Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Idiomas

6 livros para quem quer aprender inglês

Quando você aprendeu a ler em português, provavelmente, começou com leituras fáceis: livros ilustrados, com poucas palavras e vocabulário usado no dia a dia. Com o tempo, evoluiu e foi, aos poucos, conhecendo nossas palavras, ao ponto de chegar onde está, hoje. Com o inglês não é diferente: quanto mais a gente pratica e lê, mais aprendemos. O processo, assim como no idioma nativo, tem que ser gradual, aumentando o nível de dificuldade aos poucos.

Leia também: Guia definitivo para você aprender inglês com facilidade

É claro que, ao ler um livro em inglês você não precisa pesquisar todas palavras que não conhece no dicionário assim que as encontra. Isso porque, pelo contexto, você pode assimilá-las e, aos poucos, absorvê-las. Vale destacar que, se você sabe tudo e nem precisa se esforçar, o livro pode ser fácil demais para você. Então, lembre-se: é normal não ser familiarizado com todo vocabulário.

Importante pontuar também que, muitas vezes, para quem está estudando o idioma, torna-se mais fácil ler um livro que tenha uma versão em filme. Isso pode facilitar o entendimento e compreensão de ambos formatos.

Abaixo, listamos livros indicados para estudantes de inglês, dependendo do seu nível no idioma.

jovem lendo um livro

1. O Pequeno Príncipe (em inglês: The Little Prince)

O clássico literário é uma porta de entrada para muitos idiomas. Com uma linguagem infantil, mas madura, a obra do francês Antoine de Saint-Exupéry, é uma ótima opção para quem está chegando ao nível intermediário no inglês.

Vale destacar também que muitos já conhecem a história do principezinho que vive em outro planeta e dialoga com o narrador. Isso facilita a contextualização e até interpretação de palavras que ainda não fazem parte do seu vocabulário.

2. Harry Potter

Mais um clássico: Harry Potter. Aqui, não vamos especificar qual livro da saga do mágico é indicado para cada "etapa" da aprendizagem do inglês, mas é legal destacar que a dificuldade é gradual. 

Isso quer dizer que o estilo, linguagem e escrita evoluíram a cada edição da série. Logo, os primeiros, dos sete livros, são mais fáceis de serem compreendidos por quem está no início dos estudos.

Por se tratar de uma história fictícia, em um mundo mágico, algumas palavras específicas, provavelmente, você não conhecerá (como poção ou caldeirão, que não são usadas no nosso dia a dia). Nesse caso, não se preocupe em entender todas. Se você ver uma mesma palavra que não conhece, repetidamente, busque seu significado para facilitar.

Você também pode completar seus estudos assistindo aos filmes da saga do bruxo. 

3. Os 13 Porquês (em inglês: 13 Reasons Why)

Os 13 Porquês virou febre em 2017 quando se tornou série no Netflix. A história escrita por Jay Asher, premiada e na lista de melhores livros do NY Times, narra a vida de Hannah Baker. A jovem adolescente grava 13 fitas e as "dedica" a cada pessoa que foram os "motivos" pelos quais ela decide tirar a própria vida.

Vale destacar que alguns trechos da série do Netflix seguem exatamente o texto descrito no livro, então, é possível, até acompanhar a leitura enquanto assiste a série.

Por se tratar de um drama adolescente, a partir da perspectiva de Clay, um dos personagens e amigos de Hannah, a linguagem é fácil, atual e jovem. A leitura, entretanto, é cheia de gatilhos e não recomendada para quem busca temas leves. 

Leia também:
+7 dicas para aprender a falar inglês sozinho
+Aprender inglês rápido é possível?

4. A Culpa é das Estrelas (em inglês: The Fault in Our Stars)

Pronto para chorar? A culpa é das Estrelas é daqueles livros para quem gosta de um romance comovente. Assim como Os 13 Porquês, o livro de John Green conta o drama de uma adolescente, o que, mais uma vez, torna a linguagem acessível e jovem.

No livro, durante seu tratamento de um câncer de tireoide, Hazel Grace conhece Augustus Waters, que muda sua forma de viver e olhar para as dificuldades de sua vida. O texto é leve e pode ser compreendido por iniciantes. 

5. Alice no País das Maravilhas (em inglês: Alice in Wonderland)

Ler Alice no País das Maravilhas no idioma original é uma oportunidade que não se pode perder. O livro é usado em muitas escolas elementares nos Estados Unidos e Reino Unido, o que indica que iniciantes conseguem compreender a história.

Vale destacar que a narrativa pode ser confusa mesmo para quem lê em português, logo,  não se preocupe em compreender tudo. Essa é também uma oportunidade de decifrar as metáforas de Lewis Carroll - que não são, no geral, compreendidas pelos jovens leitores e podem passar despercebidas por leitores menos atentos.

Além disso, a possibilidade de assistir aos filmes e desenhos já feitos sobre o romance ajudam na interpretação do texto.

6. Última grande lição: o sentido da vida (em inglês: Tuesdays with Morrie)

Outro clássico nas escolas norte-americanas é o livro A última grande lição: o sentido da vida. A leitura simples, com lições de vida, mostra os diálogos de um velho professor e um antigo aluno seu. 

Por grande parte do livro se tratar de diálogos entre o narrador, Mitch, e Morrie, o professor, as frases e expressões são coloquiais e usadas no dia a dia. Isso permite que o leitor compreenda com facilidade a história emocionante. 

Leia também:
+16 expressões brasileiras ditas em inglês
+5 erros mais comuns dos brasileiros ao escrever em inglês

Quer acelerar seu inglês?

Para aqueles que desejam ir além das leituras e ter aulas de inglês, o Quero Bolsa oferece a oportunidade de estudar nas melhores escolas de idiomas com descontos em todas as mensalidades, por meio de uma parceria com as instituições. 

Veja a seguir alguns exemplos de escolas parceiras:

Ficou interessado? É só clicar no botão abaixo, selecionar a vaga de seu interesse e efetuar sua pré-matrícula.

Encontrar bolsas de inglês

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54