Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Geografia

Densidade Demográfica

Angelo Carvalho
Publicado por Angelo Carvalho
Última atualização: 6/11/2018

Introdução

Também conhecida como população relativa, a densidade demográfica é um termo muito utilizado na demografia, que relaciona o número de habitantes e a área do território, ou seja, quantas pessoas vivem em determinada área.

Geralmente, a densidade demográfica é expressa em habitantes por quilômetro quadrado ou habitantes por hectare, e é calculada da seguinte forma:

$$ DD = {PT \over A} $$

  • DD é a densidade demográfica;
  • PT é a população total da região estudada;
  • é a área da região estudada.

Por meio da densidade demográfica, é possível saber se uma área é muito ou pouco povoada. Uma área é considerada superpovoada quando as necessidades da população excedem ou ameaçam a capacidade de suporte do meio ambiente, como a disponibilidade de recursos naturais ou a capacidade da infraestrutura instalada, por exemplo.

O estudo da densidade demográfica é fundamental para o processo de planejamento urbano e regional.

Uma densidade demográfica ideal deve estar estritamente ligada a fatores como:

  • a forma de ocupação do solo;
  • a relação entre área ocupada e área verde das edificações;
  • a qualidade e oferta de infraestrutura (sejam para grandes empreendimentos habitacionais privados ou mega ocupações informais).

Dessa forma, não existe uma fórmula precisa que forneça a densidade ideal de uma área. Uma série de aspectos devem ser analisados conjuntamente com a densidade demográfica, para promover um habitar de qualidade para a população.

Densidade Demográfica no Brasil

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2018, o Brasil possui uma população de 208,4 milhões habitantes em uma área de 8.515.767,049 km², resultando em uma densidade demográfica de 24,47 habitantes por quilômetro quadrado.

Entretanto, se forem considerados valores de densidade demográfica regionais, essa relação se altera significativamente, como é possível observar no mapa abaixo:

Densidade demográfica por estados da federação.Densidade demográfica por estados da federação.

O mapa revela que as maiores densidades demográficas - acima de 100 habitantes/km² -, se encontram em volta da megalópole Rio-São Paulo e de eixos espaciais intensamente urbanizados, como a região do Vale do Paraíba e as áreas litorâneas ou próximas ao extenso litoral brasileiro, consequência de um passado que implantou seus primeiros e mais estáveis pontos de povoamento próximo à costa.

A transferência da capital federal para o interior do país foi responsável, em grande parte, pelos demais pontos de maior densidade demográfica fora das regiões próximas ao litoral, localizado entre o eixo formado por Brasília e Goiânia.

As capitais planejadas de Belo Horizonte e Teresina também foram responsáveis por interiorizar grandes manchas urbanas nas regiões Nordeste e Sudeste.

As extensões territoriais de densidades demográficas mais baixas - até 1 habitante/km² - abrangem os estados da região Norte e Centro-Oeste, além de regiões do interior nordestino, sudoeste mineiro e nos pampas gaúchos.

Essa baixa densidade demográfica em vasta porção do território brasileiro se dá por diversas causas.

Uma delas está associada mais diretamente às condições naturais. Nesse sentido, situam-se nas baixas densidades demográficas regiões com enormes extensões de cobertura florestal, áreas destinadas a terras indígenas ou unidades de conservação ou territórios comprometidos com a produção de commodities agrícolas.

Densidade Demográfica no Mundo

De acordo com um estudo realizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), a população global atual é de 7,6 bilhões de habitantes. Devido a isso, estima-se que a densidade demográfica no mundo gira em torno de 50,66 habitantes/km² considerando apenas as extensão terrestre do planeta de 150 milhões de km².

Entretanto, assim como acontece no Brasil, esse valor não é representativo e por isso há regiões com densidades superiores e inferiores a média global.

Densidade demográfica por país.Densidade demográfica por país.

Os cinco países/territórios dependentes com maior densidade demográfica são:

  • Macau (China) - 21.229 habitantes/km²;
  • Mônaco - 18.126 habitantes/km²;
  • Singapura - 7,796 habitantes/km²;
  • Hong Kong - 6.698 habitantes/km²;
  • Gibraltar (Reino Unido) - 4.874 habitantes/km².

Os cinco países/territórios dependentes com menor densidade demográfica são:

  • Goelândia - 0,08 habitante/km²;
  • Svalbard e Jan Mayen - 0,10 habitante/km²;
  • Ilhas Malvinas - 0,54 habitante/km²;
  • Ilhas Pitcairn - 3,1 habitantes/km²;
  • Mongólia - 4,9   habitantes/km².

Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2011)

Cerca de 20 milhões de brasileiros vivem na região coberta pela caatinga, em quase 800 mil km² de área. Quando não chove, o homem do sertão e sua família precisam caminhar quilômetros em busca da água dos açudes. A irregularidade climática é um dos fatores que mais interferem na vida do sertanejo. Segundo este levantamento, a densidade demográfica da região coberta pela caatinga, em habitantes por km², é de:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...