logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

5 tipos de redação que podem ser cobradas no vestibular

por Isabela Giordan em 14/01/21

Não é segredo para ninguém que a redação é uma parte muito importante do vestibular e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em alguns processos seletivos, ela possui até mesmo uma nota a parte que será somada às notas das outras etapas. Existem até mesmo alguns vestibulares que cobram apenas a redação como método de seleção. 

Afinal, esse tipo de produção textual não avalia apenas os conhecimentos gramaticais e a capacidade de interpretação do vestibulando, mas também quão bem o estudante consegue desenvolver uma linha de raciocínio e mantê-lo entre os desdobramentos da redação. 

tipos de redação


Por isso, se você pretende ingressar na faculdade, seja ela pública ou privada, é preciso ter uma atenção especial . Para te ajudar, a Revista Quero listou 5 tipos de redação que podem ser cobradas no vestibular

1 - Dissertação 

Esse é o gênero textual mais pedido em vestibulares brasileiros, além de ser o tipo escolhido pelo Enem. Esse texto discorre, de maneira abrangente e aprofundada, sobre algum tema por meio da argumentação. 

Em entrevista para a Revista Quero, Erica Herédia, professora de redação, explicou que o objetivo desse gênero é convencer quem está lendo: "É preciso ter em mente que dissertar é discutir, questionar e expressar um ponto de vista, mas, principalmente, fazer isso tudo com o propósito de persuadir seu interlocutor".

No geral, essa estrutura é formada por: introdução, desenvolvimento e conclusão. Em cada etapa o estudante deve apresentar uma informação diferente, por exemplo:

  • Introdução: contextualização do tema proposto e introdução da sua tese; 
  • Desenvolvimento: mostrar os argumentos que comprovam a sua tese, além da apresentação de exemplos e argumentos que reforcem o seu ponto de vista;
  • Conclusão: propor uma solução indicando quais são os agentes sociais que melhor conseguem intervir e “estancar a ferida” exposta na problemática inicial e que foi desenvolvida ao longo da sua redação.
Saiba mais: Como fazer um texto dissertativo-argumentativo?

2 - Carta 

Apesar de ser um pouco menos comum, a carta também é um gênero textual cobrado em alguns vestibulares. Em 2015, por exemplo, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) pediu que os vestibulandos produzissem uma carta-convite endereçada à comunidade escolar para uma reunião que busca discutir soluções para resolver conflitos violentos na escola.

De acordo com o Manual do Enem, existem alguns tipos de carta, são elas: carta de leitor, carta aberta, carta argumentativa e carta-convite. Além disso, algumas das características desse tipo são:

  • Texto escrito na 1ª pessoa do singular;
  • Cabeçalho;
  • Saudação inicial e vocativo;
  • Corpo da carta ;
  • Despedida;
  • Assinatura.

3 - Resenha

Quantas vezes você leu a resenha de um livro, filme ou algum produto antes de investir o seu tempo (e dinheiro) nele? Em 2013, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) pediu uma resenha de um livro como redação. Naquele caso, a prova solicitava que o vestibulando produzisse uma resenha de um dos livros de leitura obrigatória do processo seletivo.

Assim como outros tipos de redação, a resenha é dividida em três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão. Para que ela seja completa, é preciso responder algumas questões para o leitor como, por exemplo:

  • A leitura é agradável?
  • Quem é o autor/responsável pela obra? 
  • Quem é o público da obra?
  • Por que a obra é útil?
  • O que faltou para que a obra fosse melhor desenvolvida?

Atente-se também ao tipo de resenha exigido no vestibular. Na descritiva, o estudante apenas aponta informações sobre a obra, evitando opiniões pessoais. Já na resenha crítica, é preciso se posicionar sobre o conteúdo, com argumentos e confrontamento de ideias.

4 - Narrativo

O texto narrativo permite que o estudante tenha mais liberdade para desenvolver uma história. Mesmo que a temática seja determinada pela banca avaliadora, é possível utilizar a criatividade para construir a narrativa. Alguns elementos desse tipo de redação são: 

  • Personagens;
  • Enredo;
  • Espaço
  • Discurso;
  • Foco narrativo.

Já a estrutura é formada por: introdução, conflito, clímax e desfecho. Ao escrever uma história, o estudante também pode usufruir de diversos recursos narrativos, tais como, discurso direto, indireto e indireto livre, o que permite que o narrador esteja na primeira ou terceira pessoa.

5 - Artigo de opinião

O artigo de opinião é um gênero que tem a intenção de expor uma opinião sobre determinado tema e convencer os seus leitores sobre a sua visão. Sua estrutura é formada por:

  •  Introdução: apresentação do tema e seu posicionamento sobre o assunto.
  •  Desenvolvimento: defesa de seu posicionamento com argumentos consistentes.
  •  Conclusão: fechamento do texto sintetizando os argumentos e retomando a opinião apresentada na introdução.
Saiba mais: Como escrever um artigo de opinião?

 

Guia completo: Redação do Enem

Gostou das dicas de citações? Então, veja tudo o que você precisa saber sobre a redação do Enem! Neste guia, você aprende como deve ser o formato da redação, quais são os critérios de avaliação e vê exemplos de redações de sucesso e dicas de quem tirou nota 1.000 e é especialista no assunto. 

Baixar Guia sobre Redação

Assuntos que mais caem no Enem

Além do guia sobre redação você também pode ficar por dentro dos assuntos mais cobrados em cada matéria da prova.  O Poliedro fez um levantamento bem didático, com gráficos e ilustrações. Para acessar o material com essas informações, é só clicar no botão abaixo e fazer o download gratuito.

Assuntos mais cobrados no Enem

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54