanto, quando as moléculas são grandes demais, as células recorrem a outros mecanismos, como a endocitose e exocitose. É, então, correto afirmar:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...