Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Tecidos do Corpo Humano

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 16/10/2018

Introdução

Existem no corpo humano quatro tipos de tecido: o tecido epitelial, o tecido conjuntivo, o tecido muscular e o tecido nervoso. Cada um deles é formado por um agrupamento de células de formas e funções parecidas. Sendo assim, a diferenciação dos tecidos se dá pela diferença na especificidade de cada conjunto de células.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Tipos de Tecidos

Tecido Epitelial

O tecido epitelial tem como função revestir o corpo, garantir a sensibilidade e secretar substâncias. Para isso, esse tipo de tecido é composto por células organizadas de diferentes formas: cilíndricas, achatadas e cúbicas. Nesse tipo de tecido não existem vasos sanguíneos, por isso, o tecido epitelial depende da nutrição que outros tecidos enviam.

O epitélio pode ser dividido em dois grupos: O epitélio de revestimento e o epitélio glandular.

  • Epitélio de revestimento: O epitélio de revestimento é classificado conforme o formato das células e o número de camadas celulares nele presentes. Pode ser pavimentoso, colunar ou cúbico, a depender da forma; e pode ser simples ou estratificado, a depender da quantidade de camadas - simples quando possui uma única camada e estratificado quando possui mais de uma camada. Quando células de diferentes tamanhos se apoiam na membrana basal, a camada apresenta uma aparência de epitélio estratificado, por isso, é denominado pseudoestratificado.
  • Epitélio glandular: O epitélio glandular tem como função a formação das glândulas exócrinas e endócrinas do organismo.

Tecido Conjuntivo

É um tecido com grande quantidade de matriz extracelular, constituído de fibras com dois tipos de proteínas: o colágeno e a elastina. As funções do tecido conjuntivo são a sustentação; o preenchimento, como a cicatrização; e o transporte de substâncias.
 
O tecido conjuntivo pode ser especializado em alguma função específica, portanto, poderá ser adiposo, cartilaginoso, ósseo, sanguíneo, hematopoiético, ou apenas tecido conjuntivo:

  • Tecido adiposo: é um composto de células capazes de acumular adipócitos (gordura). Sua principal função no organismo é a de garantir o isolamento térmico do corpo. É onde se encontra depositada a maior parte da energia do ser humano;
  • Tecido cartilaginoso: é um tecido flexível, de consistência firme. Tem como função a sustentação e o revestimento de regiões como a orelha e o nariz. Não existem nervos nem vasos sanguíneos nas cartilagens, sendo assim, a nutrição das células desse tecido se dá por meio dos vasos sanguíneos presentes no tecido conjuntivo adjacente;
  • Tecido ósseo: é um tecido rígido caracterizado por ser rico em sais minerais, cálcio e colágeno, o que confere aos ossos sua alta resistência. Trata-se de um tecido irrigado e inervado e tem como função a sustentação do corpo;
  • Tecido sanguíneo: é um tecido formado pela união de vários tipos de células. É responsável por transportar nutrientes e defender o organismo. É líquido e possui em sua composição hemácias, leucócitos, plaquetas e plasma;
  • Tecido hematopoiético: o tecido hematopoiético tem como função a produção das linfas e das células sanguíneas. Esse tecido está localizado no interior de alguns tipos de ossos, ele é o tecido que dá origem à medula óssea vermelha;

●     Tecido conjuntivo: é o menos diferenciado dentre os tecidos citados. Tem como função preencher os espaços entre os órgãos e os tecidos, dar suporte a estruturas como nervos, vasos sanguíneos, epitélios, entre outras funções. É dividido em tecido conjuntivo frouxo e tecido conjuntivo denso.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Tecido Muscular

O tecido muscular é um tecido inervado e vascularizado, formado por células especializadas em contração. São divididos em:

  • Tecido muscular liso: é composto por células mononucleadas e alongadas. É denominado tecido muscular liso por não conter estrias transversais, já que os filamentos de actina e miosina não estão organizados no padrão das outras células musculares. Tem como característica os movimentos involuntários.
  • Tecido muscular esquelético: tem como característica os movimentos voluntários. Suas células possuem miofibrilas, fibras contráteis responsáveis pela contração muscular.
  • Tecido muscular cardíaco: é o tecido encontrado no coração. É caracterizado por seus movimentos involuntários e por suas células longas e cilíndricas. Essas células são menores e ramificadas, unidas entre si por estruturas exclusivas da musculatura cardíaca, chamadas discos intercalares. Estes discos são responsáveis pela conexão elétrica entre as células do coração, o que possibilita que o coração se contraia a partir de estímulos transmitidos célula a célula pelo coração.

Tecido Nervoso

O tecido nervoso é o responsável pela recepção, interpretação e pelas respostas dadas aos estímulos do organismo. As células constituintes do tecido nervoso são bastante especializadas na função de processar informações. São elas:

  • Neurônios: são responsáveis por transmitir as informações através de impulsos elétricos e de mediadores químicos (chamados neurotransmissores). Neles, três regiões são bastante evidentes:
  • Corpo celular: é onde está localizado o núcleo e organelas.
  • Axônio: é caracterizado por ser um prolongamento bastante longo do corpo celular. Sua espessura se mantém a mesma em toda a sua extensão. É envolvido por oligodendrócitos e células de Schwann.
  • Dendritos: são prolongamentos (mais curtos que o axônio) com várias ramificações que, em sua extensão, diminuem de espessura.
  • Células da Glia: As neuróglias, também denominadas células da Glia, são células com a função de proteger e nutrir o sistema nervoso, além de contribuir para a regulação das sinapses e para a transmissão de impulsos elétricos. Estão presentes no sistema nervoso em maior número do que os neurônios.

Exercícios

Exercício 1
(UFV)

Das características a seguir, aquela que é comum a todos os tipos de tecido conjuntivo é:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...