Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Filosofia

Ética e Moral

Natália Cruz
Publicado por Natália Cruz
Última atualização: 15/10/2018

Introdução

Embora sejam usados em conjunto e muitas vezes como sinônimos, os conceitos de ética e moral são diferentes entre si, tanto no que diz respeito ao significado quanto a origem etimológica das palavras.

Ética vem do grego ethos, literalmente significa morada, refúgio. Em termos filosóficos está ligada a modo de ser, caráter, natureza e índole. A palavra moral tem origem no termo latino morales que significa relativo aos costumes, ligado a costumes.

Portanto, a partir da análise etimológica é possível já definir que o conceito de ética  é ligado ao indivíduo, enquanto a moral tem relação com a sociedade.

Mesmo com as diferenças, tanto o conceito de ética quanto o de moral tem finalidade semelhante: construir bases e guias para a conduta do indivíduo, comportamento no meio social em que vive, construção do caráter e virtudes.

Moral

O conceito de moral pode ser definido como um conjunto de regras sociais - dentro de um determinado contexto e de uma determinada sociedade - que definem e norteiam o comportamento e o julgamento dos indivíduos sobre o que é moralmente aceito ou não.

A moral está ligada ao padrão cultural vigente e estabelece regras, determinadas pela própria sociedade, necessárias ao convívio dos indivíduos. Portanto, a moral depende então do momento histórico e da sociedade em que as regras foram estabelecidas.

Ética

A ética, por sua vez, refere-se ao modo de ser de um indivíduo, a natureza, o caráter e a postura adotados diante de uma situação. A moral estabelecida pela sociedade influência na ética do indivíduo. No entanto, o indivíduo pode ser moral, já que está inserido em um contexto social, mas ao mesmo tempo não ter ética, pois as ações que definem a ética são individuais, são uma escolha de cada ser humano.

Em uma explicação mais ampla, a ética pode ser entendida também como o conjunto de conhecimentos sobre o comportamento humano, uma reflexão sobre a moral, sobre a ação das regras morais em cada indivíduo.

Tanto moral quanto ética não nascem com os homens, ambos os conceitos são aprendidos ao longo da vida e chegam aos indivíduos pela família, escola, relações de trabalho, de lazer. Toda estrutura temporal e sócio econômica, influencia portanto, a criação da ética e moral e a maneira como esses conceitos chegam aos indivíduos.

O uso da ética

A moral define prioridade no atendimento de idosos e gestantes, bem como assentos reservados nos transportes coletivos. A frase abaixo exemplifica a atitude de Maria em relação a uma mulher grávida.

  • Maria não cedeu o assento à mulher grávida.

Maria, embora esteja inserida na sociedade em que essa seja a moral estabelecida, não cedeu lugar. A atitude de Maria está ligada à ética, já que foi uma decisão tomada por ela, individualmente.

As regras morais estabelecem, nesse caso, que Maria não teve um comportamento ético. O indivíduo pode ter um comportamento moral, pois está inserido socialmente e por isso, tem conhecimento das regras necessárias para o bom convívio social, no entanto, pode ter ações não éticas.

Embora estejam ligados, não é obrigatório que o indivíduo apresente ao mesmo tempo um comportamento moral e ético.

O uso da moral

O exemplo abaixo exemplifica a moral sobre o uso de uma determinada peça de roupa num determinado período da história.

  • Não era moralmente aceito que mulheres usassem calças no passado, atualmente a peça é usada por homens e mulheres.

As regras sociais definiam apenas o uso de saias para mulheres. Trata-se de uma regra referente ao momento histórico e condições sociais. Atualmente, o uso de calças por mulheres é moralmente aceito, as regras sociais para vestimenta feminina não impedem mais o uso de calças, nem impõe a obrigatoriedade do uso de saias.

Os momentos históricos e contextos sociais, influenciaram, portanto, a criação de regras morais, que foram alteradas com o tempo e com as novas necessidades sociais.

Multidão.Multidão.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2011)

O brasileiro tem noção clara dos comportamentos éticos e morais adequados, mas vive sob o espectro da corrupção, revela pesquisa. Se o país fosse resultado dos padrões morais que as pessoas dizem aprovar, pareceria mais com a Escandinávia do que com Bruzundanga.

(Corrompida Nação Fictícia de Lima Barreto)

O distanciamento entre “reconhecer” e “cumprir” efetivamente o que é moral constitui uma ambiguidade inerente ao humano, porque as normas morais são:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...